65
Anterior
Históricos socialistas pressionam Seguro
Seguinte
Moção de censura chumbada
Página Inicial   >  Política  >   Cavaco Silva passeia nas Selvagens

Cavaco Silva passeia nas Selvagens

Presidente da República chegou esta manhã à ilha Selvagem Pequena, que visitou antes de partir para a Selvagem Grande.
|

Cavaco Silva iniciou esta manhã, na ilha Selvagem Pequena, de apenas 20 hectares, uma visita oficial de dois dias às Ilhas Selvagens, no arquipélago da Madeira.

Depois de ter aterrado ontem à noite no Funchal, onde foi recebido pelo presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim, o Presidente da República pernoitou a bordo da fragata da marinha portuguesa "Vasco da Gama", que depois levou o Presidente ao seu destino.

À chegada à Selvagem Pequena, Cavaco, acompanhado de Alberto João Jardim, foi guiado por Paulo Oliveira, diretor do Parque Natural da Madeira, e até teve oportunidade de segurar uma cria de calca-mar, ave que abunda na ilha.

De seguida, Cavaco Silva irá embarcar no navio oceanográfico Gago Coutinho, que levará a comitiva para a Selvagem Grande. Durante a viagem, o Presidente da República terá oportunidade de assistir à descida do "ROV Luso" no mar, um veículo de operação remota com capacidade de mergulhar a seis mil metros de profundidade, e a um briefing sobre a extensão da Plataforma Continental e a Estratégia Nacional para o Mar.

Presidente dorme na Selvagem Grande


A meio da tarde, a comitiva desembarcará na Selvagem Grande, onde responsáveis do Parque Natural das Selvagens farão uma apresentação das atividades desenvolvidas naquela Reserva Natural. Depois, num momento simbólico, o Presidente da República assistirá ao carimbo de postais comemorativos dos 50 anos da 1ª expedição científica às Ilhas Selvagens, data que se assinala na sexta-feira.

O chefe de Estado visitará de seguida a única casa particular existente nas Ilhas Selvagens, propriedade de Francis Zino, do filho de um dos participantes na primeira expedição científica ao subarquipélago.

Cavaco Silva dormirá depois na casa dos vigilantes da natureza, tornando-se no primeiro Presidente da República que irá pernoitar nas Selvagens, já que os seus antecessores Mário Soares e Jorge Sampaio também se deslocaram à ilha, mas permaneceram em terra apenas um par de horas.



Opinião


Multimédia

Os assassínios, as execuções, as decapitações são as imagens mais chocantes de uma propaganda cada vez mais sofisticada. É a Jihad, que recruta guerrilheiros no ocidente para matar e morrer na Síria. O Expresso seguiu as pisadas de cinco jiadistas portugueses, mostrando quem são e como foram convertidos e radicalizados. E como lutam, como foram morrer - e como já haverá arrependidos com medo de fugir. Reportagem em Londres, no café onde viam jogos de futebol, na universidade onde estudavam e na mesquita onde rezavam. Autoridades e especialistas em terrorismo estão alerta sobre este pequeno mas perigoso grupo, onde corre sangue português - e de onde escorre sangue por Alá.

Desacelerámos a realidade para observar a euforia da liberdade

Ela, Jacarandá, é algarvia. Ele, Katmandu, é espanhol. São linces e agora experimentam a responsabilidade da liberdade: foram soltos esta terça-feira numa herdade alentejana, próxima de Mértola, eles que saíram de centros de reprodução em cativeiro. Foi inédito: nunca tinha acontecido algo assim em Portugal. Estivemos lá e ensaiámos o slow motion.

Geração Z

Mais rápidos, mais capazes, mais solitários, os Z vivem agarrados aos ecrãs, pensam com a ajuda da internet e estão permanentemente preocupados com a bateria do telemóvel. Que geração é esta que nasceu com a viragem do século?

Desaparecidos para sempre no Mar do Norte

O dia 15 de novembro já foi feriado, há 90 anos. A razão foi o desaparecimento de Sacadura Cabral algures no Mar do Norte. Depois de fazer mais de oito mil quilómetros de Lisboa ao Rio de Janeiro, o aviador pioneiro não conseguiu completar o voo entre a cidade holandesa de Amesterdão e a capital portuguesa. Ainda hoje, não se sabe o que aconteceu ao companheiro de Gago Coutinho e tio-avô de Paulo Portas, a quem o Expresso pediu um sms.

Os muros do mundo

Novembro relembrou-nos os muros que caem, mas também os que permanecem e os que se expandem. Berlim aproximou-se de si própria há 25 anos, mas há muros que continuam a desaproximar. Esta é a história de sete deles - diferentes, imprevisíveis, estranhos.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Terror religioso está a aumentar

Relatório sobre a Liberdade Religiosa é divulgado esta terça-feira em todo o mundo. Dos 196 países analisados, só em 80 não há indícios de perseguições motivadas pela fé.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.


Comentários 65 Comentar
ordenar por:
mais votados
Será que um povo favelado, não pensa?
Será que um povo favelado, não pensa?

No Brasil também pensaram assim, e estavam enganados... Isto de andar a brincar ás esquerdas, com um pé num 'suposto' apoio social que não chega, e outro em conversas de políticos, que não passam de neoliberais disfarçados, pode sair caro a todos...

Ou estamos do lado do povo, ou estamos do lado das negociatas neoliberais. Isto não é ser de esquerda ou direita.
Cagarras estão-se a cagarrar para o Presidente!!
Completamente de acordo!
desculpe...
aconselho-o a ler
não diga isso...
Não tem que ser assim!
o seu ponto de vista é válido...
"VAI SER UM PERÚ ?"
Ai que lindo.........«Já visitei as Selvagens como os outros tristes».
«Nasce selvagem ...lá..lá..lá....»
(patrocinado pela Nike) e "Adidas"
kacus
Cavaco o primeiro...
Para a história, Cavaco ficará como o primeiro presidente que pernoitou nas Selvagens.
Para a imprensa sensacionalista, dado o considerável período de tempo, que ali permanecerá, Cavaco ficará para a história como o primeiro presidente que urinou nas Selvagens e quiçá, como o primeiro presidente que defecou, nas Selvagens (isto se não sofrer de obstipação).
Teve o meu ponto, meu caro
Ponto para este comentário?
Socrates
Uma adenda
Cavaco Silva trocou a Coelha pelas Ilhas
Selvagens para passar uns dias. Isso custa ao bolso dos contribuintes 160 mil euros...
GRANDE CONTABILISTA...
"NÃO HÁ PONTOS"
ponto bem merecido
não faz mal...
Sabes para que serve?
O Resistente é comunalha,
e quanto lucro pode dar ao País ?
Pois
obrigada...
Se fosse o rei de espanha
Boa, Lojadachinesa!!!
uns são ignorantes, outros são demagógicos...
Isso nao e nada...
lol
Coitado do passarinho nas mãos deste "estraga-albardas"!
Quanto custa essa estadia ao país?
E o que ganha o paíse com ela?

Agradeço as respostas.
ganha a plataforma atlântica...
ficaste preso na época dos descobrimentos
nem sei que lhe diga...
AHAH
pobre e mal agradecido...
EMEPC - ZEE
Concordo 100% consigo...
Não houve engano :)
obrigada , então...
Lindooooooo !!

O senhor Silva voltando às origens, ao tempo em que subia às alfarrobeiras, mas para matar passarinhos !!
Nessa altura
Vai para lá, serás galado até te fartares !
Força dissuasora
Viva George
alfarrobeiras, tartarugas
E outros trepam aos coqueiros !!
orçamento
orçamento 2
Ó Loja, desampara a minha
O erário publico...
anda a passear o PR. Então os outros foram lá e ele não ia com a sua Maria! Era só o que faltava! E até devia ter vestido trajo de gala e com a fitinha a tiracolo! Está-se a acabar e os ratos estão a preparar-se para deixar o barco. O timoneiro que vier a seguir que trate do assunto!
reconhecimento merecido ao EMEPC e à marinha
Eia, o Presidente da República de botas de caminhada/montanha. Sim senhor. Um conselho: não troque de calçado no Gago Coutinho. Aquilo é só ferro e não convém andar de calçado ligeiro.
Parabéns também pela iniciativa de ficar a dormir nas selvagens. Não é para qualquer um. Não há luxos nem conforto por aí além.
À malta do EMEPC e do Gago, um gand'abraço. Espero que tudo corra bem durante o mergulho. Estou curioso para saber se o Presidente irá ajudar na disposição da cablagem das sondas e umbilical. E se terá a paciência necessária para assistir ao mergulho todo. Desde os preparativos, passando pelo encorajador "ROV-on-water", passando a zona de penumbra aos 100 m e daí até ao fundo escuro. Seria engraçado pô-lo a escrever o LOG também :).
Que as expedições científicas continuem por mais anos! Esta é a mais importante que temos a operar na nossa ZEE. A expedição de 2009 às selvagens foi por exemplo uma das mais relevantes, e nunca me hei de esquecer daquela em que eu participei, até às montanhas submarinas de Milne e Altaír.
Podiamos trocar...
Uma ideia: Mandavam todos os políticos para as selvagens e só quando eles se lembrassem do povo e esquecessem os seus próprios interesses aí sim podiam voltar para o continente!! Depois vinham os calca-mar fazer um protesto por causa do fortíssimo cheiro a corrupção q tinha acabado de chegar à ilha! Outra ideia: O tempo q andam com reuniões d acordos p nos dar mais porrada (impostos) mandávamos todos os políticos para o fundo de um vulcão, até chegarem a acordo iam aquecendo o vulcão até à erupção total!!! Duvido que o vulcão entrasse em erupção, os políticos ainda punham os secretários de estado agarrados a extintores! E continua esta gentalha a brincar connosco com reuniões! Não brinco mais... eles não merecem!!!
A minha legenda para a foto n.º 4:
- Ai que passarito tã bonito, na êi?! Quém me dera levá-lo pra juntos dos més canitos que comém panitos, ma na comém calca-maritos - exclama um deslumbrado Cavaco Silva.
P.S.: Não havia nenhum ornitólogo na comitiva que dissuadise Sua Excelência de conspurcar a Natureza? Vai a avezinha ser rejeitada pela progenitora após o toque de Cavaco?
Cagarras com diarreia
Espero sinceramente que as cagarras tenham um ataque de diarreia. Diurno e nocturno.
Crónica das Selvagens
A visita que o senhor presidente da República, está a efectuar às Selvagens, está a revelar-se um verdadeiro sucesso.
Na sua chegada ás Ilhas Selvagens, Cavaco Silva, não ouviu um protesto, um insulto, um assobio...sequer um mero desabafo.
As próprias carragas, demonstraram enorme regozijo, com a visita presidencial, tendo chilreado em uníssono em louvas ao senhor presidente da República. Uma cena de fazer inveja, ao solitário passarinho que um dia pousou na lapela de Nicolas Maduro, para lhe contar um segredo relativo ao falecido presidente da República Bolívariana da Venezuela.
Consta que na própria Coreia do Norte, onde a natureza se manifesta consoante os estados de alma do grande líder, nunca se viu nada assim.
Perante o evidente sucesso, desta visita às ilhas Selvagens, podemos já arriscar que, à semelhança do que, Viseu, foi no século passado, as Ilhas Selvagens serão o Cavaquistão do século XXl.
@mancamulas
Cavaco Silva passeia nas Selvagens
Para espanhól ver e não só !
Cavaco Silva não brinca em serviço !
...
Não é qualquer um que gasta 160 mil € numa viagem ás selvagens!?

Estou para ver ... se esta viagem vai dar em algo ... para não ser mais uma vanglória dos políticos e que nos afinais a imagem do nada para o nada e de um país pobre que não progride!
Comentários 65 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador

PUBLICIDADE

Pub