23 de abril de 2014 às 23:57
Página Inicial  ⁄  Atualidade / Arquivo   ⁄  Contra a corrupção, ocupar, ocupar (fotogaleria)

Contra a corrupção, ocupar, ocupar (fotogaleria)

Aqui e ali, nos EUA e no Reino Unido, milhares de pessoas de todas as idades, mas sobretudo jovens, manifestam-se contra a atual conjuntura económica e política. 
Maria Luiza Rolim (www.expresso.pt)

O movimento dos indignados vai de Nova Iorque - palco dos ocupas de Wall Street, movimento que entrou na terceira semana sem perder força apesar da detenção, sábado, de 700 manifestantes, e que se tem estendido a outras cidades norte-americanas -, a Manchester, onde mais de 30.000 pessoas protestaram no passado domingo contra os cortes sociais adotados pelo Governo conservador do primeiro-ministro britânico David Cameron.

Aos movimentos contestatórios espontâneos contra os efeitos da crise, as desigualdades, a corrupção e a ganância empresarial - agora também em Boston, Chicago e San Francisco-, já se juntaram estruturas sindicais. Cada qual com a sua plataforma reivindicativa.

Uma onda de protesto que em quase tudo faz lembrar o movimento Geração à Rasca que em março levou 300 mil portugueses à Av. da Liberdade, em Lisboa, e serviu de exemplo para marchas semelhantes noutras cidades europeias.


Comentários 5 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Boa!..Ocupar o BPN e colocar este banco ao
serviço do desenvolvimwnto do País...Para isso deve ser nacionalizado...
WTF??
"e que se tem estendido a outras cidades norte-americanas -, a Manchester, onde mais de 30.000 pessoas protestaram no passado domingo contra os cortes sociais adotados pelo Governo conservador do primeiro-ministro britânico David Cameron."

Sério?!
Re: WTF?? Ver comentário
Re: WTF?? Ver comentário
Em Portugal é a censura
Em Portugal, os filhos-da-mãe donos das tvs mais os governos liberais/fascistas do psd/cds/ps, ocultam-nos todos os acontecimentos deste género para que não se alastre mais aqui. Chamam a isto democracia? Não era assim no tempo de Salazar/Caetano?
Estão mesmo a pedi-las. Já ontem era tarde.
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub