17 de abril de 2014 às 12:51
Página Inicial  ⁄  Dossiês  ⁄  Dossies Desporto  ⁄  Rali Dakar 2010  ⁄  Dakar2010: Ruben Faria quarto na sétima etapa

Dakar2010: Ruben Faria quarto na sétima etapa

O motard português subiu dois lugares, terminando no quarto lugar a sétima etapa do Dakar2010. O francês Cyril Despres liderou a prova.Clique para visitar o dossiê Rali Dakar-2010.
Lusa
Ruben Faria foi o melhor português na sétima etapa do Dakar2010 EPA/Cezaro De Luca Ruben Faria foi o melhor português na sétima etapa do Dakar2010

O piloto Ruben Faria (KTM) foi hoje o melhor português no Dakar2010, ao terminar no quarto lugar a sétima etapa da prova rainha de todo-o-terreno, ganha por Cyril Despres (KTM), nas motos, e Nasser Al-Attiyah (Volkswagen), nos automóveis.

Clique para aceder ao índice do DOSSIÊ RALI DAKAR-2010

Hélder Rodrigues (Yamaha) foi apenas 14. na longa etapa que ligou Iquique a Antofagasta, com 600 quilómetros cronometrados, mas continua a ser o melhor representante luso na geral, na terceira posição da categoria das motos.
Nos automóveis, Carlos Sousa, ao volante de um Mitsubishi, também se deparou com algumas dificuldades e não foi além do 17. lugar, caindo de
quatro para sétimo da classificação geral.

Ruben Faria subiu dois lugares (16. para 14.), depois de ter gasto mais 9.10 minutos do que o francês Cyril Despres, campeão do Dakar em 2005 e 2007, que cumpriu a tirada em 6:34.14 e reforçou a liderança da prova.

"Foi um dia muito longo mesmo. Era importante conseguir hoje um bom resultado na especial para iniciar a segunda semana da prova o mais perto possível do Cyril. A quarta posição serve na perfeição", congratulou-se Ruben Faria.

Hélder Rodrigues fecha pódio



Hélder Rodrigues, que tinha como pior resultado nesta edição do Dakar o 10. posto obtido na etapa inaugural, não foi além de 14., devido a uma queda sem onsequência ao quilómetro 380, mas continua a fechar o pódio provisório.

"Cai devagar e não me magoei, mas o punho do acelerador partiu-se e por momentos temi o pior. Para continuar tive que fazer mais de 200 quilómetros a puxar o cabo do acelerador o que me atrasou muito", explicou.

O "motard" português foi ultrapassado pelo espanhol Marc Coma (KTM), detentor do troféu, que passou para o segundo lugar, a 1:06.50 horas de
Despres, mas beneficiou do dia negativo do chileno Lopez Contardo (Aprilia), que caiu da segunda para a quinta posição.

Carlos Sousa é português melhor posicionado



Nos automóveis, Carlos Sousa terminou a mais de hora e meia de Al-Attiyah, atrás dos compatriotas Miguel Barbosa (Mitsubishi), que foi 13., e Ricardo Leal dos Santos (BMW), 16. posicionado, mas ainda continua a ser o piloto português mais bem colocado.

O piloto do Qatar foi o mais rápido do dia e ganhou 4.21 minutos a Carlos Sainz, também em Volkswagen, reduzindo para 11.03 o atraso para o piloto espanhol, que não foi além do terceiro melhor registo na etapa.

Carlos Sousa está agora a distantes 3:08.50 horas do comandante e a mais de uma hora da sua anterior posição, a quarta, na qual terminou o Dakar em 2003 e que representa a melhor classificação de sempre de um piloto nacional.

Sábado cumpre-se o único dia de descanso do Dakar2010, que regressa à competição no domingo para a realização da oitava etapa, entre Antofagasta e Copiapo, numa extensão de 568 quilómetros, 472 dos quais cronometrados.
Comentários 0 Comentar
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub