Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Spielberg diz que a realidade virtual é uma ameaça para o cinema

  • 333

SEBASTIEN NOGIER / EPA

O realizador norte-americano explicou a sua advertência, sobre o “media perigoso”. em contracorrente com a onda de entusiasmo existente na presente edição Festival de Cannes relativamente a esta tecnologia

“Eu penso que estamos a direcionar-nos no sentido de um media perigoso com a realidade virtual (RV)”, afirmou Steven Spielberg, considerando que a apresentação de filmes neste formato terá um “profundo impacto” na experiência cinematográfica dos espectadores.

A advertência do realizador norte-americano foi feita no Festival de Cinema de Cannes, que este ano dá grande destaque à RV, tendo um pavilhão inteiro dedicado a este formato, com debates e visionamentos.

A animação “Madagascar” foi um dos filmes apresentados em RV, com os espectadores a usarem os óculos que permitem a cada um ter uma experiência personalizada, na medida em que podem virar-se livremente e escolherem o local para onde decidem olhar. Falando sobre o novo formato, o correalizador Eric Darnell disse: “Não é apenas uma extensão do cinema, é toda uma coisa nova e nós temos de descobrir tanto sobre quais são as ferramentas de que dispomos (…) É toda uma nova linguagem”.

Spielberg apresentou-se contudo em contracorrente com a onda de entusiasmo em relação RV. “O único motivo pelo qual digo que é perigoso é porque dá ao espectador muita latitude para não seguir a direção dada pelos contadores das histórias e para fazer as suas próprias opções sobre para onde prefere olhar”, afirmou.