Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Os segredos da nova Guerra dos Tronos

  • 333

MOTHER OF DRAGONS Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) com os Dotrhaki

d.r.

A 6ª temporada da série de aventuras da HBO estreia na TV portuguesa na próxima segunda-feira. Regressa a luta pelo poder em Westeros com novas personagens. Abrimos o jogo (alerta: há spoilers, mas só para quem não viu as temporadas anteriores)

O último episódio da 5ª temporada da Guerra dos Tronos deixou-nos de água na boca. Jon Snow, atacado à traição, é deixado às portas da morte. Stannis Baratheon não só é derrotado às portas de Winterfell como fica à mercê da vingança de Brienne de Tarth. Em Porto Real, a rainha Cersei é publicamente humilhada pelos fundamentalistas religiosos. E o Deus das Muitas Caras castiga Arya Stark com a cegueira.

É caso para dizer que entre bons e maus quase ninguém escapa. E agora? Com a 6ª temporada, o enredo entra numa nova fase porque, em termos narrativos, esgotou-se a referência dada pela parte já publicada da saga de George R.R. Martin. Se já havia pontos de divergência entre a versão filmada e a versão escrita, de agora em diante os argumentistas da série têm carta-branca para conduzir a narrativa para onde bem entenderem.

É uma missão que cabe em primeira linha à dupla David Benioff e Dan Weiss, que, além de terem realizado alguns episódios, são os argumentistas-chefe.

Terão Sansa Stark e Theon Grejoy sobrevivido ao aventuroso salto do alto das muralhas de Winterfell? Se sim, o sinistro Ramsay Bolton, o bastardo maléfico, sofre um duplo revés. Perde Sansa Stark, o que o priva de um simulacro de legitimidade para governar Winterfell, além de o impedir de gerar um herdeiro. E ainda deixa de ter à sua mercê o pobre Theon Greyjoy, sua vítima quotidiana.

E quanto ao outro bastardo, o estóico Jon Snow? O comandante da Patrulha da Noite sobrevive, ou não, aos ferimentos? Se sim, isso acontece na presente temporada ou na próxima? Fazem-se apostas. E, já agora, porque não estendê-las a Benjen Stark, tio de Jon Snow, desaparecido em missão da Ptarulha da Noite para além da Muralha e cujo corpo nunca foi recuperado?

MAZONA A rainha Cersei (Lena Headey) depois da sua humilhação pública

MAZONA A rainha Cersei (Lena Headey) depois da sua humilhação pública

d.r.

Sobre este ponto específico que envolver Benjen Stark, não deixa de ser curioso que a revista Scifinow, num extenso trabalho sobre a 6ª temporada que inclui uma infografia com a árvore genealógica de todas as personagens, dê como mortas e enterradas um sem número de figuras mas, quando se trata de Jon Snow, Stannis Baratheon e Benjen Stark, coloca um prudente ponto de interrogação. O seguro morreu de velho.

Do pouco que se sabe sobre a nova temporada ressaltam, apesar de tudo, algumas certezas.
A primeira tem a ver com o regresso ou introdução de personagens. É o caso de Yara, irmã de Theon Greyjoy, ou do seu tio Euron, que, como sabem os que leram o livro, não é flor que se cheire.

CASTIGO Arya Stark (‎Maisie Williams) penando como pedinte cega

CASTIGO Arya Stark (‎Maisie Williams) penando como pedinte cega

d.r.

Outra certeza é a da continuação do calvário (ou devemos dizer percurso de iniciação?) de Arya Stark, punida pelos deuses, não por ter morto um canalha (o sádico elemento da guarda real Meryn Trant), mas por o ter feito por razões pessoais. Aparentemente, a Lei de Murphy também vigora neste universo medieval idealizado: por muito mal que as coisas estejam, podem correr ainda pior…

O que seguramente podemos esperar desta temporada é um apuro ainda maior das filmagens e dos efeitos especiais. Em muitas cenas intervieram não as habituais duas mas três equipas simultâneas de filmagem, enquanto o número de grupos de especialistas em efeitos especiais subiu para quatro. Atente-se neste número: foram feitos 1400 exemplares do manual de operações destinado ao pessoal técnico (extra-atores, portanto) que intervém na feitura dos episódios, o que dá uma ideia dos meios humanos envolvidos.

FIEL Davos Seaworth (Liam Cunningham), a mão direita de Stannis Baratheon

FIEL Davos Seaworth (Liam Cunningham), a mão direita de Stannis Baratheon

d.r.

Para nossa tristeza, a Guerra dos Tronos aproxima-se do fim. Mas não desesperemos: a 6º temporada não será a última.

E George R.R. Martin, qual Durão Barroso a falar do acesso ao cargo de primeiro-ministro (e saída do mesmo), já disse que vai acabar a série em livro. Não sabe é quando…

MATAM QUE SE FARTAM

Num inventário publicado pela revista Scifinow, ordenaram-se as personagens pelo seu desempenho em mandar inimigos desta para melhor. Eis a lista:

Jon Snow -19

Barristan Selmy -14

Jorah Mormont - 11

Bronn - 10

Brienne - 8

Arya - 6

DOS LIVROS PARA A SÉRIE, O QUE MUDA?

Não faltam pontos de divergência entre a narrativa da série televisiva e a dos livros de George R.R. Martin. Eis uma dezena de coisas que acontecem no ecrã mas não no papel

1. A morte de Barristan Selmy
2. O contágio de Jorah Mormont com escamagris
3. A violação de Stansa Stark por Ramsay Bolton
4. A morte da princesa Myrcella em Dorne
5. A viagem de Jaime Lannister e Bronn a Dorne
6. O sacrifício ritual de Talyse, filha de Stannis Baratheon
7. A derrota do exército de Stannis em Winterfell
8. A batalha dos Selvagens e da Patrulha da Noite contra os mortos-vivos em Larduro
9. A morte de Talisa, mulher de Robb Stark, no Casamento Vermelho
10. A morte de Sandor Clegane, o Cão de Caça, em combate com Brienne de Tarth

Três continentes e três ilhas

Do ponto de vista dos locais de filmagem não há série mais mundializada que esta. De Calgary (Canadá) a Los Angeles (EUA), no que respeita à América do Norte. No sul de Espanha rodaram-se cenas passadas em Mereen, no país Dothrak e em Dorne. Porto Real tem cenários de Dubrovnik (Croácia) e Malta. Os bosques e as paisagens geladas onde opera a Patrulha da Noite são de ilhas: Islândia e Irlanda. Quanto às aventuras de Daenerys Targaryen na Baía dos Escravos em Astapor e Yunkai só podiam ter sido rodadas em Marrocos. Resumindo, três continentes (América do Norte, África e Europa) e três ilhas: Malta, Irlanda e Islândia.

  • Obama vai ser um dos primeiros a saber o destino de Jon Snow

    Há quase um ano que os fãs querem saber se o bastardo de Ned Stark está morto ou não. A espera está a chegar ao fim (faltam apenas 11 dias para a estreia da nova temporada da “Guerra dos Tronos”), mas quando se é o presidente dos EUA não é preciso esperar como o comum dos mortais

  • Game of Thrones: eles estão mesmo a gozar connosco

    Antes de ler, avisamos que há spoilers para quem não sabe (que será provavelmente ninguém) o que aconteceu a Jon Snow no último episódio que vimos de Game of Thrones. Agora vamos a isto: a produção da série lançou um teaser a promover a sexta temporada, está quase tudo concentrado no bastardo de Ned Stark e no fim acabam a gozar connosco

  • Quem ressuscita Jon Snow?

    A 5ª série da “Guerra dos Tronos”, cuja exibição terminou esta segunda-feira em Portugal, afasta-se cada vez mais da trama original do livro. E fá-lo com a concordância do autor… Alerta: SPOILERS, SPOILERS, SPOILERS