Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Um a um, todos os nomeados para os óscares 2018

Christopher Polk

Está lançada a corrida às mais cobiçadas estatuetas do cinema. A academia de Hollywood deu esta terça-feira a conhecer as nomeações para as 24 categorias a distinguir

OS 6 MAIS NOMEADOS

“A Forma da Água” - 13 nomeações

“Dunkirk” - 8 nomeações

“Três Cartazes à Beira da Estrada” - 7 nomeações

“A Hora Mais Negra” - 6 nomeações

“Linha Fantasma” - 6 nomeações

“Lady Bird” - 5 nomeações

MELHOR REALIZADOR

Christopher Nolan, por “Dunkirk”

Jordan Peele, por “Get Out”/“Foge”

Greta Gerwig, por “Lady Bird”

Paul Thomas Anderson, por “Linha Fantasma”

Guillermo del Toro, por “A Forma da Água”

MELHOR FILME

“Chama-me Pelo Teu Nome” (produzido por Peter Spears, Luca Guadagnino, Emilie Georges e Marco Morabito)

“A Hora Mais Negra” (produzido por Tim Bevan, Eric Fellner, Lisa Bruce, Anthony Mccarten e Douglas Urbanski)

“Dunkirk” (produzido por Emma Thomas e Christopher Nolan)

“Get Out”/“Foge” (produzido por Sean Mckittrick, Jason Blum, Edward H. Hamm Jr. e Jordan Peele)

“Lady Bird” (produzido por Scott Rudin, Eli Bush e Evelyn O’neill)

“Linha Fantasma” (Produzido por Joanne Sellar, Paul Thomas Anderson, Megan Ellison e Daniel Lupi)

“The Post” (produzido por Amy Pascal, Steven Spielberg e Kristie Macosko Krieger)

“A Forma da Água” (produzido por Guillermo Del Toro e J. Miles Dale)

“Três Cartazes à Beira da Estrada” (produzido por Graham Broadbent, Pete Czernin e Martin Mcdonagh)

MELHOR ATOR

Timothée Chalamet, por “Chama-me Pelo Teu Nome”

Daniel Day-lewis, por “Linha Fantasma”

Daniel Kaluuya, por “Get Out”/“Foge”

Gary Oldman, por “A Hora Mais Negra”

Denzel Washington, por “Roman J. Israel, Esq.”


MELHOR ATOR SECUNDÁRIO

Willem Dafoe, por “The Florida Project”

Woody Harrelson, por “Três Cartazes à Beira da Estrada”

Richard Jenkins, por “A Forma da Água”

Christopher Plummer, por “Todo o Dinheiro do Mundo

Sam Rockwell, por “Três Cartazes à Beira da Estrada”


MELHOR ATRIZ

Sally Hawkins, por “A Forma da Água”

Frances Mcdormand, por “Três Cartazes à Beira da Estrada”

Margot Robbie, "Eu, Tonya"

Saoirse Ronan, por “Lady Bird”

Meryl Streep, por “The Post”


MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA

Mary J. Blige, por “Mudbound — As Lamas do Mississípi”

Allison Janney, por “Eu, Tonya”

Lesley Manville, por “Linha Fantasma”

Laurie Metcalf, por “Lady Bird”

Octavia Spencer, por “A Forma da Água”


MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO

“The Boss Baby” (Tom Mcgrath e Ramsey Naito)

“The Breadwinner” (Nora Twomey e Anthony Leo)

“Coco” (Lee Unkrich e Darla K. Anderson)

“Ferdinando” (Carlos Saldanha)

“A Paixão de Van Gogh” (Dorota Kobiela, Hugh Welchman e Ivan Mactaggart)


MELHOR FOTOGRAFIA

“Blade Runner 2049” (Roger A. Deakins)

“A Hora Mais Negra” (Bruno Delbonnel)

“Dunkirk” (Hoyte Van Hoytema)

“Mudbound — As Lamas do Mississípi” (Rachel Morrison)

“A Forma da Água” (Dan Laustsen)


MELHOR GUARDA-ROUPA

“A Bela e o Monstro” (Jacqueline Durran)

“A Hora Mais Negra” (Jacqueline Durran)

“Linha Fantasma” (Mark Bridges)

“A Forma da Água” (Luís Sequeira)

“Vitória & Abdul” (Consolata Boyle)

MELHOR DOCUMENTÁRIO

“Abacus: Small Enough To Jail” (Steve James, Mark Mitten e Julie Goldman)

“Olhares Lugares” (Agnès Varda, Jr e Rosalie Varda)

“Icarus” (Bryan Fogel e Dan Cogan)

“Last Men In Aleppo” (Feras Fayyad, Kareem Abeed e Søren Steen Jespersen)

“Strong Island” (Yance Ford e Joslyn Barnes)


MELHOR CURTA-METRAGEM DOCUMENTAL

“Edith+Eddie” (Laura Checkoway e Thomas Lee Wright)

“Heaven Is A Traffic Jam On The 405” (Frank Stiefel)

“Heroin(E)” (Elaine Mcmillion Sheldon e Kerrin Sheldon)

“Knife Skills” (Thomas Lennon)

“Traffic Stop” (Kate Davis e David Heilbroner)


MELHOR MONTAGEM

“Baby Driver” (Paul Machliss e Jonathan Amos)

“Dunkirk” (Lee Smith)

“Eu, Tonya” (Tatiana S. Riegel)

“A Forma da Água” (Sidney Wolinsky)

“Três Cartazes à Beira da Estrada” (Jon Gregory)


MELHOR FILME ESTRANGEIRO

“Uma Mulher Fantástica” (Chile)

“O Insulto” (Líbano)

“Loveless” (Rússia)

“Corpo e Alma” (Hungria)

“O Quadrado” (Suécia)


MELHOR CARACTERIZAÇÃO

“A Hora Mais Negra” (Kazuhiro Tsuji, David Malinowski e Lucy Sibbick)

“Vitória & Abdul” (Daniel Phillips e Lou Sheppard)

“Wonder — Encantador” (Arjen Tuiten)


MELHOR BANDA SONORA ORIGINAL

“Dunkirk” (Hans Zimmer)

“Linha Fantasma” (Jonny Greenwood)

“A Forma da Água” (Alexandre Desplat)

“Star Wars: Os Últimos Jedi” (John Williams)

“Três Cartazes à Beira da Estrada” (Carter Burwell)


MELHOR MÚSICA

'Mighty River’, em “Mudbound — As Lamas do Mississípi” (Mary J. Blige, Raphael Saadiq e Taura Stinson)

‘Mystery Of Love’, em “Chama-me Pelo Teu Nome” (Sufjan Stevens)

‘Remember Me’, em “Coco” (Kristen Anderson-lopez e Robert Lopez)

‘Stand Up For Something’, em “Marshall” (Diane Warren, Lonnie R. Lynn e Diane Warren)

‘This Is Me’, em “O Grande Showman” (Benj Pasek e Justin Paul)

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE

“A Bela e o Monstro” (Sarah Greenwood e Katie Spencer)

“Blade Runner 2049” (Dennis Gassner e Alessandra Querzola)

“A Hora Mais Negra” (Sarah Greenwood e Katie Spencer)

“Dunkirk” (Nathan Crowley e Gary Fettis)

“A Forma da Água” (Paul Denham Austerberry, Shane Vieau e Jeff Melvin)


MELHOR CURTA METRAGEM DE ANIMAÇÃO

“Dear Basketball” (Glen Keane e Kobe Bryant)

“Garden Party” (Victor Caire e Gabriel Grapperon)

“Lou” (Dave Mullins e Dana Murray)

“Negative Space” (Max Porter e Ru Kuwahata)

“Revolting Rhymes” (Jakob Schuh e Jan Lachauer)


MELHOR CURTA-METRAGEM

“Dekalb Elementary” (Reed Van Dyk)

“The Eleven O’clock” (Derin Seale e Josh Lawson)

“My Nephew Emmett” (Kevin Wilson, Jr.)

“The Silent Child” (Chris Overton e Rachel Shenton)

“Watu Wote/All Of Us” (Katja Benrath e Tobias Rosen)


MELHOR EDIÇÃO DE SOM

“Baby Driver” (Julian Slater)

“Blade Runner 2049” (Mark Mangini e Theo Green)

“Dunkirk” (Richard King e Alex Gibson)

“A Forma da Água” (Nathan Robitaille e Nelson Ferreira)

“Star Wars: Os Últimos Jedi” (Matthew Wood e Ren Klyce)


MELHOR MISTURA DE SOM

“Baby Driver” (Julian Slater, Tim Cavagin e Mary H. Ellis)

“Blade Runner 2049” (Ron Bartlett, Doug Hemphill e Mac Ruth)

“Dunkirk” (Mark Weingarten, Gregg Landaker e Gary A. Rizzo)

“A Forma da Água” (Christian Cooke, Brad Zoern e Glen Gauthier)

“Star Wars: Os Últimos Jedi” (David Parker, Michael Semanick, Ren Klyce e Stuart Wilson)


MELHORES EFEITOS ESPECIAIS

“Blade Runner 2049” (John Nelson, Gerd Nefzer, Paul Lambert And Richard R. Hoover)

“Guardiões da Galáxia Vol. 2” (Christopher Townsend, Guy Williams, Jonathan Fawkner e Dan Sudick)

“Kong: Ilha da Caveira” (Stephen Rosenbaum, Jeff White, Scott Benza e Mike Meinardus)

"Star Wars: Os Últimos Jedi” (Ben Morris, Mike Mulholland, Neal Scanlan e Chris Corbould)

“Planeta dos Macacos: A Guerra” (Joe Letteri, Daniel Barrett, Dan Lemmon e Joel Whist)


MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO

“Chama-me Pelo Teu Nome” (James Ivory)

“Um Desastre de Artista” (Scott Neustadter e Michael H. Weber)

“Logan” (Scott Frank, James Mangold, Michael Green)

“Jogo da Alta-Roda” (Aaron Sorkin)

“Mudbound — As Lamas do Mississípi” (Virgil Williams e Dee Rees)


MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL

“Amor de Improviso” (Emily V. Gordon e Kumail Nanjiani)

“Get Out”/“Foge” (Jordan Peele)

“Lady Bird” (Greta Gerwig)

“A Forma da Água” (Guillermo Del Toro e Vanessa Taylor)

“Três Cartazes à Beira da Estrada” (Martin Mcdonagh)