16 de abril de 2014 às 14:08
Página Inicial  ⁄  Desporto  ⁄  Cristiano Ronaldo: Ferguson "é como um pai para mim"

Cristiano Ronaldo: Ferguson "é como um pai para mim"

Cristiano Ronaldo assinala os 25 anos de Alex Ferguson como treinador do Manchester United, realçando o papel do escocês no seu crescimento desportivo e pessoal.
Lusa
Cristiano Ronaldo destacou o papel de Alex Ferguson na sua evolução Getty Images Cristiano Ronaldo destacou o papel de Alex Ferguson na sua evolução

O futebolista português Cristiano Ronaldo considera Alex Ferguson "como um pai" e evidenciou, em declarações à Agência Lusa, o papel que o treinador escocês desempenhou na sua formação desportiva e pessoal.

A atual "estrela" do Real Madrid começou por referenciar a importância que teve na sua evolução o técnico do Manchester United, que celebra no domingo 25 anos no comando do clube, que orienta desde 06 de novembro de 1986.

"Conheci Sir Alex quando tinha 18 anos e, nesse período, em que eu era apenas um jovem inexperiente, ele foi fundamental no meu crescimento enquanto jogador, mas também foi importante na minha formação enquanto homem", disse à Lusa o "bi-Bota de Ouro".

Jogo duma vida


Cristiano Ronaldo caiu no "goto" de Alex Ferguson no jogo de inauguração do Estádio de Alvalade, a 06 de agosto de 2003, que o Sporting venceu por 3-1 e no qual o então "leãozinho" esteve em destaque pelas inúmeras e muito criativas iniciativas no corredor direito do seu ataque.

De tal forma que Cristiano Ronaldo, passados sete dias, assinou contrato pelo "colosso" britânico, numa transferência avaliada em 17,5 milhões de euros.

"O facto de o considerar como um pai é revelador do significado que desempenhou na minha vida", sublinhou "CR7", como também é conhecido no universo do futebol, tendo conquistado sob a "batuta" de Ferguson os títulos pessoais e coletivos da maior relevância, até ao momento.

"Aprendi muito do que hoje sou com ele


Ao serviço do Manchester United, o jogador português amealhou uma Liga dos Campeões (2007/08), três campeonatos da Inglaterra (06/07 a 08/09), duas Supertaças inglesas (05/06 e 08/09), duas Taças da Liga (06/07 e 07/08) e um Mundial de Clubes (2008).

Com a camisola do clube de Old Trafford, o mais famoso madeirense conquistou também o título de Melhor Jogador do Mundo em 2008, ano em que também embolsou a "Bota de Ouro", graças aos 31 golos marcados pelo UM -- também foi o melhor marcador da "Champions", com oito tentos.

A tudo isto não foi alheia a intervenção de Alex Ferguson, "alguém muito especial e muito carismático", segundo Cristiano Ronaldo.

"Aprendi muito do que hoje sou com ele e por isso lhe estarei eternamente reconhecido", confessou o jogador, que, do "alto" dos seus 26 anos, afirma com propriedade: "É uma referência na minha vida que jamais esquecerei". 

Comentários 0 Comentar
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub