Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Ele vai salvar (outra vez) Star Wars

O novo filme do produtor e realizador tem estreia marcada para 24 de maio de 2019

Foto Danny Moloshok/REUTERS

O realizador norte-americano J.J. Abrams, que fez renascer a saga “Star Wars” com “O Despertar da Força”, regressa para terminar a trilogia depois do afastamento de Colin Trevorrow. A produção arranca já em janeiro

“Que a força esteja com ele” é o que desejam os milhões de fãs da saga “Star Wars”, agora que foi conhecido o nome que vai substituir Colin Trevorrow na construção do “Episódio IX”. J.J. Abrams — que fora o responsável pelo renascimento de “A Guerra das Estrelas” em 2015, com “O Despertar da Força” — vai regressar ao cargo de realizador no próximo filme, acumulando-o com a escrita do argumento, que vai partilhar com Chris Terrio.

“Em ‘O Despertar da Força’, o J.J. fez tudo o que poderíamos esperar, pelo que estou muito feliz com o facto de ele regressar para terminar esta trilogia”, expressou Kathleen Kennedy, a presidente da Lucasfilm, em comunicado. A decisão surge depois das notícias que vieram a público na última semana, que davam conta da saída de Colin Trevorrow (realizador de “Mundo Jurássico”) do maior sucesso da produtora, invocando-se diferenças criativas.

De acordo com os estúdios, “a Lucasfilm e Colin Trevorrow fizeram uma escolha mútua de seguir caminhos diferentes”, sem que o comunicado terminasse sem uma explicação sobre o que levou à cisão. “O Colin tem sido um ótimo colaborador ao longo do processo de desenvolvimento [do filme], mas chegamos à conclusão de que nossas visões sobre o projeto são divergentes.”

Até ao momento, nenhuma das partes envolvidas no processo expressou que a mudança de realizador pudesse afetar a data da chegada aos cinemas do filme, por enquanto apenas conhecido como “Episódio IX”. A produção deve arrancar no início do próximo ano e a estreia está marcada para 24 de maio de 2019. Ainda antes disso, a 14 de dezembro deste ano, chega às salas “Star Wars: Episódio VIII — Os Últimos Jedi”, com realização de Rian Johnson e que poderá ter Tom Hardy no papel de um 'stormtrooper'.

Embora a substituição de um realizador da saga principal seja razão para maior alarme nos corredores da Lucasfilm, esta não é a primeira vez que se fazem substituições nos nomes que conduzem a saga. Os realizadores Phil Lord e Christopher Miller foram afastados de um dos vários 'spin-offs' em produção, deixando o projeto centrado em Han Solo também por “diferenças criativas”. Ron Howard tomou as rédeas da produção e foi o realizador escolhido para dar continuação à longa-metragem.