Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Clint Eastwood avança com filme com americanos que impediram o atentado terrorista num comboio

Clint Eastwood entregou uma distinção aos três americanos em 2016

Kevin Winter/GETTY

Os próprios militares e o estudante que neutralizaram um marroquino fortemente armado que se preparava para efetuar um atentado num comboio que se deslocava de Amesterdão para Paris em 2015 vão surgir no filme

O realizador Clint Eastwood está a preparar um filme sobre os indivíduos que em 2015 conseguiram heroicamente neutralizar um marroquino que entrou no comboio, que efetuava a ligação entre Amesterdão e Paris, munido de uma metralhadora AK47, uma pistola, um x-acto e vários carregadores.

Alek Skarlartos, Spencer Stone e Anthony Sadler, respetivamente, os dois militares e o estudante americano que impediram o atentado (juntamente com o britânico Chris Norman) vão surgir a fazer o papel de si próprios no filme “The 15.17 to Paris”, surgindo também interpretados por outros atores nas cenas em que surgem mais jovens.

O filme, que irá focar a amizade entre os três, é baseado no livro que escreveram conjuntamente com Jeffrey E. Stern.

O seu feito valeu-lhes nesse mesmo ano terem recebido do Presidente Hollande as medalhas da Legão de Honra, a mais alta distinção atribuída pelo Estado francês.

Este será mais um filme de Eastwood baseado em casos verídicos de indivíduos que se distinguiram em situações de potenciais ataques ou conflitos armados depois de “Sniper Americano”, que reconstituiu a história do militar Chris Kyle que esteve destacado no Iraque.