Anterior
Referências a José Sócrates no julgamento Freeport
Seguinte
Lusoponte: Estradas de Portugal desrespeitou contrato
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >  Coca-Cola e Pepsi contêm substância cancerígena

Coca-Cola e Pepsi contêm substância cancerígena

Análises químicas provam que "corante caramelo" pode provocar cancro. Fabricante nos EUA admite alterar fórmula "secreta" desses refrigerantes.
Discovery e CSPI |
Receita "secreta" leva substância cancerígena
Receita "secreta" leva substância cancerígena / Ana Baião

Afinal, como se suspeitava, a Coca-Cola e a Pepsi podem ser prejudiciais à saúde. O "corante caramelo" apontado como um dos ingredientes desses refrigerantes não é um inofencivo produto "natural" à base de açúcar caramelizado, mas sim um composto químico conhecido como 4-MEI ou 4-MI (4-methylimidazole) potencialmente cancerígeno, denunciou o Center for Science in the Public Interest (CSPI), o organismo público de defesa do consumidor nos EUA com sede em Washington.

O 4-MEI é um corante orgânico sintético idêntico ao natural, obtido pelo processo de sulfito de amónia, utilizado para dar a coloração escura aos refrigerantes. Experiências em animais demonstraram que pode provocar cancro.

Um comunicado à imprensa divulgado pelo CSPI refere que análises químicas em amostras de Coca-Cola e Pepsi revelaram níveis muito elevados do corante cancerígeno nos refrigerantes. Entre 145 a 153 microgramas (de 4-MEI) em latas de Pepsi; 142 a 146 microgramas em latas de Cola; e 103 e 113 microgramas em latas de Diet Coke. 

Na Califórnia, produtos que contenham acima de 29 microgramas de 4-MEI devem ser rotulados advertindo que podem provocar cancro. Com base no modelo de risco adoptado na Califórnia, a CSPI estima que o corante caramelo encontrado nas amostras de Coca-Cola e Pepsi é responsável por cerca de 15.000 casos de cancro na população norte-americana.

"Coloração cosmética"


A CSPI já pediu à Food and Drug Administration (FDA, organismo norte-americano que controla os medicamentos e os alimentos) para proibir o corante. Na Califórnia, o composto químico faz parte da lista de substâncias reconhecidamente cancerígenas.

A CSPI alerta que os mais jovens, com menos de 20 anos, são os mais vulneráveis, por consumirem grandes quantidades de refrigerantes, além de serem mais susceptíveis ao cancro do que as pessoas mais velhas.

A FDA, que está a analisar o pedido da CSPI, diz que seria preciso uma pessoa beber, diariamente, 1000 latas de Coca ou Pepsi para contrair cancro. 

O diretor-executivo do CSPI discorda da FDA. Numa conferência de imprensa, Michael Jacobson afirmou que corantes cancerígenos não podem, pura e simplesmente, fazer parte da cadeia dos alimentos, tanto mais que são apenas cosméticos. 

"A Coca-Cola e a Pepsi, com a aquiescência da FDA, estão desnecessariamente expondo milhões de norte-americanos a um químico que provoca cancro", disse. "A coloração é apenas cosmética, não acrescenta sabor", de modo que o 4-MI pode perfeitamente ser substituído sem prejuízos para o produto. Por outro lado, a FDA precisa proteger os consumidores proibindo esse corante", enfatizou o diretor executivo do CSPI.

Corante quimicamente modificado   


Confrontada com os resultados das análises químicas, a Coca-Cola e a Pepsi disseram à CSPI que vão alterar a quantidade do corante nos refrigerantes vendidos nos EUA.

Numa entrevista à Rádio Pública Nacional, a porta-voz da Coca-Cola, Diana Garza Ciarlante, afirmou que embora os produtos nunca tenham oferecido perigo para a saúde, a empresa tomou a decisão de reduzir a quantidade de 4-MEI nos refrigerantes vendidos na Califórnia, devendo estender a medida ao resto do país.

A American Beverage Association, que representa a indústria de bebidas norte-americana, por sua vez, publicou na sua página na Internet um comunicado a dizer que "a ciência simplesmente não prova que o 4-MEI em bebidas ou alimentos representa uma ameaça à saúde humana".

O CSPI pediu ainda à FDA que o 4-MEI ou 4-MI passe a chamar-se "corante caramelo quimicamente modificado" ou "corante caramelo por processo de sulfito de amónia", e que nenhum produto possa ser chamado de "natural" se contiver a susbstância.


Opinião


Multimédia

Quase ninguém ficou em casa

Foi num 25 de Abril como o deste sábado, mas há 40 anos e numa liberdade então recentemente tomada: a 25 de Abril de 1975, Portugal testemunhou as primeiras eleições livres e universais após quase meio século de ditadura. Estas são as histórias, os retratos, os apelos e as memórias de um tempo que mudou o rosto do país.

Edwin. O rapaz que aprendeu a sonhar

O que Edwin sabia sobre a vida era sobreviver. Na cabeça dele não cabiam sonhos e os dias eram passados à procura de comida para ele e para a mãe e para o irmão. A fome espreitava nos cantos da barraca de palha no Quénia e ele escondia-se dela como podia - chupar as pedras era uma forma de a enganar. Mas a sorte dele mudou porque alguém viu nele outra coisa. E tudo começou numa dança. Agora, os mesmos dedos que agarravam as pedras tocam hoje teclas de um piano Bechstein. E os pés dele já não estão nus mas calçados. Com chuteiras. Primeiro no Benfica, agora no Estoril, o miúdo de 15 anos que fala como gente grande descobriu que tinha um sonho: ser futebolista. Como Drogba.

26 mil esferográficas, 14 mil urnas e 760 quilos de lacre. Os números de uma eleição histórica

Mais de mil caixas de lacre foram usadas pelas secções de voto que por todo o país, no dia 25 de abril de 1975, recolheram os boletins de milhões de eleitores. O Expresso percorreu os quatro mapas de despesas das eleições para a Assembleia Constituinte, elaborados pelo STAP, para saber quanto dinheiro esteve envolvido, onde e como foi gasto. Cada valor em escudos foi convertido para euros a preços correntes, tendo em conta a inflação. 

Todas as ilhas têm a sua nuvem

Raul Brandão chamou-lhe 'A Ilha Branca'. Como viajante digo que tem um verde diferente das outras oito que com ela formam o arquipélago dos Açores. É tenra, mansa, repousante e simultaneamente desafiante. Esconde segredos como a lenda da Maria Encantada e um vulcão florestado a meio do século passado que nos transporta para uma dimensão sulfurosa e mágica. Obrigatória para projetos de férias de natureza.

Em três quartos de hora não se esquece só a idade. "Esquece-se o mundo"

Maria do Céu dá três voltas ao lar sempre que pode. Edviges vai a todos os velórios, faz hidroginástica e sopas de letras. António dá um apoio na Igreja e nos escuteiros. Tudo é uma ajuda para passar os dias quando se tornam todos iguais. No Pinhal Interior Sul, a região mais envelhecida da União Europeia, quase um terço da população tem mais de 65 anos. Os mais velhos ficaram, os mais novos partiram.

Profissão: Sniper

O Expresso foi ver como são selecionados, que armas usam, para que missões estão preparados os snipers da Força de Operações Especiais do Exército. São uma elite dentro da elite. Um pelotão restrito. Anónimo. Treinam diariamente com um único objetivo: eliminar um alvo à primeira, mesmo que esteja a centenas de metros. Humano ou material. Sem dramas morais, dizem.

Xarém com conquilhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione com esta nova receita.

O que se passa dentro da cabeça dele

O que leva um tipo a quem iam amputando uma perna a regressar ao sítio onde os ossos se desfizeram, uma e outra vez, e testar os limites do seu corpo? Resposta: a busca pelo salto perfeito, que ele diz existir dentro dele e que ele encontrará mais dia menos dia. É a fé e a confiança que o movem e o levam a pular para lá do que é exigido a um campeão olímpico e mundial que não tem mais nada a provar a ninguém - a não ser a ele próprio. Este é um trabalho que publicámos em agosto de 2014, quando o saltador se preparava para os Europeus e falava das metas que tinha traçado para 2015 e 2016: mostrar que não estava acabado. Sete meses depois, provou-o no Europeu de pista coberta em Praga, onde venceu este fim de semana.

Amadeu, que aprendeu o mundo no campo e tinha o coração na ponta dos dedos

Em Portugal, a dedicação à língua mirandesa tem nome próprio: Amadeu Ferreira, o jurista da CMVM que - quando todos diziam que "era uma loucura impossível" - arranjou tempo para traduzir "Os Lusíadas", a "Mensagem", os quatro Evangelhos da Bíblia e ainda duas aventuras do Asterix para uma língua que pertence a um cantinho do nordeste português e é falada por menos de 15 mil pessoas. No final de 2014 deu ao Expresso aquela que viria a ser a sua última entrevista. Morreu no passado domingo e esta quinta-feira foi lançada a sua biografia, "O fio das lembranças", com quase 800 páginas.

Temos 16 imagens que não explicam o mundo, mas que ajudam a compreendê-lo

O júri do World Press Photo queria dar o prémio maior da edição deste ano (e talvez das edição todas) a uma fotografia com "potencial para se tornar icónica". A primeira imagem desta fotogaleria, por ser "esteticamente poderosa" e "revelar humanidade", é o que o júri procurava. A fotografia de um casal homossexual russo, a grande vencedora, é a primeira de 16 imagens de uma seleção onde há Messi desolado, migrantes em condições indignas no Mediterrâneo, a aflição do ébola, mistérios afins e etc - são os contrastes do mundo.

Vamos falar de sexo. Seis portugueses revelam tudo o que lhes dá prazer na cama

Neste primeiro episódio de uma série que vai durar sete semanas, seis entrevistados falam abertamente sobre aquilo que lhes dá mais satisfação na intimidade. Sexo em grupo, sexo na gravidez, prazer sem orgasmo e melhor sexo após a menopausa são alguns dos temas referidos nos testemunhos desta semana. O psiquiatra Francisco Allen Gomes explica ainda a razão de muitas mulheres fingirem o orgasmo. O Expresso e a SIC falaram com 33 portugueses que deram a cara e o testemunho de como são na cama. Ao longo das próximas sete semanas, contamos-lhe tudo.

Elvis. Gostamos ou não gostamos?

Ele não é consensual, mas é incontornável. Dispunha de penteado majestoso e patilha marota, aparentava olhar matador e pose atrevida. E deixou canções: umas fáceis e outras nem tanto, por vezes previsíveis e às vezes inesperadas, ora gentis ora aceleradas. E ele, Elvis, nasceu em janeiro de 1934 - há precisamente 40 anos, ao oitavo dia. Temos quatro textos sobre o artista: Nicolau Santos, Rui Gustavo, Nicolau Pais e João Cândido da Silva explicam o que apreciam, o que toleram e o que não suportam.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Desfile de vedetas

Saiba tudo sobre os modelos concorrentes ao Carro do Ano 2015/Troféu Essilor Volante de Cristal. Conheça o essencial sobre os 20 automóveis participantes nesta iniciativa, da estética, às características técnicas, do preço ao consumo. A apresentação ficará completa no dia 3 de janeiro.


Comentários 33 Comentar
ordenar por:
mais votados
É só pensar
que os dois fabricantes vão rever o tal corante, para perceber que estavam cientes do perigo. Ou seja, nesse nosso sistema liberal de comércio, o ato de consumir cega até para possíveis prejuízos à saúde. Aliás, convém lembrar que há um livro escrito por Randall Fitzgerald, "The Hundred-Year Lie", sobre os cem anos de mentira dos químicos de toda a sorte, que estão destruindo nossa saúde, em nome do progresso e do lucro. É bom que leiam, há edição em português. Rio Grande
O Salazar é que sabia o motivo de as PROIBIR !
Re: O Salazar é que sabia o motivo de as PROIBIR !
Re: O Salazar é que sabia o motivo de as PROIBIR !
Vinho tinto à mesa...

bebido com moderação
alegra a alma e preserva o coração...
So what?
Respirar provoca cancro! E mata!

Conheço velhos com 90 anos, que bebem Coca-Cola há 80 anos!
Re: So what?
Re: So what?
Re: So what?
Re: So what?
Re: So what?
Re: So what?
Desde o 25
Que esta democracia tem tido muitos corantes?
Têm um bom remédio!
Num país da Europa do Sul, que mal se sabe governar, inventaram há algumas décadas um refrigerante bastante mais saudável:

o Sumol!
Não é apenas a Coca-Cola e a Pepsi que fazem mal
Quase todos os produtos que consumimos hoje em dia contém substâncias cancerígenas. Qualquer consumidor que se dê ao trabalho de ler os rótulos daquilo que compra, e a pesquisar a origem do que consome se dá conta que se fossemos a remover das prateleiras dos supermercados tudo aquilo que faz mal, restava muito pouco. Até as laranjas europeias contém substâncias cancerígenas proibidas nos EUA. Quando chegamos ao ponto de os frutos poderem fazer mal à saúde, é porque algo está muito errado. A ganância do sector agro-alimentar não conhece limites.
Re: Não é apenas a Coca-Cola e a Pepsi que fazem m
a confirmar-se...
a agua suja do imperialismo
é pior que o difundido pelos comunas URSS.
A confirmar-se tal substância,
Deveria constar do rotulo em letras garrafais, CONSUMIR COCA COLA / PEPSI PODE MATAR!!!
Re: A confirmar-se tal substância,
Re: A confirmar-se tal substância,
fui só eu que vi...
há 2 ou 3 anos vi numa reportagem na TV, talvez RTP, que o Redbull tem um componente cancerigeno... nunca mais ouvi falar de nada...
Que mal há? A Pepsi usa também células...
de fetos humanos mortos:
http://www.lifesitenews.c... l-cell-lines-in-fl/
Corante caramelo!!
Se pega em moda a (Center for science in the public interest) CSPI, em fazer valer o seus direitos em defesa do consumidor nos EUA, vai fazer parecer que está como as agencias de rating, quando avaliam os paises da Eeuropa e só se ouve dizerem que baixaram os niveis, alguns até a lixo. Já agora porque só nos EUA a proibição? Que eu saiba em todo o mundo se bebe coca-cola. Eu sou uma adepta incondicional da coca-cola zero, se vou partir mais cedo devido ao refrigerante, bom só tenho a dizer que vou satisfeita.
Re: Corante caramelo!!
Re: Corante caramelo!!
Onde é que já vi isto!!!
Ah!!! foi há uns anitos bons, quando esta "conversa" sobre os produtos cancerígenos, tevve lugar contra o tabaco...
Nessa altura (já lá vão pelo menos 45 anos) dizia-se que viver em TÓQUIO era mais prejudicial à saúde que fumar (500!!!???) cigarros por dia!!!!!!!

Dizem que a Coca Cola até é usada para tirar a ferrugem das correntes das bicicletas...

è o que dizem!!!

Eu cá por mim, fumei durante mais de 40 anos... nunca fui consumidor de Cocas nem Pepsis (até eram proibidas em Portugal, mas não na àfrica portuguesa da altura....), em MOÇAMBIQUE onde vivi os melhores 9 anos da minha vida e onde nasceram os meus filhos (são COCA-COLAS, por terem nascido em Lourenço Marques - clínica do Alto Mahe ) até os médicos mandavam beber um whisky por dia com CocaCola, que evitava a malária!!!???
Nessa altura tambem bebi alguns com Coca, mas preferi sempre ao natural ou com água lisa para tirar a sede.... (uma garrafa de 1 litro custava 50$00 de moçambique)....

Bons tempos (não só pela vida de lá mas pelos meus ricos 25-30 anos!!!! querias!!!???)
Re: Onde é que já vi isto!!!
Vamos voltar à primária...
"O "corante caramelo" apontado como um dos ingredientes desses refrigerantes não é um inofencivo produto "natural" à base de açúcar caramelizado..."

um produto que não é "inofencivo" é o quê?
Re: Vamos voltar à primária...
Que podia provocar o cancro, sabiam eles!
Enquanto o pau vai e vem, folgam as costas! Este, é um problema igual ao das tabaqueiras, quando vieram , nos anos 50, com o filtro: foi pior a emenda que o soneto. Este é o comércio da globalização.
Pequena correção
Ofensivo é com S, não com C.
Bem apanhado...
Comentários 33 Comentar

Últimas

Receba a nova Newsletter
Ver Exemplo

Pub