Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Daniel Craig troca Ian Fleming por Jonathan Franzen

  • 333
Fim da linha.Imagens podem não voltar a repetir-se: Craig está farto de “007”

Fim da linha.Imagens podem não voltar a repetir-se: Craig está farto de “007”

d.r.

O ator britânico, que nos últimos anos deu corpo ao agente 007, poderá não voltar a interpretar o papel. Por vontade de Craig, “Spectre” terá sido mesmo a sua última participação na saga criada por Ian Fleming no início da década de 1950. O ator disse em entrevista que “preferia cortar os pulsos” a ter de regressar à personagem. A verdade é que o contrato com a Sony continua ativo.

Desabafo? Recado? Ninguém sabe, mas é certo que agora Daniel Craig quer “descansar de 007” e dedicar-se à obra de Jonathan Franzen. “Purity”, lançado no último ano em forma de livro e editado em Portugal pela Dom Quixote, é o nome do novo projeto do ator. A obra está a ser adaptada para televisão e aquele que foi considerado um dos melhores trabalhos literários de 2015 é agora disputado por vários canais e serviços de streaming. O vencedor ainda não foi conhecido.

“Purity” terá 20 episódios e a adaptação do argumento está a cargo de Todd Field — que assinou com Franzen um argumento original chamado “In the Bedroom, Little Children” —, numa produção de Scott Rubin. De acordo com informações recolhidas pela “Variety, “o Showtime e a Netflix, assim como o FX e pelo menos três outras companhias” estão em conversações com os produtores para a compra do formato.

A versão final da série ainda não está fechada, mas a acreditar na obra original, trada da história de Pip Tyler, uma jovem que não sabe quem é, embora tenha a noção de que o seu verdadeiro nome é Purity. Aos 20 anos, e com um empréstimo universitário superior a 100 mil dólares por pagar, a rapariga — que vive com ocupas de Oakland e cuja relação com a mãe já viu melhores dias — , decide que é tempo de procurar o seu pai.

Quanto ao papel a interpretar na série, não existe ainda qualquer personagem atribuída a Daniel Craig, sendo ainda cedo para definir datas de estreia ou outras informações sobre a versão televisiva de “Purity”. Este é o primeiro projeto do ator britânico para televisão em solo norte-americano, embora o agora lembrado como James Bond tenha começado a carreira na televisão britânica.