17 de abril de 2014 às 19:26
Página Inicial  ⁄  Atualidade / Arquivo   ⁄  Clint Eastwood contra Barack Obama

Clint Eastwood contra Barack Obama

Realizador de 82 anos anunciou que vai votar em Mitt Romney, candidato republicano às presidenciais nos EUA, porque "o país precisa de um impulso".
Mariana Cabral (www.expresso.pt)com agências
Realizador norte-americano tem 82 anos Getty Realizador norte-americano tem 82 anos

Clint Eastwood anunciou ontem à noite o seu apoio à candidatura do republicano Mitt Romney às presidenciais norte-americanas, num evento de angariação de fundos em Sun Valley.

"Acho que o país precisa de um impulso", disse o ator e realizador norte-americano, em declarações à agência AP, durante o evento privado, para o qual 325 convidados pagaram até 25 mil dólares (20 mil euros) para entrarem.

Em fevereiro, Clint Eastwood disse à Fox News que não estava a apoiar nenhum candidato e mais tarde garantiu não estar "politicamente afiliado" ao presidente Barack Obama.

"Agora mais do que nunca precisamos do Governador Romney. Eu vou votar nele", disse Clint Eastwood aos apoiantes do candidato republicano.

O realizador disse ter visto pela primeira vez Romney no Massachusetts, em cartazes publicitários de campanha, durante as gravações do filme "Mystic River", quando o republicano concorria ao cargo de governador daquele Estado.

"Pensei, é demasiado bonito para ser governador, mas parece que poderia ser presidente", disse Eastwood, ontem, ao lado de Romney, acrescentando que, à medida que os anos passaram, começou a "pensar cada vez mais nisso".

O realizador de 82 anos disse esperar que Romney restaure "um sistema fiscal decente para que haja justiça e para que as pessoas não se enfrentem por causa de quem paga e quem não paga impostos".

Romney "ganhou o dia"


Mitt Romney mostrou-se obviamente satisfeito com as palavras de Eastwood, dizendo que já tinha "ganho o dia" com a manifestação de apoio.

Clint Eastwood tornou-se assim na principal celebridade a apoiar a candidatura de Romney, que também conta com o apoio do ator Jon Voight, pai de Angelina Jolie, e do cantor Kid Rock.

A equipa de Romney não sabe, para já, se Eastwood terá ou não um papel ativo na campanha do candidato republicano, explica a AP.

Morgan Freeman apoia Obama


Recentemente o ator Morgan Freeman manifestou apoio à campanha de Barack Obama, atual presidente e candidato democrata às presidenciais.

O ator 'oscarizado' dou um milhão de dólares (814 mil euros) à campanha, pelo "trabalho excelente [de Barack Obama] em circunstâncias historicamente difíceis".

 

Comentários 19 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Não sei
se a casa vai pegar fogo com o apoio de Eastwood. Rio Grande
Embora...
... apoie Obama, não gosto de ver estes dois homens, actores lendários, metidos em política. É pena.
Idades...
Com a idade voltamos a ficar como as crianças,pelo menos tenho ouvido dizer... Será o caso do fantástico actor, assim parece... Que pena, siga a dança para o abismo...
Re: Idades... Ver comentário
Não há ninguém perfeito...
A ideologia está sempre subjacente, por omissão ou acção, nos melhores. Apesar de grande actor, com uma presença única nos filmes que protagonizou e bom realizador, Clint Eastwood optou por ficar do lado da "elite"conservadora americana. Hollywood oblige. Espero que não haja outras razões. Barack Obama ainda é o melhor candidato.
Barack Obama é uma fraude
Como muito bem alertaram alguns intelectuais esclarecidos quando a idiotice "mainstream" qualificou a luta entre Obama e McCain como a luta entre o bem e o mal, Obama era cheio de nada. Para além de quase nenhum tempo no Senado e da prática de advocacia (que se quis mascarar de pró direitos civis), pouco ou nada se sabia de Obama (nem sequer, durante muito tempo, onde é que nascera). No Senado, Obama notabilizou-se pelo apoio a Raila Odinga (alegadamente seu primo) nas eleições no Quénia de 2007. Nada de mal nisso, não fora Odinga perder as eleições e iniciar uma vaga de tumultos que acabou em milhares de mortes no país, tumultos esses que só acabaram quando, num volte-face não inteiramente explicado, Odinga foi nomeado 1º ministro do Quénia...
Obama foi Nobel da Paz antes sequer de ter tempo de dar uma mijadela como presidente americano! É um genuíno produto da má-consciência políticamente correcta: um preto bem falante que aceitou fazer o papel de vingador das minorias injustiçadas. Como presidente dos EUA tem sido completamente irrelevante. A sua política externa é errática e a sua política interna é invisível. Não fez uma única reforma nem ajudou a resolver a crise económica americana e mundial. Além do mais, é maçon.
Eastwood tem sempre razão, punks.
Re: Barack Obama é uma fraude Ver comentário
Re: Barack Obama é uma fraude Ver comentário
Re: Barack Obama é uma fraude Ver comentário
Re: Barack Obama é uma fraude Ver comentário
Re: Barack Obama é uma fraude Ver comentário
Re: Barack Obama é uma fraude Ver comentário
Re: Barack Obama é uma fraude Ver comentário
Re: Barack Obama é uma fraude Ver comentário
Re: Barack Obama é uma fraude Ver comentário
Re: Barack Obama é uma fraude Ver comentário
Re: Barack Obama é uma fraude Ver comentário
Re: Barack Obama é uma fraude Ver comentário
Re: Barack Obama é uma fraude Ver comentário
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub