Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

David Letterman Last Show. Sim, é mesmo o último

  • 333

O Presidente Barack Obama foi uma das inúmeras personalidades mundiais que passaram pelo "Late Show" apresentado por David Letterman

JIM WATSON / AFP / Getty Images

O apresentador norte-americano deixa esta quarta-feira a televisão. Os segredos do último episódio estão guardados a sete chaves, mas depois de receber Tom Hanks e Eddie Vedder na segunda-feira e Bill Murray e o lendário Bob Dylan na noite passada, a expectativa é grande. Quem será o derradeiro convidado de “Late Show” com Letterman ao comando?

O último “Late Show” com David Letterman vai para o ar esta quarta-feira, colocando um ponto final no formato que conduziu ao longo de 33 anos. Segue-se Stephen Colbert, mas nada será como dantes. A irreverência de Letterman alterou por completo a programação de fim de noite na televisão norte-americana.

Para percebermos a verdadeira dimensão desta mudança, há que começar pelos números. David Letterman apresentou 6028 programas deste formato televisivo de fim de noite. Tudo começou em 1982 na NBC (onde esteve durante 595 semanas), mudando-se para a CBS em 1993. Aí ficou até hoje (1135 semanas), data em que fecha definitivamente a cortina do Ed Sullivan Theater.

Dos quase 20 mil convidados que recebeu ao longo da carreira, Letterman recordará as histórias e a amabilidade com que as grandes personalidades da cultura e da política acediam aos seus convites. Sim, é o fim de uma era no entretenimento norte-americano e Tina Fey resume bem a importância do momento que vivemos: “Depois de o Dave se reformar, não ficará ninguém de quem possamos sentir medo.” A atriz e humorista considera que a partir de agora os talk shows noturnos serão muito mais simpáticos (e isto pode não ser um bom presságio).

Nesta semana de despedidas já houve um pouco de tudo. Na segunda-feira, David Letterman esteve com Tom Hanks e Eddie Vedder, que lhe dedicou um 'Better Man' acompanhado pela CBS Orchestra. 

Ontem, foi a vez de Bill Murray  — primeiro convidado dos programas de Letterman na NBC (a 1 de fevereiro de 1982) e na CBS (30 de agosto de 1993) —, que decidiu saltar de um bolo gigante, e de Bob Dylan, que também havia estado presente no episódio inaugural da CBS, onde cantou 'Forever Young'.

As despedidas começaram há já duas semanas, com entrevistas especiais com individualidades como o ex-Presidente Bill Clinton, Julia Roberts, George Clooney ou Oprah Winfrey. (Voltamos a Tina Fey apenas para dizer que a atriz lhe fez um strip em direto na sua última aparição no programa, que aconteceu na primeira semana deste mês).

Aos 68 anos a lenda do pequeno ecrã põe hoje termo a uma carreira de sucesso, sem que haja qualquer pista sobre quem serão os últimos a passar a noite com Letterman no Ed Sullivan Theater. Sabe-se que não será o primeiro convidado do programa, mas uma coisa é certa: o decano fora de horas nunca mais voltará ao espaço que habitou durante grande parte da sua carreira.

Em entrevista ao CBS Sunday Morning do último domingo, revelou que nunca mais regressará àquele edifício, considerando que a experiência seria demasiado dolorosa. Os fãs também acham doloroso ver o "Late Show" sem Letterman. Stephen Colbert sobe ao palco em setembro.

“Acho que nunca mais voltarei a entrar neste edifício.", revelou David Letterman em entrevista ao CBS Sunday Morning no último domingo

“Acho que nunca mais voltarei a entrar neste edifício.", revelou David Letterman em entrevista ao CBS Sunday Morning no último domingo

Lucas Jackson / Reuters