53
Anterior
Aurea é a candidata portuguesa ao prémio MTV (vídeo)
Seguinte
Pequim ameaça prender Hu Jia, Prémio Sakharov 2008
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Chineses ignoram bebé atropelada (vídeo)

Chineses ignoram bebé atropelada (vídeo)

Menina de 2 anos foi atropelada por duas carrinhas num mercado na China e ignorada por várias pessoas durante 7 minutos, até ser socorrida, sem êxito. (NOTA: O VÍDEO NO FINAL DO TEXTO CONTÉM IMAGENS CHOCANTES)
BBC e agência Xinhuã |

Yue Yue, menina chinesa de apenas dois anos que foi atropelada por duas carrinhas num mercado no sul da China, sem que posteriormente nenhuma das pessoas que passavam pelo local parassem para lhe prestar assistência, não resistiu aos traumatismos e teve morte cerebral. O lamentável incidente foi filmado pelas câmaras de vídeo de um estabelecimento e transmitido ontem pela BBC. 

O caso aconteceu na semana passada, na cidade de Foshan, e está a levantar uma onda de indignação nas redes sociais da China.

No vídeo, vê-se a criança a ser atropelada pela primeira carrinha, várias pessoas a passarem pela bebé - que agonizava no chão - como se não tivesse acontecido nada de anormal, e, ainda, a criança a ser atropelada por outro veículo. Passaram-se sete minutos até que uma mulher viu o que tinha acontecido, arrastou Yue Yue, afastando-a do local onde jazia.

A mulher, entretanto, afasta-se e a menina acabou por ser socorrida por um homem, encarregue de recolher o lixo, que pediu ajuda a vários lojistas do mercado, sendo por eles ignorado. Por fim, o homem conseguiu encontrar a mãe da criança, que a conduziu ao hospital mais próximo.

Segundo Xinhuã, agência oficial de notícias da China, a polícia prendeu os condutores dos dois veículos envolvidos no atropelamento.

Nas redes sociais, algumas pessoas justificaram a falta de socorro dos transeuntes para com a criança atropelada, acrescentando que temeriam ser responsabilizadas caso auxiliassem a menina. 

Houve quem mencionasse o caso de um homem que tentou ajudar uma idosa na sequência de uma queda em local público, que acabou por ser processado, alegadamente, porque a sua intervenção violava as regras do Governo sobre como lidar com vítimas de acidentes.

Veja o vídeo (NOTA: CONTÉM IMAGENS CHOCANTES):



Opinião


Multimédia

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola, em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

United Colors of Gnocchi

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Strogonoff de peixe espada preto

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Caril de banana

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Cantaril com risotto de espargos

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.


Comentários 53 Comentar
ordenar por:
mais votados
Não há palavras para isto
A que ponto um regime autoritarista quebra os sentimentos básicos do ser humano.
Re: Não há palavras para isto
Buma, apresenta provas do que dizes (ou cala-te).
Re: Buma, apresenta provas do que dizes (ou cala-t
Re: Não há palavras para isto
Re: Não há palavras para isto
Re: Não há palavras para isto
Re: Não há palavras para isto
Re: Não há palavras para isto
O fato ocorrido na China
é produto do comportamento humano, independente de ideologias. O que a ideologia faz, no meu entender, é piorar as coisas. São incontáveis os acidentes de trânsito nos quais, o condutor, foge sem prestar socorro. Como às vezes é em local ermo ou dentro da noite, sem nenhuma câmera de vigilância, para delatar o criminoso, o fato fica registrado nos boletins policiais como "de autoria desconhecida". Recentemente, um motorista, no Brasil, atropelou vários ciclistas, sem o menor remorso, porque queria passar pela via ocupada pelas bicicletas, que pertenciam ao grupo Massa Crítica. Não parou e fugou do local, sendo que seu filho menor estava com ele, dentro do carro ... A indiferença, a falta de amor ao próximo, o preconceito com relação aos velhos, é tudo fruto de uma sociedade ferozmente egoísta, como é o caso da nossa. O exemplo chinês é mais um, no complexo resultado de uma era em que o amor existente é insuficiente para fazer girar a terra. Aliás, temo que o amor nunca foi de grande estima entre os humanos. John Donne disse que nenhum homem é uma ilha mas, cada um de nós é bem mais, nos dias atuais, tal a hipocrisia, a máscara e o individualismo cego. Acreditar em deus ou não, pouco importa. Ouso dizer que, amar o próximo como a si mesmo, de fato, é algo que poucos de nós possui como regra. O restante (a maioria), com certeza, estará mentindo. O vídeo choca pelo fato de mostrar como somos, por dentro. Sem rodeios. Rio Grande
Lendo os vossos comentários...
Ao ler todos estes comentários, percebe-se o porquê da sociedade estar como está! Intolerantes, julgam todos que detém a verdade no conhecimento limitado que todos temos (e estou-me a incluir nessa escala) e absolutamente incapazes de ouvir e ponderar as hipóteses que os outros nos dão.

As crenças não podem ser cegas, ou provado está, tornam-se violentas e fascistas. Por outro lado, o conhecimento de factos tem de estar aberto a novas perspectivas, porque as verdades que sabemos hoje podem ser mentiras amanhã.
E todos estes comentários, cuja origem é a morte violenta e absolutamente intolerável em pleno séc. XXI de uma menina de 2 anos, acabam com insultos por questões de "quem é que tem a culpa do quê"!

Vergonha ninguém tem! Temos todos culpa, católicos, ateus, alemães nazis...a vizinha do lado! E enquanto não conseguirmos fazer o "mea culpa", o tal grau em que se supõe que a civilização está, retrocederá à mais infima oportunidade que surja, como bem se pode ler nestes comentários todos...e não será preciso irmos à China para constatarmos isso.
Olhem bem
É contra este tipo de pessoas que a Europa está a competir.
Ainda acham que vamos conseguir manter todos os nossos direitos daqui a uns 20 anos?! Habituemo-nos a isto.
Pois é...
Prefiro viver num país com os maiores buracos financeiros do mundo a lidar com esta gente que parecem máquinas sem escrúpulos e sem valores. Estes são os valores que o comunismo incute nas pessoas. O medo impera sobre tudo. Até sobre a defesa da vida humana.

Portanto, aos comunas... força, vão viver pra lá. Façam lá um estágio do partido..., pode ser que sejam atropelados....
A ignorância em forma de comentário
Re: Pois é...
E na Europa, na África, na Ásia...
Re: E na Europa, na África, na Ásia...
Re: Pois é...
Revolta
Espero que a morte desta menina não seja em vão. É necessária uma revolta urgente dos chineses, quanto ao seu modo de vida. Para bem do mundo inteiro.
Re: Revolta
O "bom" regime comunista não acabou...
Re: Chineses ignoram bebé atropelada (vídeo)
O titulo da noticia também tem o seu que de xenófobo.
Se fosse cá diziam - Portugueses ignoram criança ?

Que noticia tão triste.
Título xenófobo?
Buma, apresenta provas do que dizes (ou cala-te).
Anda aqui um tal de Buma a dizer que "acontece o mesmo nos EUA".

Pessoalmente, acho que nada de parecido poderia acontecer nos EUA.

Uma coisa é alguém ignorar um pedinte ou um bêbado, especialmente numa grande cidade, como New York, por exemplo.

Outra coisa muito diferente é fingir que não se vê uma criança atropelada!!!...

Pergunto por isso ao Buma: tem conhecimento de algum caso semelhante a este ocorrido nos Estados Unidos?

Se tem, mostre-nos, se não tem... esteja calado.

Para algo completamente diferente...
http://muitosuave.blogspo...
Re: Buma, apresenta provas do que dizes (ou cala-t
Re: Buma, apresenta provas do que dizes (ou cala-t
Re: Buma, apresenta provas do que dizes (ou cala-t
Re: Buma, apresenta provas do que dizes (ou cala-t
Re: Buma, apresenta provas do que dizes (ou cala-t
Caros Buma e Desacomodado
Re: Caros Buma e Desacomodado
Re: Caros Buma e Desacomodado
Re: Caros Buma e Desacomodado
Caros todos...
Re: Caros Buma e Desacomodado
Re: Caros Buma e Desacomodado
o pior do ser humano
A sociedade está a criar monstros, seja com regimes autoritários ou sem regimes autoritários , a vida humana é cada vez mais desprezada no mundo actual.
Com tanto meteorito por aí, será que não há um que acerte em cheio neste planeta e que acabe com tudo?
Cada vez sinto mais raiva do ser humano.
Este vídeo é inacreditavel e muito triste
Re: o pior do ser humano
Inacreditável!
Acho que nunca vi algo tão chocante e profundamente desumano, até imagens da guerra parecem "idílicas" comparadas com isto, é inacreditável.

Quem se apercebeu da situação e nada fez só merece ser considerado um Monstro!

Não são seres humanos, não passam de aberrações sob forma humana.

Desculpem o desabafo mas isto é pura barbárie!
Re: Inacreditável!
Re: Inacreditável!
Mudar!
Tal como muitos comentaram já, impõe-se uma mudança na nossa civilização.

É altura de interromper esta loucura e evoluir para uma sociedade mais humana e baseado em valores, princípios e até numa certa espiritualidade inerente à humanidade.

O mundo actual é o resultado das políticas capitalistas e socialistas que desenraízaram o homem e o extirparam da dignidade humana inata.

Confundiram a felicidade com materialismo e aqui está um exemplo acabado ao qual conduz tal pensamento.

A moral é "démodée" a religião é para "fracos" e os homens ficam sem arrimos sem guias ou sem objectivos na vida que não seja dinheiro e poder.

O que conta não é ser honesto mas sim exibir um qualquer topo de gama, dizer a verdade é ser ingénuo, ser amável é bronco pois o que conta é ser agressivo e derrubar tudo e todos, ser discreto é ser pacóvio porque o que interessa é aparecer, nem que seja para fazer figuras tristes.

Esqueceram-se que os valores e princípios não aderem às coisas materiais nem sequer a "valores" de um Estado hipócrita, governado por homens fracos e corruptos que crêem em ideologias do século passado.

Cumps!
Re: Mudar!
Chocante, mas...
..., quem divulgou o video, foi a agência de noticias estatal da Republica popular da China.

Então, porque culpam o regime?
Diz a noticia, que foi num mercado do Sul da China?!, bem, pode ter sido em Hong Kong ou em Macau, ou mesmo em Xangai, e, aí, impera o capitalismo, com toda a sua cultura de egoismo.
Vou JÁ a correr a uma loja dos chineses
Fiquei com uma vontade INCONTROLÁVEL de comprar "made in china" ou "made in rpc" escolham, já para não falar que fiquei completamente DESCANSADO por saber que o governo chinês nos tem AJUDADO comprando a nossa dívida, IMAGINEM SÓ SE A CRIANÇA DEVESSE ALGUMA COISA A ALGUM DOS "ANIMAIS" QUE NÃO LHE PRESTARAM ATENÇÃO, NÃO FOI ASSISTÊNCIA NÃO, FOI ATENÇÃO!
Que comentários...
A uns é por causa do comunismo.A outros, por falta de religião. Que parvalhões !
    Esta cena triste era possível aqui?! Nos EUA? Em França?
  Isto acontece na Grande China,onde ainda hoje nas zonas rurais ,uma criança e mais particularmente uma menina tem menos valor do que qualquer animal de criação.
      As imagens são o que são ".Quais comunismo quais caraças".
  Comentadores da treta, do tudo e por nada, ainda não se aperceberam do que é vivermos aqui neste cantinho da Europa? Mesmo com comunas ,testemunhas de Jeová ,fascistas e tudo?
São apenas numeros, não pessoas.
O que se passa é que nos paises asiáticos não dão importancia ao individuo como cá. Não passam de numeros. E aqui o mal não está só nos animais que não prestaram assistencia, mas também nos condutores das carrinhas que atropelaram deliberada e impiedosamente aquela infeliz bébé. A velocidade a que circulavam dava perfeitamente para pararem sem problemas. Aqui, hoje em dia nem sequer vejo fazer tal atrocidade a um animal.
Comentários 53 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub