Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Manoel de Oliveira faz “parar” Lisboa

  • 333

Esta noite, a exibição do filme "Um século de energia" vai obrigar a um corte parcial de trânsito na Rotunda do Marquês de Pombal, entre 21h30 e as 23h30

Manoel de Oliveira pode já ter partido mas os seus filmes continuam a ser notícia. Esta sexta-feira, na fachada do edifício da EDP, em plena Praça do Marquês de Pombal, no centro de Lisboa, a cidade está convidada a assistir ao filme "Um século de energia", uma curta-metragem estreada em julho deste ano.

O filme de curta duração tem apenas 12 minutos, mas estará a passar em loop entre as 21h30 e as 23h00. A obra assinada pelo realizador falecido em abril deste ano, conta a história de como a eletricidade entrou na vida dos portugueses, usando outra curta-metragem de Oliveira, “Hulha Branca” como ponto de partida.

A exiibição da fita obrigará à limitação temporária da circulação automóvel na zona do Marquês. A Av. Joaquim António de Aguiar vai estar encerrada entre o troço da Rua Castilho e o Marquês de Pombal. E a rotunda do Marquês de Pombal estará reduzida a duas vias de circulação.

Este é mais um evento da campanha “um século de energia“ da EDP, através do qual a empresa diz pretender “homenagear a excelência das famílias, através do retrato de duas gerações de famílias reais - uma de bailarinas e outra de músicos.“ .