23 de abril de 2014 às 23:57
Página Inicial  ⁄  Dossiês  ⁄  Dossies Atualidade  ⁄  Escândalo DSK  ⁄  Canal francês divulga imagens sugerindo alegado complô contra DSK (vídeo)

Canal francês divulga imagens sugerindo alegado complô contra DSK (vídeo)

Canal francês divulgou imagens de videovigilância do hotel Sofitel, onde estavam Dominique Strauss-Kahn e a empregada guineense no dia da alegada violação, sugerindo que uma parte do vídeo aponta para um complô contra DSK. Clique para visitar o dossiê Escândalo DSK
Veja vídeo SIC:

 

A cadeia francesa BFMTV difundiu as primeiras imagens de videovigilância do hotel Sofitel de Nova Iorque, a 14 de maio, mostrando o antigo responsável do FMI e a empregada de quarto que o acusou de assédio sexual.

Clique para aceder ao índice do dossiê Escândalo DSK

Dominique Strauss-Kahn foi preso a 14 de maio em Nova Iorque e o processo legal contra ele foi abandonado em agosto, mas um procedimento civil ainda está a decorrer. Esta situação acabou com as ambições políticas do antigo favorito nas sondagens para a eleição presidencial em França, em 2012.

A cadeia televisiva divulgou as imagens das câmeras do hotel desde a saída de Dominique Strauss-Kahn até à chegada da polícia, a 14 de maio.

Nestas imagens, é possível ver o ex-líder do Fundo Monetário Internacional (FMI) a sair calmamente do elevador do Sofitel, dirigir-se à receção, pagar a conta e deixar o hotel antes de entrar num táxi.

Na segunda sequência, vê-se a empregada de quarto Nafissatou Diallo com os agentes do Sofitel.

"A ideia que estes vídeos estabelecem a implicação da Accor numa conspiração não faz sentido"


Uma das cenas desenrola-se num corredor do hotel e um agente do hotel, Adrian Branch, telefona à polícia para dar conta de que uma empregada afirma ter sido vítima de uma "agressão sexual", segundo um registo sonoro divulgado pela cadeia televisiva.

Nas imagens pode ver-se Nafissatou Diallo sentada no corredor, silenciosa.

O grupo hoteleiro Accor, proprietário do Sofitel, denunciou "a difusão" de partes das imagens de videovigilância da unidade, defendendo que "expõem inutilmente os membros da equipa" do hotel "à curiosidade mediática".

O grupo Accor, de origem francesa, garantiu que "a ideia que estes vídeos estabelecem a implicação da Accor numa conspiração não faz sentido".

"Neste assunto, como é nossa obrigação, o Sofitel sempre cooperou com a justiça norte-americana", salientou o grupo, em comunicado.

Comentários 11 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Depende do ângulo..e do dinheiro..
Aliás pelas imagens e vendo de outro ângulo até se vê a empregada a pagar ao DSK os favores sexuais e a fazer troco!
A hipocrisia é gritante pois existem duas leis, uma para os intocáveis e outra para os outros....!
Castrado era pouco...
Re: Depende do ângulo..e do dinheiro.. Ver comentário
Re: Depende do ângulo..e do dinheiro.. Ver comentário
Re: Depende do ângulo..e do dinheiro.. Ver comentário
Re: Depende do ângulo..e do dinheiro.. Ver comentário
Re: Depende do ângulo..e do dinheiro.. Ver comentário
Canal francês divulga imagens complô DSK
Esta historia sempre me pareceu desde o seu início muito mal contada. O aparato foi demasiado e parecia que algo estava por de trás do acontecimento. É claro que nem vou ao ponto de achar que não houve acto sexual, mas provavelmente foi provocado e consentido. As prostitutas são visitas consentidas e até arranjadas pelos hotéis como um serviço aos clientes. Uma coisa é certa o homem foi arrumado no emprego e politicamente e isso é um facto indesmentível. Sem duvida que interessou a muita gente. A verdade nunca será do conhecimento de todos nós. Vai haver sempre dúvidas.
Re: Canal francês divulga imagens complô DSK Ver comentário
Complot da pila.
Então o velhote já não pode resolver o problemas de umas quantas velhotas...Ora essa...
Vai-se fazendo luz!
O vídeo mostra um Strauss a sair calmamente, e uma empregada a falar descontraidamente com alguém. Não saiu a correr atrás de ninguém, não pegou em nada para se defender,Nada. Simplesmente sentou-se e falou.

Festejos depois de um incidente no hotel? Não é preciso a empregada dançar para provar que foi tudo um complôt.basta um ou dois, como é o caso, dos intervenientes.
JÁ ENJOA E METE NOJO...
tanto o caso como as opiniões de muitos dos que aqui escrevem... DSK tentou abusar sexualmente da empregada e não tenho dúvidas nenhumas disso, pois é tão descabido e inverossímil a senhora ter inventado tal situação, por outro lado as "abordagens" do DSK já não raras quanto isso, pois conhecem-se já casos anteriores. Ora bem quem é mais credível, uma pessoa cujos anteriores casos a "roçar" o criminoso prendem-se com o conhecer alguns drugdealers e/ou ter fumado umas ganzas e nada mais que isso, ou um senhor cujos casos de tentativas de abusos (alguns consumados) são de conhecimento público?... pois parece que para a maioria dos pobre de espírito, preconceituosos e com a paranóia das teorias de conspiração, a credibilidade aqui pende a favor do "elo mais forte"... enfim...infelizmente a natureza humana tem destas coisas!!!
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub