Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Morreu Joe Cocker

FOTO REUTERS

"Baby take off your coat / Real slow / Don't take off your shoes / I'll take off your shoes / Baby, take off your dress / Yes, yes, yes." E depois: "You can leave your hat on". 

Raquel Pinto

Raquel Pinto

Jornalista

Joe Cocker faleceu esta segunda-feira, em casa, no Colorado, vítima de um cancro no pulmão. Tinha 70 anos.  

A voz rouca e áspera, de Sheffield, Reino Unido, nascido a 20 de maio de 1944, contava com mais de 40 anos de carreira. O consumo excessivo de álcool e drogas, dentro e fora de palco, quase lhe apagou a voz. 

"Simplesmente único", descreve o seu agente Barrie Marshall à "BBC".  "Vai ser impossível preencher o espaço que ele ocupa nos nossos corações", acrescenta. 

Ficou conhecido pela versão dos Beatles "With A Little Help from My Friends", que chegou a número um do top britânico em 1968. Um ano depois, em Nova Iorque, o tema alcançou dimensão planetária com a atuação no mítico  Woodstock. Foi muito mais do que um "cover". Seguia-se a conquista pelos EUA, depois de ter sido convidado para o programa de televisão Ed Sullivan Show.

"You Are So Beautiful", "You Can Leave Your Hat On", "Unchain My Heart" são alguns dos sucessos carimbados pelo cantor e compositor, um dos expoentes do rock dos anos 60, que misturou soul e jazz nas interpretações nas décadas que se seguiram. 

Iniciou a carreira como cantor pop. Começou a tocar em pubs, ao mesmo tempo que levava uma vida dupla: instalador de gás. "Cavaliers", assim se chamava o primeiro grupo que integrou em 1959. Tocava bateria e harmonica. Chegou a vocalista em 1961 e a banda assumiu outro nome - Vance Arnold (nome artístico) and the Avengers. Interpretavam temas de Ray Charles, Beatles e Chuck Berry. Vieram ainda outras formações: Joe Cocker Big Blues (aqui já era Joe Cocker) e Grease Band.

Em 1969 já cantava a solo. Mais de 40 álbuns, mais de metade gravações de estúdio, fazem parte do espólio.  Venceu um Grammy em 1983 pelo dueto com Jennifer Warnes, em "Up Where We Belong", banda sonora do filme "Oficial e Cavalheiro", de 1982, protagonizado por Richard Gere. E ainda um Globo de Ouro e um Óscar de Melhor Canção Original. A balada tinha chegado aos 'tops' internacionais, imprimindo uma nova de página na sua carreira - tinha entrado em decadência nos anos 70, acumularam-se os episódios relacionados com o álcool e drogas. Em 1984, o tema seria novamente reconhecido pela originalidade, desta vez através do Prémio BAFTA.

Em 2007, Cocker recebeu a condecoração da Ordem do Império Britânico.  

O 23.º e último disco de estúdio é de 2012: "Fire It Up". Atuou pela última vez em Portugal em 2011, no Algarve, numa gala de verão do hotel Pine Cliffs Resort, em Albufeira. Vivia há vários anos nos EUA.