Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Parque de diversões de Banksy será desmantelado e os materiais usados em abrigos para refugiados

  • 333

TOBY MELVILLE / Reuters

O anúncio foi feito pelo misterioso artista britânico no seu site pessoal

Luís M. Faria

Jornalista

"Dismaland", a obra de arte em forma de parque de diversões que o britânico Banksy instalou num espaço abandonado em Weston-super-Mare (em Somerset, no Reino Unido), vai ser desmantelado e os materiais enviados para um campo de refugiados em Calais, na costa francesa. O anúncio foi feito pelo próprio artista no seu site.

“A chegar brevemente… Dismaland Calais”, escreveu. “toda a madeira e equipamentos de Dismaland vão para o campo de refugiados Selva, próximo de Calais, para construir abrigos. Não há bilhetes online disponíveis”. A ‘Selva de Calais’ é na realidade um grupo de campos que ganharam essa alcunha pela confusão e as condições em que vivem muitos dos residentes, milhares de emigrantes e refugiados.

Com um “campo de treino anarquista”, um castelo de Cinderella incendiado e barcos de emigrantes, "Dismaland" tinha a participação de artistas convidados por Banksy e oriundos de vários países. A partir de 22 de agosto e durante as cinco semanas que esteve aberto, esteve sempre esgotado, com cerca de 150 mil visitantes no total. Agora, o show transfere-se, desfeito, para o outro lado do canal.