Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Museu do Neorrealismo reúne espólio de Orlando da Costa

São mais de 850 os documentos do escritor, pai do primeiro-ministro António Costa e do jornalista Ricardo Costa, que agora vão fazer parte do Centro de Documentação do museu de Vila Franca de Xira

O primeiro-ministro António Costa e o irmão Ricardo Costa, diretor geral de Informação da Impresa, visitam esta terça-feira o Museu do Neorrealismo para celebrarem a entrega de um conjunto de documentos do pai de ambos, o escritor e publicitário Orlando da Costa, ao espaço museológico sito em Vila Franca de Xira.

O contrato vai ser celebrado entre o presidente da Câmara de Vila Franca de Xira e os herdeiros de Orlando da Costa, numa altura em que o Museu do Neo-Realismo comemora nove anos de atividade.

Esta segunda parte do espólio de Orlando da Costa – parte dele já havia sido previamente doado – é composto por 799 monografias, 35 publicações periódicas e 29 documentos, que a partir de agora integrarão o acervo do Centro de Documentação do museu.

Considerado uma instituição de referência no estudo e conservação do movimento artístico e literário neorrealista, o Museu do Neo-Realismo contava já com os espólios de quatro dezenas de autores ligados ao movimento que marcou grande parte do século XX.