Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Da vida à morte, da alegria à tristeza, do som ao silêncio. Oliveira, Oliveira

  • 333

O vídeo que se segue começa pelo fim. Depois damos um salto ao princípio. E continuamos a avançar e a recuar. Em 8 minutos vamos de 2015 a 1930, da vida à morte, da alegria à tristeza, do som ao silêncio. Porque Manoel de Oliveira concentrava em si e na sua obra todas as idades possíveis do homem e todas as idades do cinema.