Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Kim Kardashian na capa da “Rolling Stone” põe redes sociais em chama

  • 333

A capa tem gerado controversa não só por Kim kardashian, como pelo "foco" nos atributos físicos da celebridade

Terry Richardson/Rolling Stone

Depois de em 2013 ter sido alvo de críticas por ter feito uma capa “glamorosa” com Dzhokar Tsarnev, o bombista de Boston, a icónica revista de música volta a ser muito atacada nas redes sociais

A edição de julho da “Rolling Stone” foi posta à venda esta quinta-feira, exibe na capa uma imagem exuberante de Kim Kardashian, e a controvérsia não tardou muito nas principais redes sociais.

Para além de muitos leitores indignados com o foco nos atributos físicos da socialite, também vários músicos vieram a terreiro expressar o seu descontentamento com a escolha de capa: Sinead O'Connor diz que a "música está morta"; e Paul Stanley, membro dos Kiss, também não se mostra muito contente porque a sua banda "demorou 40 anos a chegar à capa" da "Rolling Stone".

A verdade é que a internet já fez da capa deste mês da icónica revista de música uma fonte de entretenimento, troçando com o foco óbvio da imagem escolhida. Ora veja:

Facebook Sinead O'Connor

  • "Rolling Stone" faz capa com terrorista de Boston

    A foto de Dzhokhar Tsarnaev que faz a capa da "Rolling Stone" está a atear a polémica. Nas redes sociais chovem críticas de que dá uma imagem glamorosa do terrorista. Uma cadeia norte-americana já anunciou que não vai receber a revista.