Anterior
A "Ronalda" da política, o "pimba" das Primárias e o coveiro Nogueira
Seguinte
O viveiro do PSD
Página Inicial   >  Blogues  >  Opinião sem cerimónia  >   Caiu a máscara ao Presidente do TC e por baixo estava Jerónimo

Caiu a máscara ao Presidente do TC e por baixo estava Jerónimo

O Tribunal Constitucional decidiu intervir politicamente e esquecer a separação de poderes prevista na Constituição. Para alguns juízes a solidariedade entre gerações é uma via apenas com um sentido.  

|

 

"Os cortes são cegos"(...) "Não há uma verdadeira reforma, é preciso uma reforma mais  profunda e sistemática " . Não, não são declarações de Jerónimo  de Sousa, tão pouco de António José Seguro, mas sim do Presidente do TC. Parece que ao falar de improviso lhe caiu a máscara e, afinal,  por baixo da pele, estava um líder político. De uma esquerda se não radical pelo menos desligada da realidade. Depois de anos à procura das forças  de bloqueio que Cavaco jurava existirem, elas afinal estavam sob a toga do TC. Se tantas vezes dizemos (e bem) à justiça o que é da justiça, será tempo de recordar aos senhores do TC o óbvio: para deixarmos à justiça o que é da justiça terão de deixar à política o que é da política. Cada "macaco no seu galho".

A solidariedade entre gerações conheceu um novo capítulo e, com isso, novos atores:  o Tribunal Constitucional e a maioria dos seus juízes. Com este novo participante, o debate ganha também um novo perfil e, depois da falta de solidariedade intergeracional, existe agora a falta de solidariedade institucional. Como lembrou Passos Coelho no Pontal "os juízes do TC têm uma estranha noção de equidade".

 A solidariedade entre gerações é uma via com dois sentidos


Depois de conhecer os mais recentes acórdãos do TC apetece perguntar onde estão protegidas as duas vias da solidariedade entre gerações. É que, pela interpretação da constituição que fazem, a solidariedade é uma via de sentido único em que os mais novos pagam, os mais velhos gozam. Aconteça o que acontecer.

Raro é o jovem português, seja ele mais de esquerda ou de direita, que conta receber a sua reforma por inteiro. Ou seja, no que diz respeito a "criação de expetativas" escusam de ficar preocupados os senhores do TC, porque na base da pirâmide não existem expetativas. 

Onde estava o TC quando em 2007 se cortou 50% das futuras pensões?


Ainda assim, com algum topete e muita inconsequência, pergunta-se: a falência do sistema de pensões também trai o princípio da confiança? Ou este é mais um daqueles princípios de Sentido único? Ah, ok. Mas, esperem lá: onde estava o TC quando, em 2007, foi introduzido (sem protestos) o fator de sustentabilidade em que os trintões de hoje terão, na melhor das hipóteses e supondo que o sistema não colapsa, uma reforma, em condições de descontos equivalentes, com um corte de 50% face ao que se paga hoje. Cinquenta por cento.

A solidariedade entre gerações só existe se tiver dois sentidos, com cedências de ambos os lados. Não fiquem dúvidas que Portugal tem um problema demográfico, tal como toda a Europa . Só Seguro, Costa e os senhores do TC parecem desconhecê-lo. Portanto, algo há a fazer para compensar este défice e isso passa por uma reforma no sistema de pensões.

Alguns socialistas vivem ainda nos louros da famosa reforma de Vieira da Silva, mas até Correia de Campos reconheceu esta semana, num artigo no Público, que há mais a fazer para evitar a queda do sistema e conseguirmos o equilíbrio orçamental exigido pelo semestre europeu que "todos aprovamos". Helena Garrido lembrava no "Jornal de Negócios" de ontem que "vamos  suportar uma fatura mais elevada pelas reformas da administração pública e do Estado Social só porque fomos adiando o problema". Enquanto não percebermos que reformas desta dimensão não dependem apenas de um governo mas de vários e das respetivas oposições  estamos, apenas, a enfiar a cabeça na areia.  O afastamento das pessoas da política combate-se com verdade e resultados e, estes últimos, são bem mais fáceis de obter através da cooperação construtiva entre os vários lados da mesma "barricada" - os que defendem Portugal, porque o país é que é estratégico, por mais tático que seja fazer política a pensar no partido (seja ele qual for).

O Partido dos portugueses


 O verdadeiro partido de todos os portugueses existe quando os partidos com responsabilidade souberem ceder o suficiente para enterrar o seu orgulho e cooperarem numa estratégia de reformas. Só assim é possível combater corporações,  interesses, sindicatos irresponsáveis e outros do mesmo género. Os combates de quem hoje governa serão as dores de cabeça de quem amanhã assumir este desafio.

Enquanto isto não for interiorizado por todos não há mudança que resista. "O atraso do país é o preço a pagar pela cobardia política de vários dirigentes", é isto que lhe chama Helena Garrido e que subscrevo.

Quando há quase dois anos afirmei em plena Assembleia da República que era necessário evitar uma guerra entre gerações era a isto que me referia porque para as gerações mais novas terem alguma coisa no futuro, é necessário que as gerações mais velhas abdiquem de coisa alguma.  Alguns preferiram dar destaque à gritaria irresponsável de uma Deputada do Bloco, e a mais algumas distorções que proferiu, mas, na verdade, o problema que temia e queria evitar era precisamente este: a solidariedade entre gerações só se consegue se ambas abdicarem de parte do que têm direito, porque o que temos não chega para todos se as proporções atuais se mantiverem. Portugal não se soube adaptar à alteração demográfica que ocorreu e o fosso entre o garantido e o possível disparou. 

 O princípio da desigualdade também parece existir no TC


O que o TC tem vindo a fazer, além de se substituir ao Governo, é cristalizar os direitos de alguns para sacrificar os de outros.  Um bom exemplo do verdadeiro princípio da desconfiança e desigualdade.

Admito que nem TC nem PS tenham reparado, mas seria  interessante que também nós, portugueses, pudéssemos seguir o caminho de dezenas de países ( Suécia e Japão, por exemplo) que estão a reformar os seus sistemas de pensões impondo contenção e revisão dos valores que ao longos dos anos se foram pagando. Sem tabus e sem fechar os olhos à realidade porque bem pior do que uma verdade dura é uma doce mentira doce.


Opinião


Multimédia

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola, em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

United Colors of Gnocchi

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Strogonoff de peixe espada preto

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Caril de banana

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Cantaril com risotto de espargos

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.


Comentários 203 Comentar
ordenar por:
mais votados
Claro que o TC odeia o Governo de Passos!!!!
Eles querem a Governar o PS!!! Porque pensam que as suas Mordomias vao ser intocaveis!!! Mas Enganam-se, pois com o PS a Governar, eles ate saltam!!! Porque o PS nao e Educado como Passos e salta por cima de todas as Leis!!! e Bico Calado,...!!! Ja estamos a ver Costa/Socrates a Dizer: "Eu Quero que o TC se Lixe"!!! E os PS's Todos a bater Palminhas!!!
Ó menina!
Passos dava lição de igualdade a Lenine!!!
convicto
Por isso é que eu emigrei.
compreendo-o
A arma e as granadas foi a tua sogra que escondeu.
Senhor!!!
Pensões dos politicos devem ser cortadas.
joana abreu 21
Diminuir a despesa do Estado
Não se pode reduzir....
Ora essa!
IMPERADOR
Será.....
Ó menino!
Já parece
Verdade ou mentira
Mais um nick
É preciso ter lata!
Lata têm vocês
Todos devem apresentar ideias
Mesmo que eu tivesse ideias
Tem de fundamentar
Não me faça rir!
Ria-se à vontade,
Espero que faça isso
Nota-se...
O vosso mal
Vosso!??
☺☺☺☺
Óptimo
Porquê?
Que raio de conversa de trata...
Como vejo a separação do Bom e Mau Banco
Não parecerá uma LaPalissada...
Contestações
Especulações
Até juízes Salazarentos são do PC !
Incrível. Até mesmo os juízes escolhidos pelo PSD
..não te esqueças
Não esqueço!!!
Aqui Está, Novamente, a Dita Gritaria...
Nao alimentem o troll
Antonio
Quanto lhe pagará o Coelho Salazarento ?
Donde apareceu esta ave?
este cronista nunca fez nada na vida a não ser
As contas são simples da fazer
Ó carlos tem juízo...
Políticas
Pouca gente gostará dos acórdãos do TC, do intrincado dos seus raciocínios, da elasticidade dos seus conceitos, com interferências nítidas na área política.

Dito isto, passemos à crónica. A argumentação de Passos, que o autor subscreve, insiste na tecla de que a SS tem que ser autónoma e auto-sustentada. Ora as pensões existirão sempre, com receitas próprias ou não. São uma necessidade social e um velho terá sempre que receber apoio, tenha ou não contribuído. Aliás temos dezenas ou centenas de milhar de pensionistas que nunca contribuíram. E não o fizeram, porque nunca ganharam o suficiente para o fazer ou pela inexistência de caixa. Mas são os que mais merecem, começaram aos 10 anos, sempre ganharam mal e é justo o apoio recebido.
E deverão recebê-lo, haja ou não dinheiro na SS. Para isso estão os impostos.
Passos tem uma fixação nas pensões e talvez fosse melhor olhar para outro lado. Despachando alguns dos especialistas de 3000 €, controlando a contratação de escritórios de advogados e cortando nas pensões, mas nas de 5000 ou mais, evitando escândalos como pensões de 27 mil....... as outras, 90% são inferiores a 600, não é por aí que cresce o déficit.....
Você tem dias!
Concordando,
Mas isso eles esquecem....
Isso faz parte da ...
Haveria tanto por fazer pela Democracia...
Até concordo...
Separe as águas
Para começar ...
Clube de futebol
Sim, claro,são as aparências....
0.75 trillion
Os números
Fazer as leis obedecerem ao nosso gosto...
Excelente alerta! Excelente denuncia!
Preto no banco, não restam dúvidas!

O TC sempre teve uma mão do PC.

São ainda os resquícios do PREC.

Isso só vai passar quando esta geração desaparecer. Há muito que agora estão no poleiro do Estado e muito devem ao PC, e muito trabalharam para os comunistas.

Não há almoços grátis!
Os juízes "são todos" do PS, PSD e CDS...
R: O problema é esse; são os infiltrados do PC
Ah!? O Ricardo Salgado também é infiltrado do PC!?
R: Todos os escroques são infiltrados
É contra? É comunista!
Não alimente o Troll !!
...tudo limpo como?
R: Não!!! Fuzilamentos são feitos pelos comunistas
Estranha maneira de ver o mundo ....
R: É interessante esse seu discurso insultuoso.
"Demos liberdade..."
R: Estou a referir-me ao PREC, pós 25 Novembro
Bem, se assim é ,,,
R: Mas que confusão que cria... I/II
O seu comentário ...
2 - O seu comentário ,,,
3- O seu comentário esclareceu-me muito !
R: OK, entendi!
A guerra das ideologias - 1
R: Mas que confusão que cria... II/II
Ideologias... - 3
R: Obrigado pelo desejo que me parece sincero.
Ideologias... -2
Who is TC??...
R: Tem razão!
"Lutas" nos partidos...!
R: Subscrevo!
"Onde estava o TC quando em 2007 se cortou 50%
R: Tem toda a razão.
Maria Lúcia Amaral, vice-presidente do TC
Que raio de mulher ...
Penso que há um lapso
Democracias há de muitas formas ....
Oh kimarques essas são ideias que já faliram
Tem razão. pelo menos superficialmente ...
2 - a culpa do desastre será do socialismo?
Resposta a "Luta" nos partidos ...
Concordo,
OK!
A corrigir
Em resumo, a diferença está no povo em democracia
Mas que grande confusão de ideias ...
kimarques pretendi dar.lhe exemplos de sucesso
Não se pode comparar o incomparável!
A sustentabilidade económica não depende da antigu
Cada caso é um caso...
O que deve estar errado é cada um de nós
Estamos no futuro da História de Portugal
Pois estamos no futuro da história de Portugal
A resposta será simoles e basta saber ...
Concordo consigo mas não com a interpretação
A inteligência é apanágio de todos...
É comunas por todo o lado
R: Um texto muito interessante
Não é preciso ser comunista para saber ,,,
R: Ia responder mas como começou com insultos...
Aqui o meu contra-"Média Blitz" dos relvistas:
Comecem já a cortar nas mesadas dos vossos filhos e netos. Essa é a primeira medida, para vos proteger no futuro. Guardem bem esse dinheirinho que vos vai fazer muita falta, não vá o PSD ganhar as próximas eleições, ou, pior ainda, se coligar ao PS em 2015.

Estou a falar, como é óbvio, dos trabalhadores que têm hoje 50 e tal anos, e principalmente os que estão a chegar á idade da reforma.

Poupem. Mas poupem mesmo, porque a dose de propaganda desta gente, que se acha poderosa e cheia de razão, pode convencer até os vossos próprios filhos e netos contra vocês.

Alguns exigirão já, um testamento antecipado, tal a fervura igualitária, que lhes corre nas veias!!!

Nunca vimos um governo tão preocupado com os jovens. Que sorte termos um governo que manda os jovens emigrarem, esvaziando Portugal e levando os descontos de milhares de jovens para os outros países...(!?)

R: Mesmo a 'brincar', não deixa de acenar...
Passos, o "Estalinista-Leninista" das gerações.
Porque nao vai trabalhar?
Porque não vai trabalhar?
Bons conselhos ...não haja dúvida, mas ...
D. Afonso Henriques ficaria arrepiado com Passos.
Ah... e alguns nobres amigos do Passos...
Não é preciso que lhes caia a máscara
Já estou farto destas falácias conspurcadas de mentiras e manchadas de cores partidárias, nem me vou alongar muito.

O político bajulador de serviço a certa altura diz: "A solidariedade entre gerações conheceu um novo capítulo e, com isso, novos atores: o Tribunal Constitucional e a maioria dos seus juízes.".
Pois conheceu e nunca se mencionam outros capítulos que vários governos escreveram quando foram delapidar os Fundos da Segurança Social para diminuir défices orçamentais.
Quando o Estado, como patrão, não cumpriu com as obrigações sociais de fazer os descontos dos trabalhadores.
Estes, ao verem o pote vazio, despejaram, sobre os trabalhadores, toda a raiva vingativa.

Já sei que faz muito gosto em ser identificado com a 'quadrilha institucional' mais recente, mas não precisam de tirar a máscara já conhecemos os ladrões de ginjeira.

Acabem com os 'assaltos' e governem, se é que sabem...
O rapazola tem coragem...
...o Joseph Goebbels do PSD no seu melhor
...se tem que se queixar de alguma coisa é dos seus amigos juízes do TC indicados pelo PSD que votaram contra.
Boa crónica, muito polémica,
mas que denota uma grande coragem de quem a escreve. De facto é preciso chamar os bois pelos nomes, chega de dizer humildemente que as decisões dos supremos juizes são para engolir e ficar calado, só porque sim.
Nunca é de mais expor as contradições dos mesmos, a sua agenda politica, a falta de isenção e acima de tudo o facto destes estarem a usurpar o âmbito das suas funções.
Bom, bom, era o Pingo Doce pagar cá impostos...
Mas é claro que o Pingo Doce
Tu e os teus camaradas impedem que paguem
Serás...
E quem é o pixote Duarte !!?

É aquele que já leva, aos 33 aninhos, 12 de político pago e avençado. Ou seja, pago por mim e muitos.

"O autoproclamado consultor, de 33 anos, bem conhecido de todos pela sua notável e repentina mudança de opinião sobre a co-adopção, conta já com um vastíssimo currículo: deputado, chefe de gabinete da delegação portuguesa do PPE no Parlamento Europeu, presidente da JSD, vice-presidente da YEPP (Juventude do Partido Popular Europeu)...
 
Porém, sem dúvida, o grande feito foi conseguido em tenra idade. Aos 21 anos, Duarte Marques era nada menos do que assessor do Ministro da Presidência. O que fazia? Segundo o seu currículo, fazia ‘’assessoria política’’, preparava ‘’visitas e deslocações oficiais em Portugal e no estrangeiro’’ e organizava Conselhos de Ministros. Organizava, Conselhos, de, Ministros, imagino eu.
 
Mal conheço Duarte Marques. São parcas as memórias que tenho dos tempos em que ele, enquanto presidente da JSD, vagueava entre as lides de Associações de Estudantes e Federações Académicas no execrável xadrez da "politicos" (em modo jardim de infância) que todos, melhor ou pior, conhecemos."

In O Público
p3.publico.pt/actualidade/politica/12397/aconteceu-outra-vez-duarte-marques-voltou- escrever
Ó DUARTE MARQUES..JÁ VISTE ESTE VIDEO NO YOUTUBE?
https://www.youtube.com/watch?v=tYzQdsJtKOQ
Cada esguichadela, cada melro
Uma pérola, afianço-vos!

Começa por criticar estas palavras do presidente do TC: «Não há uma verdadeira reforma, é preciso uma reforma mais profunda e sistemática».
Até concordo que se calhar o sr. presidente estava-se a esticar, mas depois vem esta preciosidade: «Enquanto não percebermos que reformas desta dimensão não dependem apenas de um governo mas de vários e das respetivas oposições estamos, apenas, a enfiar a cabeça na areia»
Depois de tanta canelada, acaba por dar razão ao presidente do TC!

«mais novos pagam, os mais velhos gozam»
Gozam, gozam! Os meus pais levam vida de rico com os €400 que ganham, cada um. O meu pai trabalhou 47 anos, sem contar com os 4 anos que andou a defender os tugas que viviam à custa dos pretos em Moçambique.

«verdade e resultados»
Ah, ah, ah, ah! Verdade e resultados! Ui, que barrigada de riso! Um tipo do PSD a dizer isto com cara de sério!! Ah ah ah ah!
Parabéns Duarte mostras coragem
Não posso negar que este artigo é oportuno , perguntar por onde andava o TC quando se cortou nas futuras pensões é brilhante .

Estas a ser uma agradável surpresa , enfrentar o sistema não é fácil este artigo toca nos direitos adquiridos , algo que deve ser combatido .

...errado! ...o pulha do Duarte não mostra coragem
Sei que é um tipo com coragem
Como já não há Judeus antigos suficientes...
Não seja ignorante , apenas 10% receberão menos
errado!
Revisão da Constituição!! Já de imediato!!!!
https://www.youtube.com/watch?v=tYzQdsJtKOQ
JCarvalho
Uma boa parte da sociedade continua a achar que o dinheiro há-de aparecer de algum lado. Se nem os "mercados" nem a europa de Farage, lePen e Merkel emprestarem $ ao estado português, este não terá como pagar vencimentos aos funcionários públicos e, entre eles, aos juízes do TC. Claro que nessa altura o TC decretará a realidade inconstitucional. Perguntas simples a quem aplaude o TC: de onde vem $ para financiar o defice? defendem a saída do euro?
Muito bem!
houve ou não transferencia fundos da S.social ?
Viva
NewDawn
A revelação!
Depois desta revelação emerge a tão esperada justificação que dá razão a todos aqueles que viam no TC uma força antagónica ao desenvolvimento do país, à criação de riqueza e de justiça social.

Caiu a máscara angélica ao TC e finalmente pudemos ver o verdadeiro rosto chifrudo e avermelhado, sinais de uma possessão demoníaca! O mesmo aconteceu ao governo, a imagem de cascos, rabo espetado e tridente na mão, investindo contra o TC, é na verdade uma virgem vestal que se defende contra as marradas demoníacas do TC através da oração!

Finalmente uma vitória!
Afinal qual é o problema, melhor, quem o criou?
De há uns tempos a esta parte, começaram a vender.nos a ideia de que nós não descontamos para a nossa própria reforma, mas para a de outros que não descontaram o suficiente para a reforma que auferem e/ou não trabalharam o número de anos suficientes. Ora se o estabelecido, pelo menos para os trabalhadores do privado, implicava que o total dos descontos feitos pelo próprio e pelo empregador fossem cerca de 33% do vencimento e, se, em média, o tempo de "reforma" correspondia a menos de um terço dos anos de desconto, não se percebe porque não é sustentável a segurança Social. O facto é que houve muita gente que passou a auferir de reformas a que não tinha direito. reformas antecipadas; reformas ao fim de 8 anos (deputados e outros); valor da reforma igual ao último salário; descontos não feitos pelo estado para os funcionários públicos. Considerando que as pensões atribuídas a quem não descontou (rurais e outros) deveriam ser pagas pelos impostos, a sustentabilidade só se reganha se as actuais pensões forem revistas para corresponder aos valores descontados e se cada um passar, de facto, a descontar para si e não para os políticos e outros parasitas do regime.
Exacto. Reformas atribuídas PS, PSD e CDS em 83!!!
A mentira, mil vezes repetida...
Quem nomeou estes juízes? quem governa contra a CRP, tendo jurado cumpri-la? Quem empobrece o país, tendo prometido prosperidade? Quem corta na Segurança Social, na saúde e no ensino, e despeja milhares de milhões no sector financeiro? Quem aumento o IRS e o IVA e baixa o IRC?

Quem está desligado da realidade, das dificuldades e do desespero que hoje é visita na maioria dos lares portugueses?

Quem é, quem é... ?
Chapelada para o seu comentário
Realidades
a realidade
realidades
enrolar, confundir... vale tudo...
Comentários 203 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub