16 de abril de 2014 às 23:53
Página Inicial  ⁄  Dossiês  ⁄  Dossies Atualidade  ⁄  Escândalo Murdoch  ⁄  Caso "News Of The World": quatro jornalistas e um polícia detidos

Caso "News Of The World": quatro jornalistas e um polícia detidos

Quatro jornalistas do jornal "The Sun" e um polícia foram detidos no âmbito do caso das escutas ilegais do "News Of The World". Clique para visitar o dossiê Escândalo Murdoch
Lusa
Quatro jornalistas do "The Sun" foram detidos EPA Quatro jornalistas do "The Sun" foram detidos

Quatro jornalistas do jornal britânico "The Sun" e um polícia foram detidos hoje no âmbito do caso das escutas ilegais do extinto semanário "News Of The World", informou hoje a Scotland Yard.

A Polícia Metropolitana de Londres disse que os cinco envolvidos na investigação, com idades compreendidas entre os 29 e os 56 anos, foram detidos em distintos lugares em Londres e Essex por suspeita de subornos pagos por jornalistas a agentes da polícia no caso das escutas ilegais.

Clique para aceder ao índice do dossiê Escândalo Murdoch

O polícia, de 29 anos e que trabalhava num departamento de vigilância territorial da Polícia Metropolitana, foi detido quando estava em serviço em Londres, adiantou a mesma fonte.

A sua detenção é a segunda entre polícias e acontece por suspeita de "corrupção, má conduta no exercício da sua atividade e conspiração".

Ex-diretores do "The Sun" detidos


Os restantes detidos são os ex-diretores do "The Sun" Fergus Shanahan e Grahan Dudman, além do atual diretor da secção de sucessos Mike Sullivan e o chefe do departamento de informação Chris Pharo, também do mesmo tablóide, segundo a cadeia estatal de televisão britânica BBC.

Estes detidos estão a ser interrogados como suspeitos de "corrupção, de ajudar a instigar a má conduta e de conspiração", segundo a mesma fonte.

Com esta operação sobe para 13 o número de pessoas que foram detidas no âmbito da chamada "Operação Elveden", que investiga possíveis subornos a agentes e que se desenvolve paralelamente à investigação policial sobre a espionagem do jornal britânico "News Of The World", encerrado em julho passado.

O juiz britânico Brian Leveson está atualmente a investigar a ética jornalística em relação aos métodos ilegais que durante anos o tablóide utilizou para obter informações exclusivas.

Em 2006 foi tornado público que o semanário fazia espionagem, mas a investigação terminou pouco depois, embora a polícia tenha reiniciado as investigações em janeiro do ano passado.

O escândalo agravou-se durante o verão ao ser descoberto que os telefones de familiares de vítimas de crimes, terrorismo e de soldados mortos em combate tinham os telefones sob escuta.

Comentários 1 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Quem nos dera que em Portugal...
a democracia e a justiça funcionassem desta maneira.
Mas isto só acontecerá se a nossa opinião pública for forte e os políticos a começarem a temer.
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub