Siga-nos

Perfil

Expresso

Crónica

Ricardo Costa

Ricardo Costa

Diretor de Informação da SIC

Não foi um golpe, não é um golpe, mas vai sempre parecer um golpe

Lula da Silva durante encontro de membros do PT em janeiro

REUTERS/Leonardo Benassatto

A destituição de Dilma Rousseff foi a decisão mais estúpida da política brasileira. Com base num argumento ridículo (a chamada pedalada fiscal), os braços legislativo e judicial do sistema criaram um precedente político e jurídico que vai contaminar a política brasileira para sempre. A partir desse momento, qualquer Presidente passou a poder incorrer num processo de impeachment, sem estar acusado de nada ou sequer ser alvo da Justiça. Num sistema presidencialista, isto é o mesmo que comprar um bilhete permanente para uma viagem ao inferno.

Com a decisão de afastar Dilma sem razão e de manter Temer, o sistema brasileiro ficou estruturalmente fragilizado, num processo que tipicamente acabará num caos permanente ou num sistema autoritário.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)