Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Expresso divulga fotografias inéditas de Herberto Helder

  • 333

O poeta das edições limitadas e que nunca se deixava fotografar abriu as portas da sua casa ao repórter fotográfico Alfredo Cunha. Foi às 17h00 de 19 de Fevereiro de 2015, em Cascais. O Expresso divulga este sábado, na Revista E, as fotografias deste raro encontro, acordado através do editor Manuel Alberto Valente.

Ricardo Costa

Ricardo Costa

Diretor de Informação da SIC

As fotos de Herberto Helder são quase todas dos anos 70. O poeta vivia em quase reclusão, recusou receber o Prémio Pessoa e nunca se deixava fotografar.  Durante mais de duas décadas, o fotojornalista Alfredo Cunha tentou por todos os meios fotografá-lo, sem sucesso. Acabou por ser um livro - "Rapazes dos Tanques", que Alfredo Cunha fez com Adelino Gomes -, levado a Herberto por Manuel Alberto Valente, da Porto Editora, a desbloquear o pedido. O poeta aceitou ser fotografado, num encontro marcado para as 17h00 de 19 de Fevereiro na sua casa, em Cascais. É o resultado desse raro momento que o Expresso divulga este sábado numa edição especial da Revista E

O portefólio de Alfredo Cunha é acompanhado de um relato do jornalista Luís Pedro Nunes, que tem acompanhado Alfredo Cunha nas suas mais recentes grandes reportagens - a grande maioria tem sido publicada no Expresso nos últimos dois anos. Na Revista E, há textos exclusivos sobre Herberto Helder de Clara Ferreira Alves, Pedro Mexia, José Tolentino Mendonça e Ana Cristina Leonardo.