Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Madonna só quer espectáculos pequenos

A confirmar-se a opção pelos shows intimistas, será a última reinvenção de uma artista que já teve umas quantas desde os anos 80, isto na altura em que se intensifica a sua relação com Lisboa

Luís M. Faria

Jornalista

Madonna tornou-se conhecida pelos gigantescos espectáculos em estádios e outros espaços de dimensão comparável, com imensa produção, muitos participantes e coreografias elaboradas. Esse tipo de show ajudou a torná-la uma das artistas pop mais ricas de sempre. Aos 59 anos, porém, quer tentar algo diferente. Numa entrevista dada à BBC, explica: "Fiz tantos shows - tournées mundiais, estádios, arenas desportivas - que acho que também tenho de me reinventar nesta altura".
"Gostava de fazer espectáculos intimistas e poder falar diretamente com o público", continuou. "A ideia é fazer um show que não viaje pelo mundo mas fica num só lugar. Que use, não apenas humor e música mas a música de outras pessoas e novas formas de entretenimento. Uma espécie de porta giratória de talento com comediantes, humor, etc. Não sei! Estou a tentar desenvolver estas ideias".
sempre teve um lado experimental, como notaram vários críticos. Se chegar a realizar aquilo de que fala pouca gente ficará surpreendida. Numa altura em que parece ganhar realidade a hipótese de a cantora ficar a residir em Portugal pelo menos durante parte do ano, não lhe faltam sítios na capital (e não só) para experimentar espectáculos de dimensão intimista, com participantes de outras áreas. Tratando-se de Madonna, os voluntários não serão poucos, nem pouco diversos...