Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Steinway lança piano que toca sozinho através do iPad

  • 333

Através de um sistema hidráulico, mecânico e elétrico acoplado ao piano, o Spirio reproduz as execuções de 1700 artistas que vão da música clássica ao jazz

O novo piano da Steinway conseguirá, supostamente, milagres como o de fazer ressuscitar grandes virtuosos da música como Sergei Rachmaninoff e reproduzir as grandes execuções que ficaram para a história.

Apresentado como “a mais significativa inovação de produto dos últimos 70 anos”, a reputada marca Steinway anunciou o lançamento de Spirio, um piano que toca sozinho controlado por um iPad.

“No mercado atual, marcas como a nossa precisam de continuar a inovar para se manterem relevantes relativamente ao mundo em redor”, refere o comunicado de Michael Sweeney, CEO da Steinway.

Rachmaninoff e Billy Joel encontram-se entre os cerca de 1700 artistas do catálogo da Steinway, que é fornecido conjuntamente com o piano que terá a capacidade de reproduzir as suas obras. O catálogo vai desde a música clássica ao jazz, passando por outros géneros. Não se trata de uma mera reprodução das obras, mas antes de ver o piano a tocá-las, repetindo as execuções registadas.

O iPad comanda o piano através de um sistema hidráulico, mecânico e elétrico acoplado ao piano. Para além disso, o Spirio poderá ser também utilizado normalmente como qualquer outro piano.

A inovação surge após a reputada marca, famosa pelos pianos que constrói desde 1853, ter sido adquirida em 2013, por 512 milhões de euros, da empresa do fundo de investimento do milionário John Paulson.