Anterior
Coliseu de Lisboa pode encerrar "durante grande parte" de 2012
Seguinte
EUA: homem executado por vontade própria
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Chávez: "livre de doença" e no caminho de Cristo, o socialista

Chávez: "livre de doença" e no caminho de Cristo, o socialista

Hugo Chávez regressou à Venezuela, depois de ter sido submetido a exames médicos em Cuba, e diz que já está recuperado do cancro.
Lusa |
Hugo Chávez diz que já está recuperado
Hugo Chávez diz que já está recuperado / EPA

O presidente Hugo Chávez regressou hoje à Venezuela, depois de ter sido submetido a exames médicos em Cuba no âmbito de um tratamento para combater um cancro, revelando que os testes determinaram que não tem "células malignas" no corpo.

"Não há células malignas ativas neste corpo e não existe nenhuma atividade celular anormal", disse Hugo Chávez, numa declaração transmitida obrigatoriamente e em simultâneo pelas rádios e televisões da Venezuela.

Hugo Chávez, de uniforme militar, chegou ao aeroporto de La Fria, no Estado venezuelano de Táchira (a sudoeste de Caracas) às 11 horas locais (16h30 em Lisboa), onde mais tarde vai visitar o Santo Cristo de La Grita para "pagar uma promessa" pela recuperação.

"Há quatro meses exatos, estávamos em plena intervenção cirúrgica. Quero dar Graças a Deus e por isso a promessa ao Santo Cristo de La
Grita, o mais antigo dos cristos. Vim apresentar-me ao chefe, ao comandante dos comandantes, a Cristo Redentor. Eu, um cristão cada
dia mais cristão", disse ao iniciar a declaração, pouco depois de enviar uma saudação aos venezuelanos.

"Socialismo é o caminho de Cristo"


Por outro lado, frisou que "o cristianismo verdadeiro é a doutrina da paz e do amor e não há outra" disse Chavez que acrescentou que o "socialismo é o caminho de Cristo".

"Desde do ponto de vista da ciência política e da realidade social, o socialismo é o caminho de Cristo".

Hugo Chávez explicou que após quatro meses "concluiu uma etapa vital no tratamento da doença, uma estratégia combinada entre a cirurgia e a quimioterapia".

O presidente da Venezuela anunciou que vai agora "iniciar um novo ciclo de recuperação física muito mais acelerada, porque a quimioterapia era um travão à recuperação plena".

"Estou livre de doença"


"Tudo saiu perfeito, posso dizer que tirei 20 pontos nesses exames. Estou livre de doença. No entanto, haverá que continuar a monitorar de cada quatro em quatro meses para verificar o bom ritmo e a evolução do que foi a doença", disse.

Por outro lado, afirmou que "chegou o novo Chávez, um Chávez novo, um Chávez recruta" e que decidiu "mudar de maneira radical muitas coisas da vida" para preservar a saúde.

Hugo Chávez, 57 anos, viajou para Cuba no domingo para submeter-se a "rigorosos" exames médicos".

Foi operado de urgência em Cuba a 10 de junho a um "abcesso pélvico" e, a 1 de julho, enviou uma mensagem ao país a revelar que também tinha sido submetido a uma segunda operação durante a qual lhe foi extraído um tumor com células cancerígenas.

Desde então realizou quatro sessões de quimioterapia, uma delas no Hospital Militar de Caracas e as outras três em Havana, Cuba, tendo
admitido em várias ocasiões que poderia vir a necessitar também de tratamento com radioterapia.

O presidente da Venezuela nunca precisou onde se encontra o tumor mas tem insistido recentemente que os exames médicos não evidenciam sinais de recaída.


Opinião


Multimédia

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 6 Comentar
ordenar por:
mais votados
O tempo o dirá....
A seguir pode acontecer o mesmo a Hugo Chaves que aconteceu a Kadafhi. Apesar de ser eleito democráticamente tambem a Venezuela tem petroleo e çportanto a NATO pode interveir com bombardeamentos. Recentemente assiste-se a nova ingerência nos assuntos internos da venezuela por parte dos EUA devido a uma multa que os orgâos judiciais venezuelanos infringiram à estação de televisão privada por apelar á rebelião, ao que os EUA afirmam que é um atentado a liberdade de expressão naquele País...

Re: O tempo o dirá....
Re: O tempo o dirá....
Haja paciência
Re: O tempo o dirá....
Agora mistura religião com aquela política
Cada vez pior, mas há os que se babam todos para estas misturas muito perigosas.
Comentários 6 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub