16
Página Inicial   >  Pela estrada fora com o CDS-PP  >   CDS quer mais votos do que PCP e BE juntos

CDS quer mais votos do que PCP e BE juntos

|
Paulo Portas, Nuno Melo e Telmo Correia, à espera de subir ao palco em Famalicão
Portas estabeleceu nova meta eleitoral num comício cheio em Famalicão.

No dia em que uma sondagem voltou a dar o PSD com uma vantagem folgada sobre o PS, o CDS suspirou de alívio porque se esbate a incerteza quanto ao vencedor das eleições e tem menos força o argumento do voto útil em Passos Coelho. Paulo Portas não perdeu tempo e estabeleceu um novo objetivo eleitoral para o CDS a 5 de junho: ter mais votos do que o PCP e o BE juntos. O que significa que, depois de passar a ideia de que será candidato a primeiro-ministro, Portas fica-se agora por uma meta mais modesta. Segundo a última sondagem conhecida, os dois partidos de esquerda têm 12,2% e o CDS está nos 12,1% (Intercampus).

Clique para aceder ao índice do especial Portugal 2011

"Sempre dissemos que PS e PSD não estavam empatados. Eu sempre disse que José Sócrates perderia. Mas para uma nova maioria, de mudança a sério, é preciso que, pelo menos, o CDS tenha mais votos do que o PCP e o BE juntos. Porque, se não, não haveria maioria nem haveria mudança. É pura matemática", afirmou Portas em Famalicão, num comício com casa cheia e bastantes caras vindas de outros distritos, nomeadamente de Lisboa.

A sondagem divulgada esta noite pela TVI e pelo Público, foi como um bálsamo para a caravana centrista, num momento em que a pressão do PSD era cada vez mais notória. A previsão de empate entre os dois maiores partidos é o cenário de pesadelo para Portas, pois permite ao PSD apelar ao voto útil, com o argumento de que, "desperdiçando" votos no CDS, o PS poderá vencer. O argumento do "medo", como disse o eurodeputado Nuno Melo, estrela convidada para o comício de Famalicão, a sua terra.

Aos eleitores "indecisos entre o CDS e o PSD", Portas deixou uma garantia e um desafio. A garantia, para quem "tem receio ou da inconstância ou do excesso de liberalismo do PSD": o CDS terá uma "governação moderada e um compromisso social com os mais vulneráveis". E o desafio: "comparem trabalho, coerência, esforço, dinâmica, mérito, visão e soluções, e escolham o que vos parecer melhor".

"Portas a decidir o rumo de Portugal"


Portas voltou a repetir que "do ponto de vista da responsabilidade e do Governo, esta campanha não é a dois, é a três". Mas daí ainda não deu o salto para assumir-se como candidato a primeiro-ministro. O CDS tem andado à volta dessa ideia, mas Portas ainda não pronunciou essas palavras. Durante o comício, Nuno Melo defendeu que é importante "levar Paulo Portas a decidir o rumo de Portugal". E Telmo Correia questionou-se: "Porque não nos deixam sonhar (...) com sermos os primeiros nestas eleições?"

Mais claras foram as referências ao PSD - ou, como disse Telmo, "aqueles que podem ser nossos aliados". "Seria muito bom que o PSD não se enganasse no adversário", disse Nuno Melo. E Telmo Correia, cabeça de lista por Braga, enumerou os quatro erros que o PSD comete quando ataca o CDS: "trata um possível aliado como inimigo", "perde tempo", "desperdiça munições" e deixa Sócrates a "assistir de cadeirão".


Opinião


Multimédia

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 16 Comentar
ordenar por:
mais votados
Encontrado ADN nas roupas do PS,PSD e CDS...
aukistuxego...
CDS quer mais votos do que o PC e BE juntos
Não tenho duvidas que o grande vencedor destas eleições vai ser mesmo Portas, pois tem do lado dele dois submarinos enquanto do lado de Passos Coelho só lhe resta o BPN. A esquerda merece bem este castigo, embora se saiba que não vai aprender a lição.
Perda de munições...
Houve perda de munições.
O grande ataque ao porta-aviões foi água.
Os submarinos devíam-se ter-se aliado às fragatas de guerra.
Como não aconteceu,agora é tarde.
Mas mais guerra vem aí,o cadeirão está ocupado a ver até onde os bombardeiros chegam.
O cenário não é trágico mas apreensivo.
Bem podes esperar sentado !
Ó «Porcas» ... Bem podes esperar sentado ! Porque Isso só vai acontecer "Numa manhã de nevoeiro" de 2.500 antes do próximo Salazar ! ! !
1>0+0
Por mim terá.
592.997<558.062+446.994 em 2009
AGRADEÇAM AO PCP/BE!!!!
A direita portuguesa PSD/CDS , se ganhar as eleições como tudo indica, deverá ir a Fàtima colocar velinhas pelos dirigentes dos partidos da extrema esquerda, PCP/BE. É graças à "excelência de competência politica" destes que a direita irá tomar o poder. Eles, PCP/BE, sabem bem que 85% da população lhes vira as costas...para os restantes 15% encherem as ruas em gritos de bota-abaixo!!!
Que é isto...??
Que é isto...??- pergunta o Comandante do submarino.
- Não sei meu Comandante,mas levámos com um torpedo de raspão de uma fragata.

- Boa...só me faltava essa,então o ataque não era ao porta-aviões??
- Já não entendo nada meu Comandante,até pensei que as fragatas eram nossas aliadas...

- Aínda não,mas vão ser.
- Não vamos responder,faz de conta que estávamos distraídos e não vimos nada.
Embora ao ataque,força!!

- Ao ataque a quem Sr Comandante??

-Ao porta-aviões SEU GRANDE BURRO!!
Palhaçada.
Política para nabos é o que posso chamar a esta campanha, gostava de ouvir se possível o CDS debater o seu programa. Será que é pedir muito?
Tratam os Portugueses como acéfalos.
Tenho pena que seja assim.
Assinado:
Bispodebraga, Republicano, Ateu e Humanista.
 
Azia
Nos últimos tempos temos reparado que algumas pessoas andam com muita azia! E muitas outras têm o desplante de exigir que o CDS debata o seu programa eleitoral, coisa que o PS faz diariamente, debater o seu programa, aquela coisa que é basicamente "nim"! O CDS vai governar e muito bem, merecem, têm uma equipa jovem e com ideias bem definidas. E quanto à questão dos submarinos só pessoas mal formadas continuam a insistir nisso: Paulo Portas já repetiu várias vezes que prestará declarações de imediato caso seja solicitada a sua presença.
Re: Azia
Re: Azia
Como é possível...
que o Paulinho das feiras tenha roubado 30 milhões a Portugal e depois foi para os Estados Unidos meter uns dentes e fazer uma esfoliação facial (depois de nos ter esfoliado a nós) ainda tem tempo de passar por o Hotel de sete estrelas do Dubai, a polícia Alemã já pediu explicações ao Paulinho e está a ser investigado e no fim de isto tudo apresenta-se como homem de estado.
Eu ao contrário de muito douto que aqui anda, apesar de ficar desiludido se o PS perder as eleições pois continuo a acreditar sem dúvida que é o único Partido com capacidades para melhorar Portugal, se o PSD/CDS formarem governo muito me vou rir na cara dos que aqui os defendem quando começarem a ver as políticas dos meninos.
A mim sinceramente tanto me faz, sempre trabalhei por conta própria e nunca recebi dinheiro do estado nem subsídios de desemprego apesar de já ter passado por períodos sem trabalho, só me custa viver num país de saloios atrasados que Lêem o record e depois querem discutir política.
Portugal dos três Fs.
Não gosto de futebol, Fátima nada me diz e o fado deixa-me triste.
Como é possível...
... alguém se esconder atrás de nicks saloios e fazer acusações sem provas. Como é possível alguém viver de recibos verdes pagos pelos fundos comunitários prestando um péssimo serviço, ainda por cima, a pessoas que se vêem obrigadas a assistir a aulas de pseudo-professores que vivem de biscates porque não conseguem melhor. Mas quando o POPH acabar acaba-se também a "xuxa" de buçais que ofendem tudo e todos só porque não pensam da mesma forma. Intelectuais frustrados que pensam que os iluminados não lêem o Record e a A BOLA, sendo este último, o jornal onde se escreve o português mais correcto. Portas no governo, sim, uma realidade. :))
Vamos para o Minho...
De repente o Comandante grita;
- Vamos para o Minho,ali é que está a agricultura!

- Peço desculpa Sr Comandante,mas o mar não está no Minho...e essa da agricultura...

- Não importa...eu vou de autocarro...há lá muitas excursões e um "MATA-BICHO" digno de um futuro 1º Ministro...bora-lá!!!
A "pura matemática"
As rabulices de Portas:os eleitores podem ter a certeza de que o CDS " terá uma governação moderada e um compromisso social com os mais vulneráveis".
Ora aí está :Portas será chefe de um governo CDS e ditará o que se vai fazer e como.
Será portanto um governo de "salvação nacional" abrangendo apenas o universo do CDS que dá as ordens e as garantias acima.
Depois mais uma mistificação: para haver "uma mudança a sério" , o CDS ter mais votos do que o PCP+BE ...
É a " pura matemática" de Portas que se "esquece" de que a primeira condição será a de o PSD ter maioria (de preferência sem o CDS).
Nada os impede de sonharem como pede Telmo Correia. Sonhem à vontade, os eleitores é que têm que estar bem acordados quando forem votar.
Parece-me que mesmo no caso de o PSD obter maioria absoluta, irá tentar uma coligação com o CDS já sem este ter a veleidade de esticar a corda e vender caro a sua "solidariedade ."
Por outro lado, a campanha não é a três como diz Portas:
A campanha é a dois:
QUEREM MAIS DO MESMO QUE NOS LEVOU À BANCARROTA
                                                          ou
QUEREM GENTE LIMPA E COMPETENTE DISPOSTA A SERVIR A NAÇÃO?

A escolha será entre o OCASO e o RESSURGIR de Portugal.
Comentários 16 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub