Vamos ter sotaque exótico. O perfil do sucessor de Jon Stewart

Anterior
Duque de Edimburgo deixou hospital
Seguinte
PS condena prisão das Pussy Riot
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >  Daniel Oliveira acusa Louçã de fazer "política suja"

Daniel Oliveira acusa Louçã de fazer "política suja"

Ex-dirigente, porta-voz e militante do Bloco de Esquerda desde a primeira hora, Daniel Oliveira ataca duramente Francisco Louçã. Diz que o líder mente, faz "estapafúrdias acusações" e promove "um triste espetáculo" ao vir "lavar roupa suja em público".
|
Daniel Oliveira critica o ex-líder do BE
Daniel Oliveira critica o ex-líder do BE / Luiz Carvalho

Não restam dúvidas: o verniz estalou no Bloco de Esquerda entre antigos dirigentes e fações que compõem o quinto partido com assento parlamentar. Daniel Oliveira, fundador da Plataforma de Esquerda e da Política XXI, que viriam a integrar o Bloco de Esquerda, publicou na sua página do Facebook um longo comentário às declarações feitas por Francisco Louçã e publicadas na última edição do Expresso.

O ainda líder do BE acusou Daniel Oliveira de promover "uma ofensiva" contra o Bloco de Esquerda, na qualidade de "fonte anónima" das várias notícias que ao longo das últimas semanas têm referido as tensões que a mudança de liderança do Bloco tem causado. Para Francisco Louçã, o objetivo era o de "atacar pessoalmente João Semedo", candidato designado por Louçã para o substituir na condução do partido, juntamente com Catarina Martins.

O ex-porta-voz responde com dureza. Confessa ter ficado "atónito com esta inédita forma de confronto político" e passa ao contra-ataque, dizendo que as afirmações de Francisco Louçã são "uma mentira completa" e que "nem sequer vem bem embrulhada", que garante ser "amigo pessoal" de João Semedo e de "ao contrário de outros" dar "valor à amizade".

"Inaceitável calúnia"


"Não é a primeira vez que Francisco Louçã faz este género de acusações públicas sem qualquer fundamento", afirma Daniel Oliveira, que já por diversas vezes manifestou publicamente discordâncias com a linha de orientação seguida pelo BE. O antigo dirigente veio a terreno responder a Louçã para que não restem dúvidas de que se tratou de uma "inaceitável calúnia" e afirma ser este gesto "de uma irresponsabilidade sem nome que, ainda por cima me obriga a vir a terreiro para participar neste triste espectáculo, que apenas contribui para enfraquecer o Bloco".

Daniel Oliveira pede desculpa aos militantes "por esta troca de galhardetes que todos dispensávamos" e para que dúvidas não fiquem sobre o estado das suas relações - políticas e pessoais - com Francisco Louçã, remata: " Tenho algum receio de escrever o que realmente sinto neste momento. Não apenas em relação a um dirigente político que já respeitei, mas em relação à política que, às vezes, pode ser mesmo suja".

O comentário no Facebook foi publicado no sábado - depois da notícia do Expresso. Já tem mais de 300 likes e quase duas centenas de comentários.

 

 


Opinião


Multimédia

Edwin. O rapaz que aprendeu a sonhar

O que Edwin sabia sobre a vida era sobreviver. Na cabeça dele não cabiam sonhos e os dias eram passados à procura de comida para ele e para a mãe e para o irmão. A fome espreitava nos cantos da barraca de palha no Quénia e ele escondia-se dela como podia - chupar as pedras era uma forma de a enganar. Mas a sorte dele mudou porque alguém viu nele outra coisa. E tudo começou numa dança. Agora, os mesmos dedos que agarravam as pedras tocam hoje teclas de um piano Bechstein. E os pés dele já não estão nus mas calçados. Com chuteiras. Primeiro no Benfica, agora no Estoril, o miúdo de 15 anos que fala como gente grande descobriu que tinha um sonho: ser futebolista. Como Drogba.

Em três quartos de hora não se esquece só a idade. "Esquece-se o mundo"

Maria do Céu dá três voltas ao lar sempre que pode. Edviges vai a todos os velórios, faz hidroginástica e sopas de letras. António dá um apoio na Igreja e nos escuteiros. Tudo é uma ajuda para passar os dias quando se tornam todos iguais. No Pinhal Interior Sul, a região mais envelhecida da União Europeia, quase um terço da população tem mais de 65 anos. Os mais velhos ficaram, os mais novos partiram.

Profissão: Sniper

O Expresso foi ver como são selecionados, que armas usam, para que missões estão preparados os snipers da Força de Operações Especiais do Exército. São uma elite dentro da elite. Um pelotão restrito. Anónimo. Treinam diariamente com um único objetivo: eliminar um alvo à primeira, mesmo que esteja a centenas de metros. Humano ou material. Sem dramas morais, dizem.

Xarém com conquilhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione com esta nova receita.

O que se passa dentro da cabeça dele

O que leva um tipo a quem iam amputando uma perna a regressar ao sítio onde os ossos se desfizeram, uma e outra vez, e testar os limites do seu corpo? Resposta: a busca pelo salto perfeito, que ele diz existir dentro dele e que ele encontrará mais dia menos dia. É a fé e a confiança que o movem e o levam a pular para lá do que é exigido a um campeão olímpico e mundial que não tem mais nada a provar a ninguém - a não ser a ele próprio. Este é um trabalho que publicámos em agosto de 2014, quando o saltador se preparava para os Europeus e falava das metas que tinha traçado para 2015 e 2016: mostrar que não estava acabado. Sete meses depois, provou-o no Europeu de pista coberta em Praga, onde venceu este fim de semana.

Amadeu, que aprendeu o mundo no campo e tinha o coração na ponta dos dedos

Em Portugal, a dedicação à língua mirandesa tem nome próprio: Amadeu Ferreira, o jurista da CMVM que - quando todos diziam que "era uma loucura impossível" - arranjou tempo para traduzir "Os Lusíadas", a "Mensagem", os quatro Evangelhos da Bíblia e ainda duas aventuras do Asterix para uma língua que pertence a um cantinho do nordeste português e é falada por menos de 15 mil pessoas. No final de 2014 deu ao Expresso aquela que viria a ser a sua última entrevista. Morreu no passado domingo e esta quinta-feira foi lançada a sua biografia, "O fio das lembranças", com quase 800 páginas.

Temos 16 imagens que não explicam o mundo, mas que ajudam a compreendê-lo

O júri do World Press Photo queria dar o prémio maior da edição deste ano (e talvez das edição todas) a uma fotografia com "potencial para se tornar icónica". A primeira imagem desta fotogaleria, por ser "esteticamente poderosa" e "revelar humanidade", é o que o júri procurava. A fotografia de um casal homossexual russo, a grande vencedora, é a primeira de 16 imagens de uma seleção onde há Messi desolado, migrantes em condições indignas no Mediterrâneo, a aflição do ébola, mistérios afins e etc - são os contrastes do mundo.

Vamos falar de sexo. Seis portugueses revelam tudo o que lhes dá prazer na cama

Neste primeiro episódio de uma série que vai durar sete semanas, seis entrevistados falam abertamente sobre aquilo que lhes dá mais satisfação na intimidade. Sexo em grupo, sexo na gravidez, prazer sem orgasmo e melhor sexo após a menopausa são alguns dos temas referidos nos testemunhos desta semana. O psiquiatra Francisco Allen Gomes explica ainda a razão de muitas mulheres fingirem o orgasmo. O Expresso e a SIC falaram com 33 portugueses que deram a cara e o testemunho de como são na cama. Ao longo das próximas sete semanas, contamos-lhe tudo.

Elvis. Gostamos ou não gostamos?

Ele não é consensual, mas é incontornável. Dispunha de penteado majestoso e patilha marota, aparentava olhar matador e pose atrevida. E deixou canções: umas fáceis e outras nem tanto, por vezes previsíveis e às vezes inesperadas, ora gentis ora aceleradas. E ele, Elvis, nasceu em janeiro de 1934 - há precisamente 40 anos, ao oitavo dia. Temos quatro textos sobre o artista: Nicolau Santos, Rui Gustavo, Nicolau Pais e João Cândido da Silva explicam o que apreciam, o que toleram e o que não suportam.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Desfile de vedetas

Saiba tudo sobre os modelos concorrentes ao Carro do Ano 2015/Troféu Essilor Volante de Cristal. Conheça o essencial sobre os 20 automóveis participantes nesta iniciativa, da estética, às características técnicas, do preço ao consumo. A apresentação ficará completa no dia 3 de janeiro.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Desacelerámos a realidade para observar a euforia da liberdade

Ela, Jacarandá, é algarvia. Ele, Katmandu, é espanhol. São linces e agora experimentam a responsabilidade da liberdade: foram soltos esta terça-feira numa herdade alentejana, próxima de Mértola, eles que saíram de centros de reprodução em cativeiro. Foi inédito: nunca tinha acontecido algo assim em Portugal. Estivemos lá e ensaiámos o slow motion.


Comentários 144 Comentar
ordenar por:
mais votados
Cavaco Silva não estava de férias para ir à
inauguração em Albufeira de um Hospital privado, mas disse que estavade ferias para comentar a noticia do corte de 200 milhões de euros para o próximo ano na saúde....
Re: Cavaco Silva não estava de férias para ir à
Alegre,o publicitário do BPP!
Re: Cavaco Silva não estava de férias para ir à
Metade???? ...
Quem votou em cavaco silva devia sentir vergonha
Se houvesse vergonha em Portugal ....
Re: Se houvesse vergonha em Portugal ....
Re: Quem votou em cavaco silva devia sentir vergon
Re: Quem votou em cavaco silva devia sentir vergon
Re: Metade???? ...
Re: Cavaco Silva não estava de férias para ir à
Re: Cavaco Silva não estava de férias para ir à
resistente não acerta uma!
Re: resistente não acerta uma!
Re: resistente não acerta uma!
Re: resistente não acerta uma!
Re: Cavaco Silva não estava de férias para ir à
Re: Cavaco Silva não estava de férias para ir à
Não gostou? Para mim mais importante do que os
Re: Não gostou? Para mim mais importante do que os
Re: Cavaco Silva não estava de férias para ir à
Resistretas...o homem aproveitou o lanche...
Que gentinha lixada!
Re: Cavaco Silva não estava de férias para ir à
Re: Cavaco Silva não estava de férias para ir à
Caro daniel...

Os políticos antes de o serem, são pessoas....

por isso, são detentoras de características humanas....

com argumentos retóricos de sacudir sempre a água do capote....

Olhe, Paulo Portas é um bom exemplo dado em relação ao preço da gasolina quando estava na oposição...

agora, com mais os aumentos de hoje, o que diz ele?

www.youtube.com/watch?v=_3gMaOF10YU

O Louça passou o prazo de validade e acaba por sair já com verdete....
Re: Caro daniel...
Re: Caro daniel...
Errata
Re: Caro daniel...
!
Diz o roto para o nu: porque não te vestes tu???
Rôto, o Louçã? E o Daniel? também nú?
Re: Rôto, o Louçã? E o Daniel? também nú?
Ah, pois é...
Quando é contra terceiros, tudo bem. o DO aplaudiu de pé muitas vezes. Quando é contra ele, já não acha piada... O Louçã é um dos maiores mentirosos que circulam na política portuguesa. Felizmente, até agora não teve acesso ao poder nem a nenhum tacho. Só lhe falta mesmo isso...
PS: verdade seja dita que nunca procurou poleiro...
Os AVULSOS da esquerdalhada estão ZANGADOS !
Re: Ah, pois é...
O DÓ de DO =)
DO mais não faz do que arreganhar as suas garras na sua senda pelo poder do BE.

Há muito que estas personagens combatem quase silenciosamente pelo poder Bloquista.

Haja paciência para tanta hipocrisia e demagogia.

PS: ainda se dizem todos amigos...
Discutir é bom
Pois eu não lamento a discussão. A discussão é bom. A discussão é saudável. Partidos em que não há discussão são partidos mortos. (ouviram seus comunas!)

lamento, isso sim, que não se perceba quais as ideias que estão em causa mas apenas as pessoas envolvidas. Discussões entre pessoas adiantam muito pouco a vida colectiva. Do que Portugal precisa é de discussões de ideias, do confronto de várias estratégias para atacar os problemas de todos nós. Claro que essas ideias ganham corpo em pessoas, em grupos de pessoas, em «correntes» dentro dos partidos, ou mesmo em «facções».. mas o importante seria discutir as diferenças entre cada uma destas pessoas ao nível das ideias.

É pena, lá isso é, que estas discussões tomem contornos pessoais e os ataques se tornem mais pessoais do que ideológicos. Os debates devem manter-se ideológicos, porque a ideologia é importante.
Re: Discutir é bom
Re: Discutir é bom...quando se sabe discutir
O caviar
Está caro, e não chega para todos porque não há divisão democrática.
Louçã vai ter com Sócrates,a Paris!São sócios!
Re: Louçã vai ter com Sócrates,a Paris!São sócios!
Re: Louçã vai ter com Sócrates,a Paris!São sócios!
Re: Louçã vai ter com Sócrates,a Paris!São sócios!
Re: Louçã vai ter com Sócrates,a Paris!São sócios!
Ai se eu te pego!
Quem tivesse dúvidas obre a qualidade das "farinhas" com que se produz este tipo de lideres do BE, face aos seus congéneres, do PS, PSD e CDS, poderá ficar desiludido.
Eu nunca ficarei desapontado, porque adoro-os, especialmente com um bom Moet & Chandon e um tosta empastada de caviar!
Pobre Daniel Oliveira,saia do Bloco,de vez!
E diga no Expresso e no programa da "má lingua" da SIC que se enganou!
Se o fizer ainda se reabilitará!
Re: Pobre Daniel Oliveira,saia do Bloco,de vez!
Re: Pobre Daniel Oliveira,saia do Bloco,de vez!
Re: Pobre Daniel Oliveira,saia do Bloco,de vez!
Re: Pobre Daniel Oliveira,saia do Bloco,de vez!
Re: Pobre Daniel Oliveira,saia do Bloco,de vez!
Re: Pobre Daniel Oliveira,saia do Bloco,de vez!
Re: Pobre Daniel Oliveira,saia do Bloco,de vez!
A demanda das cadeiras.
A demanda das cadeiras.
em qualquer partido é sempre uma saraivada de peixeiras, prontas a andar á bofetada, e a denunciarem-se uns aos outros, quando antes era a conivência.
Esgrimem cuspidelas, arrotam os maus fígados, arranjam querelas, para no fundo ocuparem, ou tentarem ocupar o lugar do outro.
Até no Bloco.
Onde antes eram as saudações revolucionárias, agora são os pontapés democráticos.
Todos têm culpa por chegarmos aonde estamos.
Não têm uma visão para o país, para o mundo.
Se chegassem a ser governo, andavam á machadada, na procura de um ministério.
Acabam sempre por favorecer a direita, com as suas políticas e visões de uma utopia sem limites.
E combatem-se ferozmente, para um lugar num partido que há muito perdeu a nossa confiança.
Re: A demanda das cadeiras.
Re: ou dança das cadeiras...à cadeirada?
Re: ou dança das cadeiras...à cadeirada?
(repetição após censura) O algodão não engana…
No “salazarista” (termo metafórico, pelo tempo de permanência à frente de tudo o que se mete) do BE, após teste do algodão, segundo DO, encontraram-se resquícios de sujidade

E DO critica a peixeirada, respondendo com forte peixeirada, que é contra as peixeiradas. A razão deve-se à existência de quem não respeite a linha dinástica. Demonstrativo de enorme inconsciência, pois basta pensar no que aconteceria na Coreia do Norte, se a coisa fossem com eleições

Também há quem considere homofóbica a decisão de Louçã, pela não escolha de um par do mesmo sexo.

Agora sim, o BE está a transformar-se num verdadeiro partido português. É de recordar Durão Barroso, cujas orientações a Leonor Beleza no momento de bazar, foram: chamem o professor Marcelo. Ao contrário de Sócrates que recomendou não se chamar o Tozé, ou de Cunhal que depois dele, achou que não havia quem chamar. O Portas quando sair, leva o PP com ele… nem que seja em fotocópias

PS. O cirurgião Gentil Martin - especialista na separação de siameses - já se pôs à disposição do

Senhores censores do Expresso, peço-vos encarecidamente que me elucidem, da razão deste (cópia do colocado anteriormente) comentário ter sido cansurado

Será os alto espírito democrático da rapaziada do Bloco, no seu "melhor"?
Gralhas & falhas
Re: Gralhas & falhas
Re: Gralhas & falhas
Re: Gralhas & falhas
Re: Gralhas & falhas
Re: Gralhas & falhas
Re: Gralhas & falhas
Se o pedantismo fosse espelho
Re: Se o pedantismo fosse espelho
presunção e água benta1
água benta2
Re: água benta2
Re: água benta2
Re: água benta2
Re: água benta2
Re: (repetição após censura) O algodão não engana
Re: (repetição após censura) O algodão não engana
Opiniões
Estes movimentos que se querem muito puros, muito decentes, onde toda a gente está por convicção de serviço público, em momentos de crise, dão o flanco e mostram as ambições, as traições,os ódios que por ali andam.

É agrupamento que nunca me agradou, com a sua sobranceria de pureza ideológica, a sua dedicação aos temas mais "in" dos sectores mais queques da sociedade, tipo meninos da linha, discutindo pobreza à mesa de restaurantes de luxo.

Mas entre o radicalismo verbal de predicador evangélico de Louça e um esquerdismo mais "classe operária" de Oliveira, sempre prefiro este último. Publicou mesmo muitos textos, sobre variados assuntos, onde concitou acordo geral, tendo mostrado algumas vezes, que está atento à realidade e não sentado nas nuvens, a debitar os grandes princípios marxistas.
Parece-me que a redoma onde vive Louçã é mais estanque do que a de Oliveira. Esta última permite umas escapadelas à realidade do trabalho, da pobreza,das dificuldades e também da grandeza, da dignidade e do esforço dos mais pobres....
Sinais dos tempos
Anda tudo às aranhas , ninguem se entende na política portuguesa.

O PSD e o CDS são uns partidos embalagem , travestidos , não têm política própria , só variam na cosmética que usam , porque no principal seguem a cartilha da Merkel.

O PS de tão seguro ainda lá se morre de tédio , antes de serem precisos para alguma coisa.

Agora nem o BE escapa a um conflito de personalidades e de feitios maior que o próprio partido.

Para compôr o ramalhete , só falta mesmo ao PCP chatear-se com Marx.
Re: Sinais dos tempos
Déjá vu???????
Repete-se o caso Rui Tavares, ou estou a ver mal o filme actual, tendo DO como protagonista em vez daquele?
Francisco Louçã é uma voz cuja projecção transcende em muito as suas intervenções parlamentares, quase sempre vivas e acutilantes. Será possível ser verdade o que DO diz agora?
Sem querer tomar partido de imediato, estou um pouco confuso quanto à motivação e intenções dos protagonistas, mas uma coisa é certa: as causas da esquerda ficam provavelmente a perder com estas intrigas palacianas.
Re: Déjá vu???????
Comentários 144 Comentar

Últimas

Receba a nova Newsletter
Ver Exemplo

Pub