Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Vargas Llosa questiona: “No próximo ano vão dar o Nobel a um futebolista?”

GETTY

Nobel da Literatura peruano diz que gosta da música de Bob Dylan, mas sustenta que a decisão da Academia Sueca foi um “equívoco”

Mario Vargas Llosa considera que a Academia sueca deixou-se contaminar pela “civilização do espetáculo” na decisão de atribuir o Prémio Nobel da Literatura a Bob Dylan, questionando se “no próximo ano vão dar o Nobel a um futebolista”.

Falando na ocasião em que recebeu um doutoramento Honoris Causa pela Universidade de Burgos, o escritor peruano, contemplado com o Nobel em 2010, disse que apesar de gostar Dylan “como cantor”, a decisão de lhe atribuírem o prémio resulta de um equívoco, pois em nome de uma suposta democratização cultural estão a caminhar no sentido da “frivolidade e banalização”.

Atualmente com 80 anos, o escritor comentou que atualmente “o público exige” esta cultura de espetáculo. No seu entender, a cultura deve é exigir a formação de elites “que não resultam do privilégio mas do esforço e do talento”, tendo em conta que implicam “uma certa seleção dada a sua complexidade”.

Llosa falou também sobre o impacto das novas tecnologias e das redes sociais, elogiando o facto de “tornarem impensável a censura”, mas frisando que acarretam também aspetos “negativos” e “aterradores”, nomeadamente pelo modo como permitem que a mentira se instale com facilidade.