Anterior
Skype está com problemas técnicos
Seguinte
O que quer receber neste Natal?
Página Inicial   >  Sociedade  >  CERN precisa de dois a cinco anos para encontrar a 'partícula de Deus'

CERN precisa de dois a cinco anos para encontrar a 'partícula de Deus'

O bosão de Higgs, também conhecido por 'partícula de Deus', porque deverá explicar a origem de tudo o que constitui o Universo, poderá levar dois a cinco anos a ser descoberto pelo grande acelerador de partículas LHC, afirma em entrevista ao Expresso o diretor-geral da Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN), Rolf-Dieter Heuer.
|
Rolf Dieter-Heuer: 'O próximo passo do CERN é a construção de um novo colisionador de partículas com 50 km de comprimento'

Desde a inauguração do LHC em setembro de 2008, geraram-se muitas expectativas sobre a descoberta do bosão de Higgs. Dois anos depois, a descoberta ainda não aconteceu. O LHC falhou o seu objetivo central? Não, de maneira nenhuma. Repare, demora muito tempo a encontrar algo como o bosão de Higgs, não podemos estar à espera de carregar no botão e encontrar logo qualquer coisa, porque precisamos de uma tremenda quantidade de dados e de uma grande quantidade de colisões de partículas para produzirmos o bosão de Higgs e para o conseguirmos identificar. Originalmente pensámos que precisávamos provavelmente de cinco anos para o encontrar. Agora estou mais otimista, e talvez precisemos apenas de mais dois anos. Até agora o LHC, a maior máquina do mundo, é um grande sucesso.

Grande sucesso porque o seu arranque permitiu a descoberta de outras partículas e de novas propriedades da matéria? Descobrimos novas partículas compostas a partir das partículas já conhecidas, mas estas descobertas ainda não foram publicadas em jornais científicos, só foram reveladas em reuniões internas do CERN. Quanto a novas propriedades da matéria, isso demora mais tempo a encontrar. Não se esqueça que estamos apenas no primeiro de 20 anos de investigação, porque o LHC foi concebido para funcionar durante duas décadas.

Quais são as prioridades do CERN para 2011? Quando começámos em 30 de Março deste ano com as primeiras colisões de partículas a altas energias no LHC, multiplicámos a taxa de colisão por um fator de 200 mil, o que é a maior de sempre, mas só recolhemos 1/20, ou 5%, dos dados que pretendemos recolher ao longo de 20 anos. Falta ainda recolher muitos dados e estou otimista quanto à possibilidade de recolhermos mais do que calculámos. No próximo mês de fevereiro de 2011 vamos decidir se continuamos com este processo em 2012, porque com os dados que já temos há expectativas de fazermos descobertas, talvez mesmo do bosão de Higgs. Apresentei esta questão ao conselho do CERN e todos os seus membros ficaram entusiasmados com esta possibilidade.

Desde o arranque do LHC, que avanços foram conseguidos no conhecimento da matéria e da energia escuras? Não houve muitos avanços. Temos os primeiros resultados relativos a possíveis candidatos a matéria escura, mas o leque de candidatos é ainda muito largo, e a quantidade de dados de que dispomos para analisar não é muito grande. Em 2011 esperamos mais do que duplicar essa quantidade de dados.

Está preocupado com a concorrência do Tevatron, o acelerador de partículas do Fermilab (EUA), depois das especulações em julho passado sobre a deteção do bosão de Higgs? Não estou preocupado, porque as nossas perspetivas são muito boas. A probabilidade de se encontrar o bosão de Higgs depende da energia utilizada para esse efeito, mais do que a luminosidade. E o LHC tem muito mais energia que o Tevatron. Sinceramente, como cientista não me importa quem vai descobrir o Higgs, mas como diretor-geral do CERN obviamente que me interessa que sejamos nós a descobri-lo. E as nossas equipas de investigadores estão altamente motivadas para isso.

Entretanto, deixando as experiências do LHC, o CERN conseguiu capturar átomos de antimatéria em novembro. Foi um acontecimento importante para a ciência? Foi uma etapa muito importante para o CERN, e para a investigação no campo da física em 2010 foi considerado o acontecimento mais relevante, porque foi a primeira vez que se conseguiram armazenar muitos átomos (38) de anti-hidrogénio durante 1/10 de segundo, o que é muito difícil. Foi demonstrado que o princípio funciona, e a partir de agora podemos investigar as propriedades do anti-hidrogénio, e se forem diferentes das propriedades do hidrogénio, então descobrimos uma assimetria entre matéria e anti-matéria. Porque ainda não compreendemos plenamente por que razão não há mais anti-matéria no Universo.

Tem um mandato de cinco anos como diretor-geral, que termina em 2013. Quais são as suas maiores ambições para o CERN? A minha primeira ambição continua a ser que o LHC funcione bem. A segunda ambição é que, para além do LHC, precisamos de interessar o público mais jovem e o público em geral por outras experiências, precisamos de diversificar, e o caso do anti-hidrogénio é um bom exemplo. A terceira ambição é fazer do CERN um laboratório do século XXI, isto é, que não seja apenas europeu mas aberto a todo o mundo. Porque o próximo grande projeto na física de partículas só pode ser um projeto global. E o CERN é o laboratório que está mais bem preparado para o receber. Temos uma grande experiência de cooperação a nível internacional e estou muito apostado em abrir o CERN de várias maneiras. A primeira é a possibilidade de ter Estados-membros fora da Europa. A segunda é a introdução do estatuto de associado, também para países fora da Europa, que não terão de pagar tanto como um Estado-membro, recolhendo benefícios na mesma proporção. Esta inovação foi aprovada em junho e em setembro assinei a primeira carta de intenções para a entrada do Brasil como primeiro membro associado. Estou muito contente com isso. Há também discussões com outros países das Américas e da Ásia.

Falou de um projeto global liderado pelo CERN. Que projeto é esse? O que sabemos hoje sobre a física de partículas a partir dos aceleradores sabemo-lo porque temos dois instrumentos: o colisionador de hadrões como o LHC ou o Tevatron americano, e o colisionador eletrão-positrão. É semelhante à astrofísica, onde temos telescópios espaciais e telescópios em terra, e usamos os resultados dos dois para obtermos um retrato completo da realidade. No nosso caso, só a combinação dos resultados dos dois tipos de colisionadores permite obter o resultado final. Estou convencido que o próximo passo depois do LHC será a construção de um novo colisionador eletrão-positrão, com 50 km de comprimento, em vez dos 27 km do LHC. Será um colisionador como o LEP (já desativado) que ocupava o túnel que pertence hoje ao LHC, mas com a energia multiplicada por um fator de 3 a 10. O custo será semelhante ao LHC, isto é, cerca de quatro mil milhões de euros. Mas é um projeto para 20 a 30 anos, o que significa que não é assim tanto dinheiro gasto anualmente. A física de partículas é cara, sem dúvida, mas a construção de um colisionador leva dez anos, o tempo de vida útil dez a 20 anos, e há contribuições financeiras de uma grande diversidade de países, incluindo fora da Europa.



Opinião


Multimédia

Edwin. O rapaz que aprendeu a sonhar

O que Edwin sabia sobre a vida era sobreviver. Na cabeça dele não cabiam sonhos e os dias eram passados à procura de comida para ele e para a mãe e para o irmão. A fome espreitava nos cantos da barraca de palha no Quénia e ele escondia-se dela como podia - chupar as pedras era uma forma de a enganar. Mas a sorte dele mudou porque alguém viu nele outra coisa. E tudo começou numa dança. Agora, os mesmos dedos que agarravam as pedras tocam hoje teclas de um piano Bechstein. E os pés dele já não estão nus mas calçados. Com chuteiras. Primeiro no Benfica, agora no Estoril, o miúdo de 15 anos que fala como gente grande descobriu que tinha um sonho: ser futebolista. Como Drogba.

Todas as ilhas têm a sua nuvem

Raul Brandão chamou-lhe 'A Ilha Branca'. Como viajante digo que tem um verde diferente das outras oito que com ela formam o arquipélago dos Açores. É tenra, mansa, repousante e simultaneamente desafiante. Esconde segredos como a lenda da Maria Encantada e um vulcão florestado a meio do século passado que nos transporta para uma dimensão sulfurosa e mágica. Obrigatória para projetos de férias de natureza.

Em três quartos de hora não se esquece só a idade. "Esquece-se o mundo"

Maria do Céu dá três voltas ao lar sempre que pode. Edviges vai a todos os velórios, faz hidroginástica e sopas de letras. António dá um apoio na Igreja e nos escuteiros. Tudo é uma ajuda para passar os dias quando se tornam todos iguais. No Pinhal Interior Sul, a região mais envelhecida da União Europeia, quase um terço da população tem mais de 65 anos. Os mais velhos ficaram, os mais novos partiram.

Profissão: Sniper

O Expresso foi ver como são selecionados, que armas usam, para que missões estão preparados os snipers da Força de Operações Especiais do Exército. São uma elite dentro da elite. Um pelotão restrito. Anónimo. Treinam diariamente com um único objetivo: eliminar um alvo à primeira, mesmo que esteja a centenas de metros. Humano ou material. Sem dramas morais, dizem.

Xarém com conquilhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione com esta nova receita.

O que se passa dentro da cabeça dele

O que leva um tipo a quem iam amputando uma perna a regressar ao sítio onde os ossos se desfizeram, uma e outra vez, e testar os limites do seu corpo? Resposta: a busca pelo salto perfeito, que ele diz existir dentro dele e que ele encontrará mais dia menos dia. É a fé e a confiança que o movem e o levam a pular para lá do que é exigido a um campeão olímpico e mundial que não tem mais nada a provar a ninguém - a não ser a ele próprio. Este é um trabalho que publicámos em agosto de 2014, quando o saltador se preparava para os Europeus e falava das metas que tinha traçado para 2015 e 2016: mostrar que não estava acabado. Sete meses depois, provou-o no Europeu de pista coberta em Praga, onde venceu este fim de semana.

Amadeu, que aprendeu o mundo no campo e tinha o coração na ponta dos dedos

Em Portugal, a dedicação à língua mirandesa tem nome próprio: Amadeu Ferreira, o jurista da CMVM que - quando todos diziam que "era uma loucura impossível" - arranjou tempo para traduzir "Os Lusíadas", a "Mensagem", os quatro Evangelhos da Bíblia e ainda duas aventuras do Asterix para uma língua que pertence a um cantinho do nordeste português e é falada por menos de 15 mil pessoas. No final de 2014 deu ao Expresso aquela que viria a ser a sua última entrevista. Morreu no passado domingo e esta quinta-feira foi lançada a sua biografia, "O fio das lembranças", com quase 800 páginas.

Temos 16 imagens que não explicam o mundo, mas que ajudam a compreendê-lo

O júri do World Press Photo queria dar o prémio maior da edição deste ano (e talvez das edição todas) a uma fotografia com "potencial para se tornar icónica". A primeira imagem desta fotogaleria, por ser "esteticamente poderosa" e "revelar humanidade", é o que o júri procurava. A fotografia de um casal homossexual russo, a grande vencedora, é a primeira de 16 imagens de uma seleção onde há Messi desolado, migrantes em condições indignas no Mediterrâneo, a aflição do ébola, mistérios afins e etc - são os contrastes do mundo.

Vamos falar de sexo. Seis portugueses revelam tudo o que lhes dá prazer na cama

Neste primeiro episódio de uma série que vai durar sete semanas, seis entrevistados falam abertamente sobre aquilo que lhes dá mais satisfação na intimidade. Sexo em grupo, sexo na gravidez, prazer sem orgasmo e melhor sexo após a menopausa são alguns dos temas referidos nos testemunhos desta semana. O psiquiatra Francisco Allen Gomes explica ainda a razão de muitas mulheres fingirem o orgasmo. O Expresso e a SIC falaram com 33 portugueses que deram a cara e o testemunho de como são na cama. Ao longo das próximas sete semanas, contamos-lhe tudo.

Elvis. Gostamos ou não gostamos?

Ele não é consensual, mas é incontornável. Dispunha de penteado majestoso e patilha marota, aparentava olhar matador e pose atrevida. E deixou canções: umas fáceis e outras nem tanto, por vezes previsíveis e às vezes inesperadas, ora gentis ora aceleradas. E ele, Elvis, nasceu em janeiro de 1934 - há precisamente 40 anos, ao oitavo dia. Temos quatro textos sobre o artista: Nicolau Santos, Rui Gustavo, Nicolau Pais e João Cândido da Silva explicam o que apreciam, o que toleram e o que não suportam.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Desfile de vedetas

Saiba tudo sobre os modelos concorrentes ao Carro do Ano 2015/Troféu Essilor Volante de Cristal. Conheça o essencial sobre os 20 automóveis participantes nesta iniciativa, da estética, às características técnicas, do preço ao consumo. A apresentação ficará completa no dia 3 de janeiro.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Desacelerámos a realidade para observar a euforia da liberdade

Ela, Jacarandá, é algarvia. Ele, Katmandu, é espanhol. São linces e agora experimentam a responsabilidade da liberdade: foram soltos esta terça-feira numa herdade alentejana, próxima de Mértola, eles que saíram de centros de reprodução em cativeiro. Foi inédito: nunca tinha acontecido algo assim em Portugal. Estivemos lá e ensaiámos o slow motion.


Comentários 23 Comentar
ordenar por:
mais votados
Avisem a Malta
Quando o encontrarem, avisem . Estou a precisar do gosao de Higgs, para completar um texto no meu belogue " Christo Y Sus Muchachos " . E' que algumas coisas nao estao a dar certas . Por exemplo : quando alguns membros da Opus d' Ele sao levados a tribunal, sao severamente punidos pelos juizes da Maçonaria . E versa-vice . Mas as Organizaçoes, em si, nunca sao levadas a tribunal . Porque sao secretas ? Nao . Toda a gente parece saber quem pertence a uma uma ou 'a outra, portanto, de secretas nao teem nada . A mim, o que me parece e' que certas tradiçoes judaicas contemporaneas do Iscariotes teem obscurecido o esclarecimento da Verdade . Se em 2015 se conseguir saber, ao certo, porque e' que ele traiu o Mestre, no que tem tido seguidores ate' ao presente, tera' valido a pena esperar 2000 anos . Mas vamos ao que interessa . Tenho um palheiro la' na terra, onde perdi uma agulha que vale, 'a vontade, 30 dinheiros, tambem . Os Srs cientistas nao quererao, aos fins de semana, refrescar a cuca e ajudar-me a procurar a dita agulha ? Atento, Venerador e Obrigado, pela atençao .
2 a 5 anos

Nem é muito, se por exemplo andarem a procura de um pedacinho de caspa do senhor.

Isto vale a pena!
Não é preciso ser muito culto para perceber a importancia deste projecto (CERN). Quando se fala nos problemas da "energia", face às necessidades atuais e futuras, consequentes do desenvolvimento das economia emergentes, devemos olhar para a importância do conecimento científico. É daí que pode vir a resposta. Aquilo que parece impossivel hoje poderá ser obsoleto amanhã. Esse dinheiro é sempre bem gasto, mesmo quando os resultados parecem debeis. Hoje a competição cientifica é enorme o que assegura à partida trabalho profícuo. Todos devemos desejar os maiores exitos a todos os cientistas (profissão nobre) qualquer que seja a área a que se dedicam.
estão a perder tempo
O bosão de Higgs está em José Sócrates, parem de procurar!!
Sócrates tem essa partícula. Aliás, isso explica tudo. Ele aparece-nos sempre como o Grande Salvador...
Cena
Eu estava à espera que o Mundo acabasse a qualquer momento, engolido por um buraco negro. Sendo assim, agora é marcar 2012 no calendário, certo? Quero ter tudo arrumadinho.
Espero que encontrem
algo de utilidade para a promoção da melhor convivência que, certamente, é o que mais se quer - mas que forças ocultas e outras bem conhecidas, teimam em manter o acelerado estado de guerra que vivemos. Não importa se vão encontrar ou não o tal deus e, se ele existir mesmo, espero sinceramente que seja um optante pelo pacifismo. O resto é apenas perfumaria. Rio Grande
Novas partículas??
"Descobrimos novas partículas, mas estas descobertas ainda não foram publicadas em jornais científicos, só foram reveladas em reuniões internas do CERN."

Só se pode tratar aqui de um mal-entendido ou uma má tradução, já que uma pessoa cautelosa com o Sr. Heuer seguramente não iria anunciar ao mundo a descoberta de novas partículas através do Expresso. Se tais partículas tivessem sido descobertas, já teria havido uma conferência de imprensa no CERN. É também muito estranho que o entrevistador não tenha interrogado o Sr. Heuer acerca da natureza dessas "novas partículas". Só se pode concluir que houve aqui um equívoco.
Re: Novas partículas??
Re: Novas partículas??
E um começo...mas o fim ninguem sabe.
Claro que é uma realidade científica...
Mas eu não sou cientista e há muito tempo que sei disso,,,
Sempre existiu...
Nada é tão simples na vida terrena do que acreditar em Deus...
O Universo existe há milhões de anos,e por ele próprio de partículas «inteligentes» assumiu uma proporção em multiplicação de células vivas e programadas para se fazer vida.
Esse mistério chama-se Deus,o Criador de todas as coisas visíveis e invísiveis...
O pulsar do mundo é o mistério...e como mistério que é,sabe-se que nunca nenhum ser humano o poderá atingir...porque o mistério e o segredo é que comanda a vida...
IMPOSSÍVEL 2 OU 5 ANOS...
Impossível estas revelações...
Ninguém nunca conseguirá em tão poucos anos desvendar um mistério tão grande como este...
O maior mistério do mundo que é a nossa própria criação
são coisas tão insondáveis que nunca haverá resposta.
Os Deuses são os Mestres de tudo que existe...
Nada é tão Grande como o Universo...
Nada se pode comparar a uma inteligência Supra Milhôes até ao Infinito...
Nós não sabemos nada...nem conhecemos o que existe no fundo dos mares e nem na terra que pisamos...
A mafiosa família Vaticano está a ficar nervosa!
Os responsáveis do CERN que se acautelem! A mafiosa família Vaticano tudo fará para sabotar o acelerador de partículas! Se encontram partícula de Deus lá se vão as patranhas que a Igreja usa e tem usado para enganar os convencer os mentecaptos!
A verdade
Interessante ver pessoas com alta formação técnica e científica não desistir de compreender tudo isto de big-bang, a formação de vida, universo, anos-luz, etc.

Não querem admitir que há coisas que não são para a nossa compreensão e que é melhor passar adiante.
Ou pela via mais fácil, que é uma qualquer religião.
Ou reconhecer que "sobre a verdade nada sabemos" como alguém já escreveu.
Cultura de jornal...
Isto de chamar "partícula de deus" o bosão de Higgs, já é demagogia. Se "deus" está relacionado com a "origem de tudo que constitui o Universo" é porque deus=criador e, então, quem criou o criador? Ah já sei! o criador foi quem criou Adão e Eva há 10 mil anos :)))
Vamos a coisas sérias e não vamos dar demasiado importância ao que está escrito no Expresso, que é "Cultura de jornal ou no máximo de revista"!
Talvez os leitores estejam interessados em ler um artigo publicado no dia 13 deste mês sobre "Outros Universos", e portanto, para alguns, as diferentes "partículas de deus" ou será de "deuses" ?!

http://www.technologyrevi...

Mas isto de encontrar "deus" em vários locais, como os panteístas, até tem piada. Em 2002, Corey S. Powell, um dos mais prestigiados jornalistas científicos publicou um livro com o titulo:"God in the equation: how Einstein became the prophet of the new religious era" que foi traduzido em português (e mal traduzido) como: "A equação de Deus". Como vêm, caros comentadores, se não se incluir a palavra "deus" nas publicações de caráter científico, as mesmas não se vendem tão bem... O assunto é que não tem nada a ver com deus ou deuses, mas com o $$$ a fazer na venda do livro, do jornal, da revista...

Bom ano a todos!
Re: Cultura de jornal...
Re: Cultura de jornal...
Re: Cultura de jornal...(continuação)
Re: Cultura de jornal...(continuação)
Re: Cultura de jornal...
ERRATA: Cultura de jornal...
A mafiosa família Vaticano vais boicotar o CERN!
A mafiosa família Vaticano tudo fará para boicotar o acelerador de partículas que3 ameaça estragar-lhe o negócio da crendice!
bosão de higgs...
quero ver a seguir o que é que vão inventar...mais 50 anos à procura da partícula do diabo. Vão-se catar... trabalhem é para a fusão nuclear. Vão andar toda a eternidade à procura de novas partículas e nunca vão chegar ao fim. Ao cúmulo da sabedoria está sempre associado o cúmulo da ignorância.
Comentários 23 Comentar

Últimas

Receba a nova Newsletter
Ver Exemplo

Pub