Anterior
Três alpinistas morrem ao descer o Evereste
Seguinte
Dalton Trevisan vence Prémio Camões
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Cientistas portugueses descobrem porque falha o coração

Cientistas portugueses descobrem porque falha o coração

A diminuição ou falta de comunicação entre células que altera o batimento do coração deve-se a um mecanismo agora descoberto por portugueses.

Uma equipa de investigadores de Coimbra identificou um novo mecanismo responsável por falhas de comunicação entre células do coração que pode estar na origem das doenças cardíacas, foi hoje anunciado.

A investigação, liderada pelo bioquímico Henrique Girão e publicada na revista "Molecular Biology of the Cell", permitiu descobrir um mecanismo que leva à diminuição ou falta de comunicação entre as células, desregulando o normal batimento cardíaco.

Esse desregular do batimento cardíaco acaba por ter implicações importantes no desenvolvimento de doenças, como a coronária, insuficiência cardíaca, arritmias e enfarte.

Os estudos realizados demonstram que a "ubiquitina assume o papel principal na degradação da conexina43 (Cx43), a proteína que assegura a comunicação rápida e eficaz entre a maioria das células, contribuindo para o normal funcionamento de órgãos e tecidos", refere uma nota hoje divulgada pela Universidade de Coimbra.

"Trata-se de proteínas muito importantes no coração, são como que canais que permitem a comunicação eficiente entre as diferentes células do coração, o que é importante para que ele bata de forma regulada e controlada", disse à Lusa o investigador.

No caso do coração, os canais de comunicação intercelular "asseguram a propagação rápida de um sinal que está na origem do batimento", ou seja, as alterações nessa comunicação, mediada pela Cx43, poderão estar na origem de doenças cardíacas.

No fundo, o que os investigadores da Universidade de Coimbra identificaram foi "o mecanismo responsável pela remoção da Cx43 da membrana das células, e posterior eliminação, resultando numa diminuição, ou ausência, da comunicação entre as células".

Segundo Henrique Girão, a grande novidade do estudo foi "demonstrar que uma via de degradação denominada autofagia participa na degradação da conexina43 presente na membrana plasmática das células, e que a ubiquitina tem um papel regulador neste processo".

Os resultados alcançados "podem ter um impacto grande" ao nível do tratamento, porque - explicou o investigador à Lusa -, uma vez identificado o mecanismo responsável pela desregulação da comunicação intercelular, "se inibirmos a autofagia talvez o tal coração em isquemia consiga prevenir algumas das alterações que seriam nocivas" para o órgão.

Nesse sentido, "abre-se caminho para o desenvolvimento futuro de novas abordagens terapêuticas que previnam ou impeçam a eliminação destes canais de Conexina43" e, deste modo, assegurem uma correta comunicação entre as células, disse.

O estudo foi realizado recorrendo a células em cultura e irá agora prosseguir em ratos sujeitos a isquemia cardíaca, de forma a avaliar o impacto da descoberta.

O objetivo é também perceber como é que as alterações da comunicação intercelular contribuem para o aparecimento de outras doenças, como o cancro e a diabetes, afirma o investigador do Instituto Biomédico de Investigação de Luz e Imagem.

O estudo conta com a colaboração de cardiologistas do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, de uma investigadora da Universidade de Einstein, Nova Iorque, e de um grupo de cientistas da Universidade de Dundee, na Escócia.


Opinião


Multimédia

E que tal uma canjinha de pato?

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione com esta nova receita.

Os assassínios, as execuções, as decapitações são as imagens mais chocantes de uma propaganda cada vez mais sofisticada. É a Jihad, que recruta guerrilheiros no ocidente para matar e morrer na Síria. O Expresso seguiu as pisadas de cinco jiadistas portugueses, mostrando quem são e como foram convertidos e radicalizados. E como lutam, como foram morrer - e como já haverá arrependidos com medo de fugir. Reportagem em Londres, no café onde viam jogos de futebol, na universidade onde estudavam e na mesquita onde rezavam. Autoridades e especialistas em terrorismo estão alerta sobre este pequeno mas perigoso grupo, onde corre sangue português - e de onde escorre sangue por Alá.

Desfile de vedetas

Saiba tudo sobre os modelos concorrentes ao Carro do Ano 2015/Troféu Essilor Volante de Cristal. Conheça o essencial sobre os 20 automóveis participantes nesta iniciativa, da estética, às características técnicas, do preço ao consumo. A apresentação ficará completa no dia 3 de janeiro.

Elvis. Gostamos ou não gostamos?

Ele não é consensual, mas é incontornável. Dispunha de penteado majestoso e patilha marota, aparentava olhar matador e pose atrevida. E deixou canções: umas fáceis e outras nem tanto, por vezes previsíveis e às vezes inesperadas, ora gentis ora aceleradas. E ele, Elvis, nasceu em janeiro de 1934 - há precisamente 40 anos, ao oitavo dia. Temos quatro textos sobre o artista: Nicolau Santos, Rui Gustavo, Nicolau Pais e João Cândido da Silva explicam o que apreciam, o que toleram e o que não suportam.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Piza de manga com estragão e canela

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Desacelerámos a realidade para observar a euforia da liberdade

Ela, Jacarandá, é algarvia. Ele, Katmandu, é espanhol. São linces e agora experimentam a responsabilidade da liberdade: foram soltos esta terça-feira numa herdade alentejana, próxima de Mértola, eles que saíram de centros de reprodução em cativeiro. Foi inédito: nunca tinha acontecido algo assim em Portugal. Estivemos lá e ensaiámos o slow motion.

Desaparecidos para sempre no Mar do Norte

O dia 15 de novembro já foi feriado, há 90 anos. A razão foi o desaparecimento de Sacadura Cabral algures no Mar do Norte. Depois de fazer mais de oito mil quilómetros de Lisboa ao Rio de Janeiro, o aviador pioneiro não conseguiu completar o voo entre a cidade holandesa de Amesterdão e a capital portuguesa. Ainda hoje, não se sabe o que aconteceu ao companheiro de Gago Coutinho e tio-avô de Paulo Portas, a quem o Expresso pediu um sms.

Os muros do mundo

Novembro relembrou-nos os muros que caem, mas também os que permanecem e os que se expandem. Berlim aproximou-se de si própria há 25 anos, mas há muros que continuam a desaproximar. Esta é a história de sete deles - diferentes, imprevisíveis, estranhos.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Terror religioso está a aumentar

Relatório sobre a Liberdade Religiosa é divulgado esta terça-feira em todo o mundo. Dos 196 países analisados, só em 80 não há indícios de perseguições motivadas pela fé.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?


Comentários 139 Comentar
ordenar por:
mais votados
cientistas-portugueses-descobrem-porque-falha-o-co
Mais uma prova de que os portugueses são capazes e apreciados um pouco por todo o Mundo como sendo bons trabalhadores e honestos. Infelizmente não temos é tido desde o inicio da Nação, salvo dois ou três casos de excepção, dirigente à altura.

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/05/victor-gaspar-e-medina-carreira.html?utm_source =BP_recent
Re: cientistas-portugueses-descobrem-porque-falha-
No Século 16 praticamente todas as Cortes da...
Re: No Século 16 praticamente todas as Cortes da..
Re: No Século 16 praticamente todas .. (1)
Re: No Século 16 praticamente todas .. (1)
A mitologia nacionalista não se faz de história
Re: No Século 16 praticamente todas (2)
Re: No Século 16 praticamente todas (2)
Re: No Século 16 praticamente todas (2)
O XUXIA TONI
Parabéns ou não?
Espero que não seja um daqueles estudos em que afinal se venha provar o que afinal outro já havia provado.
Aliás o que salienta a noticia é a novidade de como remover a tal proteína e não adianta nada mais.
O que se anda a fazer muito em Portugal ultimamente no sector da INVESTIGAÇÃO é o chamado encher chouriço, sobretudo no campo farmacêutico.
Não se investiga muito, faz-se uma cópia e depois diz se que se desenvolveu uma nova forma de tal mas no fundo isso já não era novidade.
Re: Parabéns ou não?
Nem sou médico ou estudioso do assunto,
mas a constatação é de vital importância e, assim, provavelmente ajudará na elucidação desse mal que afeta boa parte da população no mundo ocidental. Rio Grande
Quando se cultiva colhem-se os frutos
mas a o abandono levará à ineficácia e à nulidade cientifica.
O que colhemos hoje, foi semeado no passado, no tempo em que Portugal podia sonhar .
Também esta riqueza evaporar-se-á e emigrará para não voltar.
O Coração...
É aquela máquina que nos faz viver ...

Todos os estudos que sejam em prol da Vida são de facto de parabenizar e louvar ... porque as doenças ligadas ao coração são das que mais matam em Portugal ... Agora o mais importante são os passos para que sejam provadas estas descobertas e porem as mesmas em benefício do ser Humano salvando vidas!

É de facto Júbilo ver os nossos cientistas em várias frentes e do papel que têm no Mundo da Ciência e não só!...
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Enquanto os nossosa grandes portuguese e grandes Reis descobriram o mundo e conquistaram metade do mundo, os nossos pequenos portugueses, trataram de destruir tudo o que tinha sido alcançado.
Não sabendo que Deus estava por trás deste projecto, só fizeram asneiras.
Se Deus acha que nós deveríamos possuir vastos territórios, que direito têm esses totós, de pensar que nós não podemos possuir aquilo que o próprio Deus nos destinou?
De asneira em asneira reduziram Portugal a um cantinho da Europas e agora queixam-se do desemprego?
Por amor de Deus!!!
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
PAULO,CUIDADO COM O SEU ATEISMO!!!
Re: PAULO,CUIDADO COM O SEU ATEISMO!!!
Re: PAULO,CUIDADO COM O SEU ATEISMO!!!
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Delírio, delírio, delírio!!!!!!
Re: Delírio, delírio, delírio!!!!!!
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
PASCOA 2014 - Um recorde embatido.
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Se a ciência trabalhar a 500%, talvez daqui a uns bons anos tratem todas as doenças.
E com o que é que ficamos? Com o envelhecimento e os acidentes.
Como é que a ciência pensa resolver isso???
Sou todo ouvidos...
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
dwid
Re: dwid
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Não sabe????????????????? Como é possível?
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
Re: Cientistas portugueses descobrem porque falha
No Século 16 praticamente todas as Cortes da...
... Europa tinham um médico Português! Já fomos bons em muitas coisas e não há razão para não voltarmos a ser!

Para começar acabar com a mentalidade provinciana de que tudo que é Português é mau e só o que vem de fora é que é bom. E com lamúria de que a culpa da situação em que nos encontramos é dos outros e não nossa. A começar pela nossa permanente auto-flagelação e baixa auto-estima!
Também a investigação
para que exista, necessita de estimulo, por outras palavras de dinheiro.
Mais um resultado, não só a actividade dos cientista médicos mas de uma politica de estimulo à investigação cientifica verificada nos últimos anos.
Que a crise, não destrua também com estes estimulos.
Só os nossos "politicos" não entram nos Tops !
É com imensa Alegria e orgulho que constato ou melhor os Portugueses sabem que existem mentes brilhantes em várias áreas que vão das Ciências , à Literatura , da Engenharia às artes,nas novas tecnologias e nano , e até nos serviços.Destoam pela positiva os "nossos Politicos"salvo honrosas excepções.É tempo de dar a gente competente os destinos nas Autarquias e no País a quem realmente quer zelar por nós e por Portugal!Perante os feitos brilhantes que nos orgulham e que se tornaram recorrentes,é tempo dizia de reflectir-mos e dizer que ao leme da Nação têm que ser Politicos que nos orgulhem que a devem orientar e gerir.
Comentários 139 Comentar

Últimas

Ver mais
Receba a nova Newsletter
Ver Exemplo

Pub