Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Morreu o escritor que teorizou sobre a misteriosa morte do Papa João Paulo I

  • 333

Luís Miguel Rocha foi vítima de doença prolongada. Morreu em casa, em Mazarefes, depois de ter estado internado no Hospital de Viana do Castelo

DR

Luís Miguel Rocha, autor do livro "O Último Papa", que chegou ao top do jornal "The New York Times", em 2009, morreu esta manhã, aos 39 anos, vítima de doença prolongada.

Luís Miguel Rocha tornou-se conhecido em 2006 como o lançamento do livro "O Último Papa", embora tivesse publicado um ano antes "Um País Encantado".



Em "O Último Papa", Luís Miguel Rocha teoriza sobre a misteriosa morte de Albino Luciani, o Papa João Paulo I. A obra, que envolve a çaçonaria italiana, foi um "bestseller" internacional e chegou mesmo ao top do jornal "The New York Times".  



Nascido no Porto, em 1976, Luís Miguel Rocha escreveu um ano depois deste 'bestseller' "Bala Santa", e ainda mais duas obras: em 2009, "A Virgem"; em 2011, "A Mentira Sagrada"; e em 2013, "A Filha do Papa".



Antes de ser escritor, foi também tradutor, repórter de imagem e guionista. Na TVI, foi responsável pela transmissão das missas.  



De acordo com a família, que anunciou esta manhã a sua morte, aos 39 anos, Luís Miguel Rocha foi vítima de doença prolongada. Faleceu em casa, em Mazarefes, onde regressou nos últimos dias depois de ter estado internado no Hospital de Viana do Castelo.