Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Fim das borlas no Museu Berardo

DR

A partir de maio, entrar no museu instalado no CCB, em Lisboa, vai custar cinco euros. Só as crianças até aos seis anos estão isentas

As entradas no Museu Coleção Berardo, em Belém, vão passar a custar cinco euros a partir de 1 de maio, com entrada gratuita ao sábado, durante todo o dia, revela ao Expreso José Berardo.
De acordo com o comendador, este bilhete único permitirá o acesso a todas as exposições do Museu Coleção Berardo, ficando as crianças até aos seis anos isentas de pagamento.

As visitas escolares com marcação passam a custar 1 euro por participante, para usufruírem de uma visita orientada por um monitor aquando da visita em grupo ao museu. Terão ainda 50% de desconto os visitantes com idade superior a 65 anos; visitantes entre os seis e os 18 anos e visitantes com mobilidade reduzida.

O Museu Berardo abriu em junho de 2007 - com entradas gratuitas desde então - e um acervo inicial de 862 obras da coleção de arte do empresário José Berardo avaliadas um ano antes em 316 milhões de euros pela leiloeira internacional Christie's.

Em novembro do ano passado, o protocolo de dez anos para cedência de obras da coleção Berardo e manutenção do museu no CCB, que terminava em 31 de dezembro, foi renovado por mais seis anos entre o colecionador e o Estado, através do Ministério da Cultura.

Desde a sua abertura, o Museu Coleção Berardo recebeu mais de 6,6 milhões de visitantes, mais de um milhão só em 2016, quando se cumpriram os dez anos da assinatura do protocolo celebrado entre o colecionador Berardo e o Governo, explica o empresário madeirense em comunicado enviado ao Expresso.