17
Anterior
Espanha: Ministro de Economia fala às 18h30
Seguinte
Irlanda quer as mesmas condições de Espanha
Página Inicial   >  Economia  >   Comboios parados este domingo

Comboios parados este domingo

Maquinistas e revisores da CP cumprem mais um dia de greve.

Os comboios vão estar parados em todo o país devido à greve de maquinistas e revisores marcada para o feriado de hoje, Dia de Portugal. 

De acordo com a porta-voz da CP, Ana Portela, a greve deverá ter o mesmo impacto da paralisação registada no feriado da passada quinta-feira (7 de junho), ou seja, "a supressão de 100 por cento dos comboios a nível nacional". 

O Sindicato Nacional de Maquinistas dos Caminhos de Ferro Portugueses (SMAQ) apresentou um pré-aviso de greve ao trabalho extraordinário e aos feriados entre 01 e 30 de junho, a que se associou na semana passada o Sindicato Ferroviário da Revisão Comercial e Itinerante (SFRCI), que representa os revisores e trabalhadores das bilheteiras da CP. 

Ambas as estruturas sindicais contestam, sobretudo, o corte nos vencimentos dos trabalhadores levados a cabo pela administração da CP que, por seu lado, diz estar apenas a cumprir a lei do Orçamento do Estado para 2012. 


Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 17 Comentar
ordenar por:
mais votados
ATÉ QUANDO ISTO VAI CONTINUAR?
Será que estes senhores ainda não conseguiram ver que só estão a prejudicar o utente! Afinal quem lhes paga os ordenados! Antes do 25 de Abril houve uma greve da Carris, mas em vez de pararem os autocarros, fizeram melhor, não cobraram bilhetes, e aí sim prejudicaram a entidade patronal!
O problema está nos contratos que se fazem!
rediculo
o governo devia fazer requizição civil estes preveligiados comandados pela cgtp-in braço do pcp.só prejudicam o utente.
deviam ser demitidos e haver sempre serviços minimos
Mais um rombo
Mais um rombo nas despesas publicas e na miseria instalada na CP.
Uma derrota para Arménio, para os trabalhadores e para a CP.
Possivelmente mais uns desempregados num futuro próximo?
Alteração de contratos para todos incluindo EDP...
Chulos!
Salário de um maquinista da CP: acima de 50.000 euros
Numero de subsidios adicionais: 18
Cada vez que um maquinista da CP termina um período completo de trabalho recebe um prémio. Cada vez que conduz, manobra ou faz o acompanhamento de comboio tem direito a um abono. Se o seu trabalho estiver organizado por escalas e turnos, há mais um subsídio. No fim do ano, se cumprir 200 ou menos dias completos de trabalho, ganha outro prémio atribuído em três tranches. Ao fim de cinco anos de casa, conquista um aumento no vencimento, apenas para referir alguns.
Se eu mandasse na CP, contraria mais maquinistas e começava a limpar esta corja de chulos que paira sobre a CP (e aproveitava para mandar a Relações Publicas para o desemprego).
a CP é um mais um exemplo de que estamos todos a borrifar para o bem do país e só pensamos na nossa barriga. Pode ser que um dia feche e os maquinistas vão depois fazer greve para as berlengas.
Qunato ganha o MEXIA e o CATROGA?
Avisar apenas
P.f. avisar quando estão em funcionamento. Dias e horas, pois os horários da CP já só são indicados. Além disso, evitava-se a despesa dos passes.
Enfim, parados já não são notícia!
O meu voto ...
Para o governante que tiver a coragem de sanear a CP! Estou FARTO das greves destes privilegiados! Estou FARTO da arrogância destes senhores! Estou cansado de pagar os privilégios dos empregados de uma empresa que dá milhões de prejuizo todos os anos! Acabem com a CP, privatizem-na, vendam-na ao desbarato! Não me importa! Só quero ver-me livre destes senhores!
Re: O meu voto ...
Olho darua...
Estes gajos estão a brincar com o fogo. Deixam milhares de pessoas em terra, que precisam de trabalhar para sobreviver, fazendo greves a torto e a direito.
Eu proponho que a CP comece a formar pessoal para conduzir comboios e contratá-lo exactamente nas mesmas condições do sector privado, e de seguida fazer um despedimento colectivo do pessoal da CP que alinhou nas greves.
Estes "grevistas" depois que vão trabalhar para a lavoura que é o que eles estão a precisar.
Eo resto EDP, PT, GALP, LUSOPONTE...
Têm de começar a cobrar...
Parece que um dia destes, temos de começar a cobrar bilhete para ir no comboio... Será que no final do ano, contabilizando os dias de greve, poderei pedir uma indemnização ao Sindicato dos Maquinistas e "Picas" pelos dias em que não pude ir trabalhar, e tinha o passe pago?
Greve
Estes são os Srs sempre em greve. Estes, os da TAP, os da Carris, os do Metro Lx e Prt, os STCP. será coincidencia o lider da Intersindical ser militante do PCP? E os trabalhadores de que tanto falam e são prejudicados e muito, ninguém fala? Ninguém pede desculpa? Privatização já para estes parasitas!
A electricidade combustiveis caros não prejudicam?
Re: A electricidade combustiveis caros não prejudi
Re: A electricidade combustiveis caros não prejudi
Comentários 17 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub