Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Elton John prefere uma sala vazia a ter gente a pagar fortunas para ir vê-lo

  • 333

NATALIA KRAVCHUK / EPA

Ainda assim, o cantor agradece ao público que está disposto a pagar preços exorbitantes só para o poder ver ao vivo

O cantor britânico Elton John afirmou à BBC que prefere ver “lugares vazios” nos seus concertos do que ter fãs a pagarem cinco vezes mais que o preço original. O músico pediu aos seus fãs do Reino Unido para não comprarem bilhetes para os concertos, uma vez que considera que os valores estabelecidos são “vergonhosos”.

Elton John fixou o preço de 89 libras (122 euros) para o lugar mais caro da sua tour de 2016, em que apresentará o álbum “Wonderful Crazy Night”, que estará à venda dia 5 de fevereiro. No entanto, de acordo com a BBC, os preços que se encontram à venda variam entre as 71 libras (97 euros) e 470 libras (648 euros). A partir de janeiro, o músico atuará em vários países, incluindo Portugal.

Embora seja contra a quantia “exagerada” que foi determinada para os seus concertos, o cantor agradeceu ao público que está disposto a pagar esse preço só para o poder ver ao vivo. Mas também reforçou que seria melhor não gastarem o dinheiro.

Elton John é contra as agências e as plataformas online de venda de bilhetes, e de forma a combater o preço excessivo uniu-se a uma campanha que luta contra a pressão que as empresas exercem sobre os fãs. Não foi o único, dado que os Coldplay e a cantora Adele também já se juntaram a esta causa. O vocalista dos Coldplay, Chris Martin, até já escreveu uma carta aberta ao Governo inglês a reportar a situação.