Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

O novo Star Wars só estreia daqui a uma semana, mas já há gente na fila. “Não somos doidos”

  • 333

Kevork Djansezian/ Getty Images

Vão pela “camaradagem” e “oportunidade de ser parte da história cinematográfica”. Que a Força esteja com eles para aguentarem a espera

Faça as contas: quantos dias faltam para dia 17? Oito. Só então é que estreia o novo filme da saga “Star Wars”. Há fãs que levem isto mesmo a sério e já fazem fila à porta do Chinese Theater, em Los Angeles, para assistir ao “Despertar da Força”. E garantem: “Não somos doidos”.

Caroline Ritter, um australiana, já lá está desde sábado à tarde e não pensa em arredar pé. “Estamos na fila para o novo filme do Star Wars. Sim, ainda temos muito que esperar”, justificou ao “The New York Times”.

Os bilhetes, que foram colocados à venda há dois meses, estão esgotados para o fim de semana de estreia. A fila que ali se criou não é com certeza para comprar ingressos - mas então porque estão ali? “Pela tradição. À noite congelas e durante o dia cozinhas, mas venho pela camaradagem e a oportunidade de ser parte da história do cinema. Além disso, há tradições que devem ser respeitadas”, explica Erik Murillo, outro fã que está na fila e que chegou prevenido com roupa, tenda e comida.

Mas para alguns é mais do que estar apenas à espera. Um grupo de fãs, segundo o “The New York Times”, criou um website em parceria com a Starlight Children’s Foundation, uma associação solidária que ajuda crianças e jovens gravemente doentes. O objetivo é simples: angariar dinheiro, seja através da doação no local ou pelo envio de SMS.

A realização de ações como esta já era esperada, escreve o “The New York Times”. Os teatros tem estado preparados para receber filas gigantes, fãs antecipados e disfarces. As máscaras, pinturas faciais e armas espaciais não são permitidas.