Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Quando é que o futuro chegou?

  • 333

Este domingo, a Casa da Música, no Porto, acolhe um encontro muito especial. Trata-se de "Admirável Mundo Novo: O Futuro Chegou mais Cedo?", um debate aberto sobre a sociedade e o futuro, as tecnologias e o dia-a-dia.  

Neste Encontro atende-se ao aviso que Aldous Huxley, o autor de "Admirável Mundo Novo", fez há mais de meio século.

Quais as principais inovações tecnológicas a que assistimos hoje em dia ou prevemos para o futuro próximo? Como afectam os indivíduos, a sociedade, a política e a economia? Quais as promessas estão encerradas nestas mudanças? Que riscos comportam? Até que ponto podemos prever essas inovações e as suas consequências, para que o futuro não chegue cedo demais?

Questões que Huxley já anunciava em 1958: "O que eu acho é que não devemos ser apanhados de surpresa pelo avanço da nossa tecnologia. Isto aconteceu vezes sem conta na História com o avanço tecnológico, que por sua vez muda as condições sociais, e de repente as pessoas encontram-se em situações que não anteciparam e a fazer todo o tipo de coisas que, afinal, nunca quiseram fazer".