Anterior
Referências a José Sócrates no julgamento Freeport
Seguinte
Lusoponte: Estradas de Portugal desrespeitou contrato
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Coca-Cola e Pepsi contêm substância cancerígena

Coca-Cola e Pepsi contêm substância cancerígena

Análises químicas provam que "corante caramelo" pode provocar cancro. Fabricante nos EUA admite alterar fórmula "secreta" desses refrigerantes.
Discovery e CSPI |
Receita "secreta" leva substância cancerígena
Receita "secreta" leva substância cancerígena / Ana Baião

Afinal, como se suspeitava, a Coca-Cola e a Pepsi podem ser prejudiciais à saúde. O "corante caramelo" apontado como um dos ingredientes desses refrigerantes não é um inofencivo produto "natural" à base de açúcar caramelizado, mas sim um composto químico conhecido como 4-MEI ou 4-MI (4-methylimidazole) potencialmente cancerígeno, denunciou o Center for Science in the Public Interest (CSPI), o organismo público de defesa do consumidor nos EUA com sede em Washington.

O 4-MEI é um corante orgânico sintético idêntico ao natural, obtido pelo processo de sulfito de amónia, utilizado para dar a coloração escura aos refrigerantes. Experiências em animais demonstraram que pode provocar cancro.

Um comunicado à imprensa divulgado pelo CSPI refere que análises químicas em amostras de Coca-Cola e Pepsi revelaram níveis muito elevados do corante cancerígeno nos refrigerantes. Entre 145 a 153 microgramas (de 4-MEI) em latas de Pepsi; 142 a 146 microgramas em latas de Cola; e 103 e 113 microgramas em latas de Diet Coke. 

Na Califórnia, produtos que contenham acima de 29 microgramas de 4-MEI devem ser rotulados advertindo que podem provocar cancro. Com base no modelo de risco adoptado na Califórnia, a CSPI estima que o corante caramelo encontrado nas amostras de Coca-Cola e Pepsi é responsável por cerca de 15.000 casos de cancro na população norte-americana.

"Coloração cosmética"


A CSPI já pediu à Food and Drug Administration (FDA, organismo norte-americano que controla os medicamentos e os alimentos) para proibir o corante. Na Califórnia, o composto químico faz parte da lista de substâncias reconhecidamente cancerígenas.

A CSPI alerta que os mais jovens, com menos de 20 anos, são os mais vulneráveis, por consumirem grandes quantidades de refrigerantes, além de serem mais susceptíveis ao cancro do que as pessoas mais velhas.

A FDA, que está a analisar o pedido da CSPI, diz que seria preciso uma pessoa beber, diariamente, 1000 latas de Coca ou Pepsi para contrair cancro. 

O diretor-executivo do CSPI discorda da FDA. Numa conferência de imprensa, Michael Jacobson afirmou que corantes cancerígenos não podem, pura e simplesmente, fazer parte da cadeia dos alimentos, tanto mais que são apenas cosméticos. 

"A Coca-Cola e a Pepsi, com a aquiescência da FDA, estão desnecessariamente expondo milhões de norte-americanos a um químico que provoca cancro", disse. "A coloração é apenas cosmética, não acrescenta sabor", de modo que o 4-MI pode perfeitamente ser substituído sem prejuízos para o produto. Por outro lado, a FDA precisa proteger os consumidores proibindo esse corante", enfatizou o diretor executivo do CSPI.

Corante quimicamente modificado   


Confrontada com os resultados das análises químicas, a Coca-Cola e a Pepsi disseram à CSPI que vão alterar a quantidade do corante nos refrigerantes vendidos nos EUA.

Numa entrevista à Rádio Pública Nacional, a porta-voz da Coca-Cola, Diana Garza Ciarlante, afirmou que embora os produtos nunca tenham oferecido perigo para a saúde, a empresa tomou a decisão de reduzir a quantidade de 4-MEI nos refrigerantes vendidos na Califórnia, devendo estender a medida ao resto do país.

A American Beverage Association, que representa a indústria de bebidas norte-americana, por sua vez, publicou na sua página na Internet um comunicado a dizer que "a ciência simplesmente não prova que o 4-MEI em bebidas ou alimentos representa uma ameaça à saúde humana".

O CSPI pediu ainda à FDA que o 4-MEI ou 4-MI passe a chamar-se "corante caramelo quimicamente modificado" ou "corante caramelo por processo de sulfito de amónia", e que nenhum produto possa ser chamado de "natural" se contiver a susbstância.


Opinião


Multimédia

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 33 Comentar
ordenar por:
mais votados
É só pensar
que os dois fabricantes vão rever o tal corante, para perceber que estavam cientes do perigo. Ou seja, nesse nosso sistema liberal de comércio, o ato de consumir cega até para possíveis prejuízos à saúde. Aliás, convém lembrar que há um livro escrito por Randall Fitzgerald, "The Hundred-Year Lie", sobre os cem anos de mentira dos químicos de toda a sorte, que estão destruindo nossa saúde, em nome do progresso e do lucro. É bom que leiam, há edição em português. Rio Grande
O Salazar é que sabia o motivo de as PROIBIR !
Re: O Salazar é que sabia o motivo de as PROIBIR !
Re: O Salazar é que sabia o motivo de as PROIBIR !
Vinho tinto à mesa...

bebido com moderação
alegra a alma e preserva o coração...
So what?
Respirar provoca cancro! E mata!

Conheço velhos com 90 anos, que bebem Coca-Cola há 80 anos!
Re: So what?
Re: So what?
Re: So what?
Re: So what?
Re: So what?
Re: So what?
Desde o 25
Que esta democracia tem tido muitos corantes?
Têm um bom remédio!
Num país da Europa do Sul, que mal se sabe governar, inventaram há algumas décadas um refrigerante bastante mais saudável:

o Sumol!
Não é apenas a Coca-Cola e a Pepsi que fazem mal
Quase todos os produtos que consumimos hoje em dia contém substâncias cancerígenas. Qualquer consumidor que se dê ao trabalho de ler os rótulos daquilo que compra, e a pesquisar a origem do que consome se dá conta que se fossemos a remover das prateleiras dos supermercados tudo aquilo que faz mal, restava muito pouco. Até as laranjas europeias contém substâncias cancerígenas proibidas nos EUA. Quando chegamos ao ponto de os frutos poderem fazer mal à saúde, é porque algo está muito errado. A ganância do sector agro-alimentar não conhece limites.
Re: Não é apenas a Coca-Cola e a Pepsi que fazem m
a confirmar-se...
a agua suja do imperialismo
é pior que o difundido pelos comunas URSS.
A confirmar-se tal substância,
Deveria constar do rotulo em letras garrafais, CONSUMIR COCA COLA / PEPSI PODE MATAR!!!
Re: A confirmar-se tal substância,
Re: A confirmar-se tal substância,
fui só eu que vi...
há 2 ou 3 anos vi numa reportagem na TV, talvez RTP, que o Redbull tem um componente cancerigeno... nunca mais ouvi falar de nada...
Que mal há? A Pepsi usa também células...
de fetos humanos mortos:
http://www.lifesitenews.c... l-cell-lines-in-fl/
Corante caramelo!!
Se pega em moda a (Center for science in the public interest) CSPI, em fazer valer o seus direitos em defesa do consumidor nos EUA, vai fazer parecer que está como as agencias de rating, quando avaliam os paises da Eeuropa e só se ouve dizerem que baixaram os niveis, alguns até a lixo. Já agora porque só nos EUA a proibição? Que eu saiba em todo o mundo se bebe coca-cola. Eu sou uma adepta incondicional da coca-cola zero, se vou partir mais cedo devido ao refrigerante, bom só tenho a dizer que vou satisfeita.
Re: Corante caramelo!!
Re: Corante caramelo!!
Onde é que já vi isto!!!
Ah!!! foi há uns anitos bons, quando esta "conversa" sobre os produtos cancerígenos, tevve lugar contra o tabaco...
Nessa altura (já lá vão pelo menos 45 anos) dizia-se que viver em TÓQUIO era mais prejudicial à saúde que fumar (500!!!???) cigarros por dia!!!!!!!

Dizem que a Coca Cola até é usada para tirar a ferrugem das correntes das bicicletas...

è o que dizem!!!

Eu cá por mim, fumei durante mais de 40 anos... nunca fui consumidor de Cocas nem Pepsis (até eram proibidas em Portugal, mas não na àfrica portuguesa da altura....), em MOÇAMBIQUE onde vivi os melhores 9 anos da minha vida e onde nasceram os meus filhos (são COCA-COLAS, por terem nascido em Lourenço Marques - clínica do Alto Mahe ) até os médicos mandavam beber um whisky por dia com CocaCola, que evitava a malária!!!???
Nessa altura tambem bebi alguns com Coca, mas preferi sempre ao natural ou com água lisa para tirar a sede.... (uma garrafa de 1 litro custava 50$00 de moçambique)....

Bons tempos (não só pela vida de lá mas pelos meus ricos 25-30 anos!!!! querias!!!???)
Re: Onde é que já vi isto!!!
Vamos voltar à primária...
"O "corante caramelo" apontado como um dos ingredientes desses refrigerantes não é um inofencivo produto "natural" à base de açúcar caramelizado..."

um produto que não é "inofencivo" é o quê?
Re: Vamos voltar à primária...
Que podia provocar o cancro, sabiam eles!
Enquanto o pau vai e vem, folgam as costas! Este, é um problema igual ao das tabaqueiras, quando vieram , nos anos 50, com o filtro: foi pior a emenda que o soneto. Este é o comércio da globalização.
Pequena correção
Ofensivo é com S, não com C.
Bem apanhado...
Comentários 33 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub