Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Chucho Valdés e Joe Lovanno na abertura do Outono em Jazz da Casa da Música

D.R.

Dois grandes nomes do jazz no regresso de um festival com lugar cativo na programação anual da Casa

Gravam ambos habitualmente para a editora Blue Note, andam há longos anos a pisar os palcos do mundo, mas só agora, e pela primeira vez, estão reunidos para tocar num quinteto. O saxofonista Joe Lovano junta-se ao pianista Chucho Valdés para uma promissora noite de música programada para esta quinta-feira, a partir das 21h, na Sala Suggia da Casa da Música, no Porto. Ambos possuidores de um multifacetado reportório, materializado nos múltiplos discos gravados ao longo das respetivas carreiras, surgem, assim, a abrir mais uma edição do Outono em Jazz, o festival organizado pela casa da Música.

Esta sexta-feira é a vez de Sara Gazarek. É uma das novas vozes do jazz e tem vindo a conquistar terreno nos locais mais insuspeitados. Com 30 anos e apenas três discos gravados, recebeu grandes elogios da crítica do jornal “Los Angeles Times.

Sábado entram em cena o pianista suíço nascido na Tunísia, Moncef Genoud, e Selma Uamusse, uma voz poderosa, de origem moçambicana, mas residente em Lisboa. Genoud é apresentado como sendo um dos músicos mais representativos do jazz feito na Suíça. Tocou já com Dee Dee Bridgewater, Bill Stewart, Jack DeJohnette e muitos outros. Após doze álbuns como líder de um trio, editou no final do ano passado o seu primeiro disco a solo, “Live in Cully”. Selma Uamusse acompanhou Rodirgo Leão numa recente digressão, participou em vários concertos dedicados a Nina Simone e apresenta agora o seu novo disco.

O festival prossegue na próxima semana, com destaque para a noite em que atuam Maria João & Guinga, além de Dino Saluzzi.