16
Anterior
Nicolau Santos: Uma raiva a nascer-me nos dentes
Seguinte
OE2012: proposta entregue no Parlamento às 17h
Página Inicial   >  Dossiês  >  Dossies Economia  >  Orçamento do Estado 2012  >  Daniel Oliveira: O gordo é você!

Daniel Oliveira: O gordo é você!

|

A suspensão do subsídio de férias e do 13º mês dos funcionários públicos e dos reformados que recebam mais de mil euros - gente rica, portanto - não é apenas um roubo. É o enterro da economia por muitos anos

Há dois anos que escrevo neste jornal que a austeridade só acrescenta crise à crise. Que tratá-la como uma inevitabilidade é um ato de desistência. Porque ela torna qualquer sacrifício inútil. Infelizmente, as pessoas aceitaram a mentira de que o nosso problema era a dívida pública e não, como sempre foi, a dívida externa privada. Compraram a tese do "Estado gordo" que lhes foi vendida em doses cavalares de populismo mediático. Houve quem tentasse explicar que grande parte da despesa do Estado é em pensões e salários. Que para a dieta que se tem defendido, e para a qual as pessoas foram preparadas, não chega acabar com o TGV, com as SCUT, com os motoristas dos ministros ou uns quantos institutos. Acabou então o tempo das palavras. Os factos estão aí. Agora já sabem: a gordura de que se falava são vocês. São vocês e não outros que vivem, nas palavras de tantos políticos e comentadores, acima das vossas possibilidades.

Trabalha no sector privado e julga que não lhe toca? Toca e não é pouco. Porque, como também já houve quem tentasse explicar, a economia de um país não é como a economia doméstica. Quando se corta na receita de uns, os que dependem do seu consumo são os próximos a sentir a pancada. Se se poupa de mais, o dinheiro não fica guardado debaixo do colchão. Sai da economia e a dieta torna-se fatal.

A suspensão do subsídio de férias e do 13º mês dos funcionários públicos e dos reformados que recebam mais de mil euros - gente rica, portanto - não é apenas um roubo. É o enterro da nossa economia por muitos anos. Depois desta decisão todas as empresas ligadas ao comércio podem começar a preparar-se para fechar as portas. E depois delas todas as empresas que as fornecem. E quando tudo fechar, sempre quero saber onde vai o Governo sacar impostos. E como vai pôr em ordem as contas públicas. E como vamos crescer e poupar para ter liquidez e não depender do crédito externo. Não somos apenas governados por incompetentes. Esta gente é estúpida. E está a destruir o nosso futuro.



Artigo publicado na edição impressa do Expresso de 15 de Outubro de 2011


Opinião


Multimédia

Edwin. O rapaz que aprendeu a sonhar

O que Edwin sabia sobre a vida era sobreviver. Na cabeça dele não cabiam sonhos e os dias eram passados à procura de comida para ele e para a mãe e para o irmão. A fome espreitava nos cantos da barraca de palha no Quénia e ele escondia-se dela como podia - chupar as pedras era uma forma de a enganar. Mas a sorte dele mudou porque alguém viu nele outra coisa. E tudo começou numa dança. Agora, os mesmos dedos que agarravam as pedras tocam hoje teclas de um piano Bechstein. E os pés dele já não estão nus mas calçados. Com chuteiras. Primeiro no Benfica, agora no Estoril, o miúdo de 15 anos que fala como gente grande descobriu que tinha um sonho: ser futebolista. Como Drogba.

Todas as ilhas têm a sua nuvem

Raul Brandão chamou-lhe 'A Ilha Branca'. Como viajante digo que tem um verde diferente das outras oito que com ela formam o arquipélago dos Açores. É tenra, mansa, repousante e simultaneamente desafiante. Esconde segredos como a lenda da Maria Encantada e um vulcão florestado a meio do século passado que nos transporta para uma dimensão sulfurosa e mágica. Obrigatória para projetos de férias de natureza.

Em três quartos de hora não se esquece só a idade. "Esquece-se o mundo"

Maria do Céu dá três voltas ao lar sempre que pode. Edviges vai a todos os velórios, faz hidroginástica e sopas de letras. António dá um apoio na Igreja e nos escuteiros. Tudo é uma ajuda para passar os dias quando se tornam todos iguais. No Pinhal Interior Sul, a região mais envelhecida da União Europeia, quase um terço da população tem mais de 65 anos. Os mais velhos ficaram, os mais novos partiram.

Profissão: Sniper

O Expresso foi ver como são selecionados, que armas usam, para que missões estão preparados os snipers da Força de Operações Especiais do Exército. São uma elite dentro da elite. Um pelotão restrito. Anónimo. Treinam diariamente com um único objetivo: eliminar um alvo à primeira, mesmo que esteja a centenas de metros. Humano ou material. Sem dramas morais, dizem.

Xarém com conquilhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione com esta nova receita.

O que se passa dentro da cabeça dele

O que leva um tipo a quem iam amputando uma perna a regressar ao sítio onde os ossos se desfizeram, uma e outra vez, e testar os limites do seu corpo? Resposta: a busca pelo salto perfeito, que ele diz existir dentro dele e que ele encontrará mais dia menos dia. É a fé e a confiança que o movem e o levam a pular para lá do que é exigido a um campeão olímpico e mundial que não tem mais nada a provar a ninguém - a não ser a ele próprio. Este é um trabalho que publicámos em agosto de 2014, quando o saltador se preparava para os Europeus e falava das metas que tinha traçado para 2015 e 2016: mostrar que não estava acabado. Sete meses depois, provou-o no Europeu de pista coberta em Praga, onde venceu este fim de semana.

Amadeu, que aprendeu o mundo no campo e tinha o coração na ponta dos dedos

Em Portugal, a dedicação à língua mirandesa tem nome próprio: Amadeu Ferreira, o jurista da CMVM que - quando todos diziam que "era uma loucura impossível" - arranjou tempo para traduzir "Os Lusíadas", a "Mensagem", os quatro Evangelhos da Bíblia e ainda duas aventuras do Asterix para uma língua que pertence a um cantinho do nordeste português e é falada por menos de 15 mil pessoas. No final de 2014 deu ao Expresso aquela que viria a ser a sua última entrevista. Morreu no passado domingo e esta quinta-feira foi lançada a sua biografia, "O fio das lembranças", com quase 800 páginas.

Temos 16 imagens que não explicam o mundo, mas que ajudam a compreendê-lo

O júri do World Press Photo queria dar o prémio maior da edição deste ano (e talvez das edição todas) a uma fotografia com "potencial para se tornar icónica". A primeira imagem desta fotogaleria, por ser "esteticamente poderosa" e "revelar humanidade", é o que o júri procurava. A fotografia de um casal homossexual russo, a grande vencedora, é a primeira de 16 imagens de uma seleção onde há Messi desolado, migrantes em condições indignas no Mediterrâneo, a aflição do ébola, mistérios afins e etc - são os contrastes do mundo.

Vamos falar de sexo. Seis portugueses revelam tudo o que lhes dá prazer na cama

Neste primeiro episódio de uma série que vai durar sete semanas, seis entrevistados falam abertamente sobre aquilo que lhes dá mais satisfação na intimidade. Sexo em grupo, sexo na gravidez, prazer sem orgasmo e melhor sexo após a menopausa são alguns dos temas referidos nos testemunhos desta semana. O psiquiatra Francisco Allen Gomes explica ainda a razão de muitas mulheres fingirem o orgasmo. O Expresso e a SIC falaram com 33 portugueses que deram a cara e o testemunho de como são na cama. Ao longo das próximas sete semanas, contamos-lhe tudo.

Elvis. Gostamos ou não gostamos?

Ele não é consensual, mas é incontornável. Dispunha de penteado majestoso e patilha marota, aparentava olhar matador e pose atrevida. E deixou canções: umas fáceis e outras nem tanto, por vezes previsíveis e às vezes inesperadas, ora gentis ora aceleradas. E ele, Elvis, nasceu em janeiro de 1934 - há precisamente 40 anos, ao oitavo dia. Temos quatro textos sobre o artista: Nicolau Santos, Rui Gustavo, Nicolau Pais e João Cândido da Silva explicam o que apreciam, o que toleram e o que não suportam.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Desfile de vedetas

Saiba tudo sobre os modelos concorrentes ao Carro do Ano 2015/Troféu Essilor Volante de Cristal. Conheça o essencial sobre os 20 automóveis participantes nesta iniciativa, da estética, às características técnicas, do preço ao consumo. A apresentação ficará completa no dia 3 de janeiro.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Desacelerámos a realidade para observar a euforia da liberdade

Ela, Jacarandá, é algarvia. Ele, Katmandu, é espanhol. São linces e agora experimentam a responsabilidade da liberdade: foram soltos esta terça-feira numa herdade alentejana, próxima de Mértola, eles que saíram de centros de reprodução em cativeiro. Foi inédito: nunca tinha acontecido algo assim em Portugal. Estivemos lá e ensaiámos o slow motion.


Comentários 16 Comentar
ordenar por:
mais votados
480 euros é para os magros
Os magros,já são magros,não é Daniel OLiveira?Parece que o Bloco,a Inter e a UGT só andam a defender os gordos.Vão longe com esse "socialismo" da "classe média" cá da terrinha.
Re: 480 euros é para os magros
Nada mais certo:
Nada mais certo:
"DINHEIRO FAZ HOMENS RICOS, O CONHECIMENTO, HOMENS SÁBIOS E A HUMILDADE FAZ GRANDES HOMENS!!!"
Existem pessoas que não tem absolutamente nada, mas porque ocupam um determinado cargo em alguma grande,média ou pequena empresa, acham-se no direito de sentirem-se superiores aos demais, na verdade são pequenos e só conseguem sentir–se grandes, humilhando, pisando, tripudiando o seu semelhante, isso está sendo plantado em muitas empresas e o que colhem são pessoas amargas, doentes e determinadas a vencer a qualquer preço, na verdade se tornam pessoas infelizes e incapazes de realizações simples.
o homem mais poderoso do mundo, aproveitando momentos que muitos repudiariam, zombariam ou simplesmente achariam de péssimo gosto agir dessa forma.
Ele é um ser humano como qualquer outro, tem anseios, necessidades, amor, tristezas, desilusões, aborrecimentos e tudo o que qualquer mortal possa sentir, mas ele sabe usufruir de momentos raros que jamais voltarão.
“Não é riqueza ou o dinheiro que nos trazem felicidade, e sim a interpretação da vida”
    VALERÁ A PENA A ARROGÂNCIA DE UNS, EM DETRIMENTO DA TÃO PEQUENA VIDA QUE TEMOS ?!.........
Daniel de Oliveira
Este parceiro do programa televisivo Eixos do Mal, onde todos debitam umas bacoradas como se estivessem à mesa do café, já me está enchendo as medidas.

Bloquista empedernido, parece uma caso perdido como o do seu mentor.

ALguém pensa que estas alimárias terão solução para alguma coisa neste país ?

São os parceiros que naturalmente nem sabem plantar uma árvore ou pregar um prego, mas balelam sobre tudo. Especialistas do nada.

Mal estaria o país se por azar alguma vez tivessem algum poder.

Eu emigraria concerteza nem que fosse para a Somália.
Re: Daniel de Oliveira
Comentário deste gorducho !
Comentário deste gorducho !
Incompleta esta análise e tantas outras que perdem tempo em falar de nibharias !
Porque não exigir que as grandes empresas e a banca, aquelas que acumulam milhões cá dentro para investirem lá fora e desviarem esses lucros para os paraísos ..., deixem de dar lucro durante cinco anos ? Porque não por a energia barata, em vez de a aumentar, para ajudar a economia ... a banca pode ajudar ou só sugar ?
Ou serão os descontos do trabalhador que querem ver fazer milagres ?
Coloquem-se numa rua de Lisboa e vejam que os autocarros de última geração até se "atropelam", fazem bicha " e, muitos vazios ! Para mostrar o quê ? Podemos poupar ? Podemos vender metade da frota ? Vejam as outras capitais europeias, poucas têm um metro ou carros como a nossa ? Estarão eles em austeridade ou somos nós que temos gestores faraónicos ? Gestores honrados , precisam-se ! O orçamento de base zero será o único capaz de travar estes "gajos" ! E estes devem ir a tribunal, não para pagarem com dinheiro, mas para que o povo saiba quem os roubou e os filhos deles não lhes sigam as pisadas. Moralização e governar pelo exemplo é o que poucos "querem" entender o que é .
Não gozem com o gordo,
já está tudo bem, podem voltar a con$umir.

http://oanaogigante.blogs...
O fim de um país!
Ao contrário do que o Daniel escreveu, estas medidas não resultam de incompetência ou estupidez de quem as concebeu, pelo contrário, fazem parte de um plano premeditado e gradual de total controlo e escravização de uma população sem capacidade para resistir ou revolucionar o que quer que seja. O cerne da questão, a raíz de todos os males, a verdadeira doença cancerígena não será NUNCA debelada, isto é, o canibalismo maçónico das elites da Banca e suas instituições predadoras que engordam à custa de recapitalizações imorais e criminosas. A especulação, a usura e a ganância são os valores que vigoram na "agenda" destas novas elites que actuam em cartel prefilando-se como redes de associação mafiosa.
Re: O fim de um país!
Porque insultam os que possuem outra opinião ?
Tanta gente zangada ... só porque exigem que todos tivessem a OPINIÃO de que as Políticas do Salazarento Passos da Coelhada são as únicas ACEITÁVEIS ! Não direi que esses senhores são Fascistas, mas direi que são simplesmente uns Fascizantes tardios ... ! Para ELES o manter o PAÌS na miséria é que está certo ! Os Ricos são os Senhores ... quanto aos pobres : - Que paguem as CRISES ! Esses Senhores que por aqui Comentam os comentários dos Jornalistas nem sequer reparam que estão a ser LACAIOS dos Ricos, pois se esquecem que esses donos do CAPITAL pagam ao Coelho e a outros Laparôtos, para maltratar o pòpulo miserando que por aí vai conseguinto comer as poucas côdeas e as migalhas que sobram da mesa dos RICOS ! Ponham-se em frente do espelho (mesmo que não sejam de escanherda) e vejam o fatinho já gasto e os sapatos cambados e comparem com a maneira dos ricos se vestirem ... e já agora reparem no preço dos Ferraris e BMWs de alta potência em que eles se passeiam pelas ruas esburacadas das nossas cidades e Vilas ! É claro que isto não passa de uma chamada de atenção para os Distraídos Cidadãos que por aí pensam que o Passos de Coelho se interessa por eles !
Porque não deixar de ser um Pig e passar a ser Bic
Tomo por exemplo a Argentina.
Há 10 anos era a 'grécia' da época.
Mas em vez de irem cabisbaixos e resignados ao precipício...revoltaram-se!
Não pagaram!
Não morreram!
E hoje estão muito bem e recomenda-se!!

Passaram por um mau bocado, certo.
E depois?!

Tenham cojones!!

Doutos,
Re: Daniel Oliveira: O gordo é você!
não compreende o ódio aqui partilhado contra BE e o PCP. o que aqui se diz vai para além do discurso partidário. os portugueses estão à beira de um colapso total causado por esta corja de malfeitores, que defendem sempre o mesmo: proteger o grande capital e emagrecer até à exaustão o comum dos mortais. mas como diz o Sr Dr sacrossanto Medina Carreira: "irão existir muitos suicídios, misérias." mas no seu tom, o que ele queria dizer, ele e mais essa corrente de direita parente próxima do estado novo: "um mal necessário". mas o que eu acho no fundo é que esta política apraz imenso algumas pessoas, pois que morram com elas. eu já decidi emigrar para um país onde o estado social é visto como um motor da economia e não como um peso, e onde os pilares são suportados por uma sociedade mais equitativa e justa.
Re: Daniel Oliveira: O gordo é você!
A sorte..
A sorte é que pouca gente já liga a esta esquerdalha que nos trouxe até aqui... Já não há pachorra para esta gente. Portanto, atirar dinheiro para cima do problema como fazemos à 10 anos ? Sim senhor, deu num belo resultado, só deu na entrada do FMI... ah e tal, é uma conspiração e tal... acordem, não temos cheta!
Estes comentadores ou já têm as contas bancárias cheias e estão-se mas tintas ou esta gente é mesmo parva.
Viver com Dignidade
Mas não tenham duvidas que o sector privado vai para o charco e é de vez. Não havendo dinheiro para gastar no sector interno, pois as familias têm problemas e graves para a sua sustentação, os empresários portugueses na ganância do lucro, compram produtos estrangeiros a tuta e meia ( exemplo belmiro da azevedo da sonae e do pingo doce ) os produtos nacionais não conseguem competir com os que estes senhores cá metem, os produtos comerciais portugueses, vão deixar de ter saída o que quer dizer, não vendem, os empregados destas empresas estão em risco, sobe o desemprego, aumentam as falências das empresas e tudo isto numa bola de bowling em que uma empurra a outra. Adeus meu querido Portugal, estão a matá-lo com medicamentos errados, pensando que o estão a curar.
Artigo incompleto e estupidificante
Quando se dá uma opinião destas, seria bom dar a conhecer aos leitores o que está por detrás de todas estas "coisas", qual é a sua arquitectura, estruturada por forma a que entendamos e possamos fazer as nossas pesquisas independentes. Nunca atirar para o ar e ver quem apanha.
Mas enfim é isto que entristece é sempre a mesma pobreza de lés a lés.
Comentários 16 Comentar

Últimas

Ver mais
Receba a nova Newsletter
Ver Exemplo

Pub