20 de abril de 2014 às 14:03
Página Inicial  ⁄  Sociedade  ⁄  Chaser, a cadela que reconhece mais de mil brinquedos

Chaser, a cadela que reconhece mais de mil brinquedos

Dois psicólogos norte-americanos treinaram Chaser, uma cadela da raça 'border collie' durante três anos para que ela conseguisse reconhecer mais de mil objetos. (Vídeo no final do texto)
Leonor Veiga (www.expresso.pt)
Chaser foi treinada durante três anos Chaser foi treinada durante três anos

Quão extenso pode ser o vocabulário de um cão se lhe for fornecido um treino intenso? O que é que os cães compreendem da nossa linguagem quando comunicamos com eles? Foram estas as perguntas que serviram de mote para desta investigação de Alliston Reid e John Pilley.

Os dois investigadores, psicólogos da Universidade de Wofford, nos Estados Unidos, treinaram Chaser, uma cadela da raça 'border collie' , considerada a raça canina mais inteligente, durante três anos. A cadela é agora capaz de identificar 1022 objetos e diferenciar as ordens que lhe são dadas.

A última experiência semelhante foi um trabalho de uma equipa do Instituto de Antropologia Evolutiva Max Planck, na Alemanha, em 2004, que apresentava Rico, um cão que conseguia reconhecer 200 palavras e distinguir quando um objeto novo era colocado num grupo que ele já conhecia. Um recorde que Chaser consegui pulverizar.

Cadela tinha capacidade para mais


O estudo apresenta o reconhecimento de apenas 1022 objetos não por falta de capacidade da cadela, mas por falta de tempo por parte da equipa envolvida, disseram os investigadores ao jornal científico "Behavioural Processes" .

A investigação foi feita em várias fases. Primeiro eram apresentados os objetos individualmente, para que Chaser os identificasse. Depois, era ela que tinha de os encontrar, enquanto os investigadores referiam repetidamente o nome de cada um, para que a relação fosse feita.

Uma das técnicas era reunir vinte objetos e mandar a cadela buscar, um de cada vez. Foram feitos 838 testes, dos quais Chaser nunca falhou mais do que dois brinquedos.

Investigação dá novas respostas


Ao mesmo tempo era trabalhada a capacidade da cadela em distinguir diferentes ordens, relacionando cada objeto a uma ordem. Reid e Pilley asseguram que o animal além de identificar os objetos fazia a associação de cada um deles à ordem correspondente.

Além de bater um novo recorde, esta investigação deu novas respostas sobre as capacidades caninas. "Esta investigação é importante porque demonstra que os cães, tal como as crianças, conseguem desenvolver um vocabulário extenso e compreendem que algumas palavras dizem respeito a objetos individuais e outras podem referir-se a categorias de objetos", reforçou Allison Reid.

Contudo, os dois investigadores dizem que falta agora confirmar se estas capacidades se estendem a outras raças de cães.


Comentários 0 Comentar
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub