Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Eurovisão afasta Ucrânia das futuras competições

A cantora russa Yuliya Samoilova

RUSSIAN TV CHANNEL 1 / EPA

Na última semana as autoridades ucranianas disseram que vão impedir a cantora russa Yuliya Samoilova de participar na Eurovisão deste ano por considerarem que a concorrente violou a legislação nacional. A Eurovisão respondeu com outra medida dura: a Ucrânia passa a partir de agora a estar de fora da competição

Bernardo Mendonça

Bernardo Mendonça

Texto

Jornalista

Os organizadores do festival da Eurovisão acabam de anunciar que vão banir a Ucrânia das suas futuras competições. Uma medida sancionatória que só se alterará se a Ucrânia deixar a concorrente russa deste ano entrar no país para participar na competição que se realiza em Kiev. Na passada semana a Ucrânia impôs uma sanção de 3 anos que impede a cantora russa Yuliya Samoilova de entrar no país por ter estado ilegalmente no território da Crimeia, zona anexada por Moscovo, para dar um concerto em 2015.

Ingrid Deltenre, diretora-geral da União Europeia de Radiodifusão, considerou esta situação “inaceitável” e fê-lo saber ao primeiro ministro ucraniano Volodymyr Groysman. E, como resposta, Deltenre avisou o primeiro ministro que a Eurovisão excluirá a Ucrânia de eventos futuros se esta proibição da entrada da cantora russa em território ucraniano se mantiver.

Deltenre diz-se “frustrada” e “furiosa” pelo facto da competição deste ano estar a ser usada como um “instrumento de confronto” entre a federação russa e ucraniana. E ainda acrescentou: “Se esta medida de banir a Samoilova não for levantada criará um grande impacto negativo na reputação internacional ucraniana enquanto uma nação moderna e democrática.”

A cantora russa está numa cadeira de rodas desde que teve uma má reação a uma vacina recebida na infância, de acordo com uma biografia no seu website.

Moscovo e Kiev têm estado envolvidos em conflitos políticos desde que a Rússia anexou a Crimeia em 2014 e se juntou a rebeldes pró-russos no leste do país que têm enfrentado as tropas ucranianas. Quase 10 mil pessoas foram mortas desde o início dos conflitos entre o governo ucraniano e os rebeldes pró-russos.

Aparte deste conflito, o festival Eurovisão da canção irá realizar-se em Kiev no próximo dia 13 de maio. Portugal estará representado pelo concorrente Salvador Sobral que apresentará o tema 'Amar pelos Dois', escrito pela sua irmã, Luísa Sobral, que tem recolhido crescente popularidade nos sites dedicados à temática.