Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Última temporada de “A Guerra dos Tronos” já tem realizadores confirmados

Miguel Sapochnik, responsável pelo episódio ‘Battle of the Bastards’ (nesta acima) na temporada 6, regressa este ano ao alinhamento

Foto HBO

A produção da oitava e derradeira temporada da série arranca em outubro e já são conhecidos os realizadores que darão forma aos últimos capítulos

“A Guerra dos Tronos” caminha para o fim, mas a HBO promete que a despedida da série de sucesso — além de ser um fenómeno mundial de audiências, tem vencido os maiores prémios de televisão desde a sua estreia, em 2011 — será em grande. A lista de realizadores escolhidos para a oitava e última temporada foi agora conhecida e são apenas quatro, com os criadores da série a trabalharem em conjunto. A David Benioff e D.B. Weiss juntam-se Miguel Sapochnik e David Nutter, que serão os principais responsáveis pelos seis episódios, atualmente ainda em fase de pré-produção.

Miguel Sapochnik, que saiu da produção da HBO para se dedicar à série “Altered Carbon” (da Netflix e com estreia marcada para o próximo ano), está de regresso e espera-se que o realizador britânico volte a marcar a história de “A Guerra dos Tronos” nos novos episódios. Na sexta temporada, Sapochnik foi o responsável pelo épico ‘Battle of the Bastards’, pelo qual venceu Emmy de Melhor Realizador. David Nutter, que venceu o mesmo prémio no ano anterior — com 'Mother's Mercy’, que encerrou a temporada 5 — e que realizou também ‘The Rains of Castamere’ (capítulo em que se dá o sangrento casamento, na terceira temporada), também regressa à ação.

Até ao momento ainda não é conhecido o alinhamento da temporada (que mostraria quais os episódios que contarão com determinado realizador), mas é já garantido que David Benioff e D.B. Weiss tratarão do episódio final. Do leque de responsáveis da oitava temporada não fará parte nenhum dos realizadores da sétima temporada, tendo os produtores de “A Guerra dos Tronos” optado pelos vencedores de prémios para a nova leva de episódios.

Embora pouco se conheça sobre a temporada derradeira, parece cada vez mais certo que os episódios terão uma duração superior ao normal. Paula Fairfield, engenheira de som responsável pela série, foi uma das primeiras pessoas ligadas à produção a garantir que a duração será semelhante à das longas-metragens, e parece que será mesmo assim. Quanto à data em que “A Guerra dos Tronos” regressará à televisão (em Portugal, a série da HBO é transmitida pelo Syfy), ainda nada está confirmado, mesmo que pareça certo que a estreia só acontecerá no final de 2018 ou já em 2019. Em causa estará também a complexidade dos efeitos especiais, necessários para pôr termo à versão televisiva da saga literária criada por George R.R. Martin.