Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

José Padilha vai transformar caso Petrobras em série

  • 333

DE VOLTA. O realizador brasileiro José PadillA

REUTERS

O cineasta brasileiro, realizador do filme “Tropa de Elite” e produtor-executivo de “Narcos”, está a desenvolver uma série de televisão sobre o Caso Petrobras. José Padilha falou sobre o novo projeto ao “Wall Street Journal”, mas desta vez o desafio será ainda maior do que nos filmes e séries que dirigiu até agora.

Este podia ser apenas mais um regresso ao mundo do crime já explorado noutras produções, mas a atualidade do tema ainda em investigação é um dos pontos de uma série capaz de mudar a forma como o exterior olha para este caso brasileiro. Apesar de toda a informação disponível sobre o assunto, foi preciso comparar o Caso Petrobras e a recente Operação Lava Jato ao caso norte-americano Watergate para ilustrar a real dimensão do problema.

Sobre a série, que promete “ser a melhor (…) do mundo”, Padilha revelou que “vai fazer com que “House of Cards” pareça algo real”. Ainda não são conhecidos quaisquer pormenores sobre o projeto, que poderá abarcar os 10 anos de investigação do Caso Petrobras ou centrar-se num período específico. Talvez seja esse o caminho, deixado em aberto pelo autor quando revelou o nome da série à revista “Veja”. “A título provisório, a série será chamada “Jet Wash””, avançou.

Embora a “Veja” tenha avançado que o projeto já teria sido vendido à Netflix, não houve ainda qualquer confirmação de que seja este o serviço de streaming responsável pela produção ou posterior distribuição da série. De acordo com as declarações do realizador, o acordo entre as partes já estará concluído, mas caso não houvesse interessados também não haveria qualquer problema. “Se ninguém estivesse interessado, eu avançaria para uma campanha de crowdfunding”, disse, confiante.