Anterior
Pelo menos nove mortos em acidente de autocarro em Espanha
Seguinte
Árbitro de futebol brasileiro decapitado pelo público
Página Inicial   >  Internacional  >   Brasil exige explicações dos EUA sobre espionagem

Brasil exige explicações dos EUA sobre espionagem

Governo brasileiro diz ter recebido com "grave preocupação" a notícia de que o país é um dos alvos prioritários da espionagem dos EUA.
|
Brasil exige explicações dos EUA sobre espionagem

O ministro brasileiro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, diz que já pediu esclarecimentos ao governo norte-americano sobre a espionagem feita ao Brasil.

"O governo brasileiro solicitou esclarecimentos ao governo norte-americano, tanto por intermédio da embaixada do Brasil em Washington, como do embaixador norte-americano no Brasil", declarou Antonio Patriota, após o jornal "O Globo" ter divulgado, no domingo, que o país é um dos alvos prioritários da espionagem feita pela Agência de Segurança Nacional dos EUA.

Segundo o ministro, o Brasil vê com "grave preocupação" essa denúncia, tendo o governo reunido de imediato no Palácio da Alvorada, em Brasília, para discutir o assunto.

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, revelou que o governo já acompanhava o caso há algum tempo, mas sublinha que "agora a história muda de patamar." De acordo com o governante, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel)  vai investigar se as empresas de telecomunicações do país têm contratos que pressuponham a troca de informações com os EUA.

O Governo de Dilma Rousseff vai propor também a criação de um organismo internacional para regular a rede global de computadores e a melhoria das regras multilaterais sobre a segurança das telecomunicações, para "garantir que a segurança cibernética proteja os direitos dos cidadãos e preserve a soberania de todos os países".


Opinião


Multimédia

Os assassínios, as execuções, as decapitações são as imagens mais chocantes de uma propaganda cada vez mais sofisticada. É a Jihad, que recruta guerrilheiros no ocidente para matar e morrer na Síria. O Expresso seguiu as pisadas de cinco jiadistas portugueses, mostrando quem são e como foram convertidos e radicalizados. E como lutam, como foram morrer - e como já haverá arrependidos com medo de fugir. Reportagem em Londres, no café onde viam jogos de futebol, na universidade onde estudavam e na mesquita onde rezavam. Autoridades e especialistas em terrorismo estão alerta sobre este pequeno mas perigoso grupo, onde corre sangue português - e de onde escorre sangue por Alá.

Desacelerámos a realidade para observar a euforia da liberdade

Ela, Jacarandá, é algarvia. Ele, Katmandu, é espanhol. São linces e agora experimentam a responsabilidade da liberdade: foram soltos esta terça-feira numa herdade alentejana, próxima de Mértola, eles que saíram de centros de reprodução em cativeiro. Foi inédito: nunca tinha acontecido algo assim em Portugal. Estivemos lá e ensaiámos o slow motion.

Geração Z

Mais rápidos, mais capazes, mais solitários, os Z vivem agarrados aos ecrãs, pensam com a ajuda da internet e estão permanentemente preocupados com a bateria do telemóvel. Que geração é esta que nasceu com a viragem do século?

Desaparecidos para sempre no Mar do Norte

O dia 15 de novembro já foi feriado, há 90 anos. A razão foi o desaparecimento de Sacadura Cabral algures no Mar do Norte. Depois de fazer mais de oito mil quilómetros de Lisboa ao Rio de Janeiro, o aviador pioneiro não conseguiu completar o voo entre a cidade holandesa de Amesterdão e a capital portuguesa. Ainda hoje, não se sabe o que aconteceu ao companheiro de Gago Coutinho e tio-avô de Paulo Portas, a quem o Expresso pediu um sms.

Os muros do mundo

Novembro relembrou-nos os muros que caem, mas também os que permanecem e os que se expandem. Berlim aproximou-se de si própria há 25 anos, mas há muros que continuam a desaproximar. Esta é a história de sete deles - diferentes, imprevisíveis, estranhos.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Terror religioso está a aumentar

Relatório sobre a Liberdade Religiosa é divulgado esta terça-feira em todo o mundo. Dos 196 países analisados, só em 80 não há indícios de perseguições motivadas pela fé.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.


Comentários 44 Comentar
ordenar por:
mais votados
Dilma ,o petróleo e o Povo!
Deve preocupar-se com os pobres e menos com os ricos!
...
"DILMA VAI AO "
Cabeleireiro que isso passa-te.
kacus
Oh meus amigos..ge....
Os EUA dão-vos umas "explicações" que nem eles percebem e continuam a espiar-vos!

Como podeis ser tão ingénuos?
Como é "qui podgi?"
Oh meus amigos..ge...
.
O Brasil pode falar grosso ...
... porque é um país enorme e com grandes recursos naturais e humanos. Ou o Brasil alinha nessa mentalidade imperialista e herdeira da guerra fria, fazendo o mesmo que fazem outros países como China, Rússia, França and so on, que se espiam uns aos outros e investem grandes somas em armamento (incluindo o nuclear), ou inova e tenta combater o mal de forma criativa. A proposta do tal organismo regulador poderá ser uma saída interessante.

É por aí ...
Provável imperialismo nascente do Brasil
Tem. À exceção do Uruguai, podemos perceber
O Feudo
Pode ser,
Futuro
Não sou especializado em geo-política,
O controle das vontades e identidades
O objetivo do "chip" deve ser de outra ordem,
Por isso, não fiquei lá muito surpreso com as
Não são apenas os Estados Unidos ...
Os alemães, desde uma longa data, têm muitos
A "falência" da Varig e boicote do voo do Morales.
E como poderia ser diferente?
Não são homens livres
Compromissos
Dilma, arrume a casa e deixe-se de lérias
.
percebo...
Percebo a preocupação. No Brasil, várias são as empresas públicas que têm facebook por exemplo...
A Dilma
Compreendo a preocupação dela. Não vá a espionagem ianque por a descoberto um ou outro corrupto que uma manta já muito retalhada ainda consegue tapar...
"Leverage"
Obrigado pelas suas palavras
conselho
Presidente : Dilma não faça muito barulho que a coisa pode dar para o torto.
Abram os olhos
Ainda vamos ver as grandes multinacionais americanas tomar conta dos recursos naturais do brasil. Acham o quê ? Os USA tem interesse onde quer que hajam recursos naturais a explorar. Depressa tratam de arranjar um q.q. argumento para tomar pela força os bens de que necessitam. O melhor que o brasil faz é conjuntamente com a russia, angola, india e china, criarem as suas próprias NATO, ONU, e FMI para se oporem ao imperialismo norte americano, a europa já sabemos com quem está.
Dilma e os seus burgueses...
... jogam a carta da hipocrisia, mentindo descaradamente para calmarem o descontentamento-geral que lavra contra a corrupção hereditaria.
Exactamente como fazem os yankee's, alucinando os Povos Trabalhadores para reuni-los no caminho da obediencia ao Poder: inventam-se inimigos!!!
Se alguma espionagem aconteceu ( por parte dos USA ) esta incidiu, logicamente, sobre as condições de resistencia ( do Governo de Dilma ) aos Povos Brasileiros em colera. Não sera o steack bovino, proveniente do Brasil, menos caro nos USA que o preço do boi vendido aos exploradores da America do Norte? As madeiras preciosas do Amazonas, não partirão para a empresas transformadoras Norte Americanas? E as principais minas? Sera o Brasil autonomo na distribuição do seu petroleo?
Enquanto os Brasileiros não reduzirem a zero a dominação da burguesia local, os Povos do Brasil continuarão vivendo numa ilusão e sofrendo as grilhetas economicas dos exploradores internacionais.
Os brasileiros já ditam soluções
O povo brasileiro esta sugerindo a Dilma que adote, imediatamente, as seguintes medidas: a - Denunciar o tratado de não proliferação de armas nucleares assinado por Fernando Henrique Cardoso; b - Desenvolver e produzir armas nucleares, já que o país domina a tecnologia nuclear, mas até hoje, só desenvolveu e produziu equipamentos para fins pacifico; c - Produzir mísseis, para transportar ogivas nucleares. a partir de uma nova versão do VLS (veículo lançador de satélites). No mundo em que vivemos, respeito não se adquire por bom comportamento, mas pela imposição da força. Vamos em frente Brasil, por atrás vem gente mal intencionada ! ! !
Senhor ( a ) Comentador ( a ) " PSGD " :
Os brasileiros já ditam soluções
Co-tribuno " PSGD ":
Comer ou ser comido
O Brasil chegou a um ponto da sua evolução como país e devido à sua grandeza que ou come ou é comido, porque ao não se assumir internacionalmente de acordo com o seu peso real, permite que outros países tomem o seu lugar nomeadamente, na liderança da América Latina e mesmo do hemisfério sul, o Brasil pode e deve ser a máxima influência em todo o hemisfério sul porque na prática só tem dois rivais de peso, a África do Sul e a Austrália, mas mesmo esses dois países não chegam. O que neste momento se passa é a omissão brasileira em assumir essa liderança e se demorar mais tempo os EUA tomarão facilmente o lugar do Brasil na sua zona de influência.
A única maneira do Brasil liderar esse hemisfério passará sempre por uma estratégia lusófona perfeitamente articulada com todos os países da CPLP, é bom lembrar que só o Brasil com Angola conseguem dominar todo o mar Atlântico Sul e conjuntamente com Moçambique esse domínio pode passar facilmente por analogia para o Pacífico Sul.
Para " 7P ":
Chauvinismo!?
Essa é de cabo-de-esquadra, Sr. 7P.
Mundo-Velho
Confusões
Tem de ser tomada em consideração
Será uma realidade inevitável
Presidenta
Factos não são fatos e assim sendo pode-se inferir que:
1º Eles espiaram com ou sem o vosso consentimento.
2º As explicações que forem dadas a Vexa vão ser, sem alternativa, aceites e pronto.
3º A burocracia politica/administrativa e empresarial brasileira passa em grande parte pela net.
4º Quanto á "criação de um organismo internacional para regular a rede global de computadores e a melhoria das regras multilaterais sobre a segurança das telecomunicações", na situação em que o Mundo se encontra seria legitimar e agravar o que já se pratica á muitos anos.
5º Vexa tem a certeza que o ex-presidente Lula lhe passou toda a informação do seu mandato relativo ao relacionamento com os states?
Pois, convem saber!

Comentários 44 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador

PUBLICIDADE

Pub