69
Anterior
Europa "sem coragem e sem rumo"
Seguinte
Conselho Geral da EDP prefere E.ON e Three Gorges
Página Inicial   >  Economia  >  Brasil é a 6ª potência mundial

Brasil é a 6ª potência mundial

Brasil ultrapassou o Reino Unido, avança a "Economist Intelligence Unit", empresa de consultadoria pertencente ao grupo da revista "The Economist".  
Agências, blogues e imprensa brasileiras e Economist Intelligent Unit |
Brasil ultrapassará a Alemanha em 2020
Brasil ultrapassará a Alemanha em 2020  / Getty

O Reino Unido já não é a 6ª maior potência económica do mundo, tendo sido ultrapassado pelo Brasil, que passou a ter este ano o sexto maior produto interno bruto (PIB) medido em dólares à taxa de câmbio corrente.

A informação é da empresa de consultadoria britânica Economist Intelligence Unit (EIU), confirmando assim, e antecipando, as previsões do Fundo Monetário Internacional (FMI) para 2011.

Tanto o FMI como a EIU e o Business Monitor International (BMI) haviam previsto que o Brasil ultrapassaria até ao final do ano o Reino Unido, passando a ocupar o lugar de sexta maior economia mundial.

De acordo com as projeções da EIU,  o Brasil perderá a 6ª posição para a Índia em 2013 mas voltará a recuperar o lugar no ranking em 2014, ano do Mundial de Futebol, ao ultrapassar a França.

PIB cresce acima dos países ricos


A diferença do PIB estimado para o Brasil até ao final  do ano - 2,44 mil milhões de dólares (mesmo considerada a redução da projeção de crescimento de 3,5% para 3%) e o PIB do Reino Unido (2,41 mil milhões, com crescimento de 0,7%) é de 1,2%, diferença que poderá facilmente triplicar.

Segundo o jornal "Folha de São Paulo", a subida do Brasil no ranking das maiores economias do mundo deve-se à crise dos países desenvovlidos. De acordo com a agência Terra, a tendência de ascensão dos países emergentes era esperada por especialistas há anos, mas acentuou-se devido à crise global.

A EIU refere que o Brasil continuará a subir no ranking das grandes potências, de modo a que até ao fim da década - de acordo com as projeções - o PIB brasileiro será maior do que o de todos os países europeus.

Segundo o "The Word Economy", de Angus Maddison, em 1820 o PIB britânico, sem as colónias,  era 12,4 vezes maior do que o do Brasil; em 1870 era 14,3 vezes superior; e em 1913, 11,7 vezes mais elevado.

Em 2009, o PIB do Brasil ultrapassou os do Canadá e Espanha, passando a ser o oitavo do mundo, e em 2010 ultrapassou o de Itália.

De acordo com a "Folha", o crescimento do PIB que coloca o Brasil em posição favorável en relação às maiores economias mundiais é influenciado também pelo aquecimento da economia em 2010, pautada por uma política monetária de estímulo ao consumo - com uma série de subsídios e isenções de impostos iniciada no pós-crise.

"Enquanto a maioria das economias desenvolvidas ainda gatinhava na recuperação, o Brasil registou no ano passado o maior crescimento desde 1986, chegando a 7,5%. Em 2009, no entanto, a variação da economia brasileira foi negativa."

O jornal ressalta, ainda, que houve uma desaceleração na relação trimestral este ano, influenciada pela contenção do crédito, da valorização do câmbio, de juros mais elevados e do consequente arrefecimento da indústria provocado por estes fatores.

 

 

 


Opinião


Multimédia

Edwin. O rapaz que aprendeu a sonhar

O que Edwin sabia sobre a vida era sobreviver. Na cabeça dele não cabiam sonhos e os dias eram passados à procura de comida para ele e para a mãe e para o irmão. A fome espreitava nos cantos da barraca de palha no Quénia e ele escondia-se dela como podia - chupar as pedras era uma forma de a enganar. Mas a sorte dele mudou porque alguém viu nele outra coisa. E tudo começou numa dança. Agora, os mesmos dedos que agarravam as pedras tocam hoje teclas de um piano Bechstein. E os pés dele já não estão nus mas calçados. Com chuteiras. Primeiro no Benfica, agora no Estoril, o miúdo de 15 anos que fala como gente grande descobriu que tinha um sonho: ser futebolista. Como Drogba.

Todas as ilhas têm a sua nuvem

Raul Brandão chamou-lhe 'A Ilha Branca'. Como viajante digo que tem um verde diferente das outras oito que com ela formam o arquipélago dos Açores. É tenra, mansa, repousante e simultaneamente desafiante. Esconde segredos como a lenda da Maria Encantada e um vulcão florestado a meio do século passado que nos transporta para uma dimensão sulfurosa e mágica. Obrigatória para projetos de férias de natureza.

Em três quartos de hora não se esquece só a idade. "Esquece-se o mundo"

Maria do Céu dá três voltas ao lar sempre que pode. Edviges vai a todos os velórios, faz hidroginástica e sopas de letras. António dá um apoio na Igreja e nos escuteiros. Tudo é uma ajuda para passar os dias quando se tornam todos iguais. No Pinhal Interior Sul, a região mais envelhecida da União Europeia, quase um terço da população tem mais de 65 anos. Os mais velhos ficaram, os mais novos partiram.

Profissão: Sniper

O Expresso foi ver como são selecionados, que armas usam, para que missões estão preparados os snipers da Força de Operações Especiais do Exército. São uma elite dentro da elite. Um pelotão restrito. Anónimo. Treinam diariamente com um único objetivo: eliminar um alvo à primeira, mesmo que esteja a centenas de metros. Humano ou material. Sem dramas morais, dizem.

Xarém com conquilhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione com esta nova receita.

O que se passa dentro da cabeça dele

O que leva um tipo a quem iam amputando uma perna a regressar ao sítio onde os ossos se desfizeram, uma e outra vez, e testar os limites do seu corpo? Resposta: a busca pelo salto perfeito, que ele diz existir dentro dele e que ele encontrará mais dia menos dia. É a fé e a confiança que o movem e o levam a pular para lá do que é exigido a um campeão olímpico e mundial que não tem mais nada a provar a ninguém - a não ser a ele próprio. Este é um trabalho que publicámos em agosto de 2014, quando o saltador se preparava para os Europeus e falava das metas que tinha traçado para 2015 e 2016: mostrar que não estava acabado. Sete meses depois, provou-o no Europeu de pista coberta em Praga, onde venceu este fim de semana.

Amadeu, que aprendeu o mundo no campo e tinha o coração na ponta dos dedos

Em Portugal, a dedicação à língua mirandesa tem nome próprio: Amadeu Ferreira, o jurista da CMVM que - quando todos diziam que "era uma loucura impossível" - arranjou tempo para traduzir "Os Lusíadas", a "Mensagem", os quatro Evangelhos da Bíblia e ainda duas aventuras do Asterix para uma língua que pertence a um cantinho do nordeste português e é falada por menos de 15 mil pessoas. No final de 2014 deu ao Expresso aquela que viria a ser a sua última entrevista. Morreu no passado domingo e esta quinta-feira foi lançada a sua biografia, "O fio das lembranças", com quase 800 páginas.

Temos 16 imagens que não explicam o mundo, mas que ajudam a compreendê-lo

O júri do World Press Photo queria dar o prémio maior da edição deste ano (e talvez das edição todas) a uma fotografia com "potencial para se tornar icónica". A primeira imagem desta fotogaleria, por ser "esteticamente poderosa" e "revelar humanidade", é o que o júri procurava. A fotografia de um casal homossexual russo, a grande vencedora, é a primeira de 16 imagens de uma seleção onde há Messi desolado, migrantes em condições indignas no Mediterrâneo, a aflição do ébola, mistérios afins e etc - são os contrastes do mundo.

Vamos falar de sexo. Seis portugueses revelam tudo o que lhes dá prazer na cama

Neste primeiro episódio de uma série que vai durar sete semanas, seis entrevistados falam abertamente sobre aquilo que lhes dá mais satisfação na intimidade. Sexo em grupo, sexo na gravidez, prazer sem orgasmo e melhor sexo após a menopausa são alguns dos temas referidos nos testemunhos desta semana. O psiquiatra Francisco Allen Gomes explica ainda a razão de muitas mulheres fingirem o orgasmo. O Expresso e a SIC falaram com 33 portugueses que deram a cara e o testemunho de como são na cama. Ao longo das próximas sete semanas, contamos-lhe tudo.

Elvis. Gostamos ou não gostamos?

Ele não é consensual, mas é incontornável. Dispunha de penteado majestoso e patilha marota, aparentava olhar matador e pose atrevida. E deixou canções: umas fáceis e outras nem tanto, por vezes previsíveis e às vezes inesperadas, ora gentis ora aceleradas. E ele, Elvis, nasceu em janeiro de 1934 - há precisamente 40 anos, ao oitavo dia. Temos quatro textos sobre o artista: Nicolau Santos, Rui Gustavo, Nicolau Pais e João Cândido da Silva explicam o que apreciam, o que toleram e o que não suportam.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Desfile de vedetas

Saiba tudo sobre os modelos concorrentes ao Carro do Ano 2015/Troféu Essilor Volante de Cristal. Conheça o essencial sobre os 20 automóveis participantes nesta iniciativa, da estética, às características técnicas, do preço ao consumo. A apresentação ficará completa no dia 3 de janeiro.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Desacelerámos a realidade para observar a euforia da liberdade

Ela, Jacarandá, é algarvia. Ele, Katmandu, é espanhol. São linces e agora experimentam a responsabilidade da liberdade: foram soltos esta terça-feira numa herdade alentejana, próxima de Mértola, eles que saíram de centros de reprodução em cativeiro. Foi inédito: nunca tinha acontecido algo assim em Portugal. Estivemos lá e ensaiámos o slow motion.


Comentários 69 Comentar
ordenar por:
mais votados
Os nossos irmãos brasileiros merecem.
O povo brasileiro, apesar das crises graves que teve que enfrentar, com níveis de inflação elevadíssimos, conseguiu, com muito trabalho, mais organização, sempre com a alegria que lhes é característica, alcançar um patamar de desenvolvimento assinalável. Merecem estar onde estão! É bom para eles e também para nós.
MAS os n/ Iirmãos brasileiros POBRES NÃO SABEM !
Re: MAS os n/ Iirmãos brasileiros POBRES NÃO SABEM
Re: MAS os n/ Iirmãos brasileiros POBRES NÃO SABEM
Re: MAS os n/ Iirmãos brasileiros POBRES NÃO SABEM
Re: MAS os n/ Iirmãos brasileiros POBRES NÃO SABEM
Re: MAS os n/ Iirmãos brasileiros POBRES NÃO SABEM
Re: MAS os n/ Iirmãos brasileiros POBRES NÃO SABEM
Re: MAS os n/ Iirmãos brasileiros POBRES NÃO SABEM
Re: MAS os n/ Iirmãos brasileiros POBRES NÃO SABEM
Re: MAS os n/ Iirmãos brasileiros POBRES NÃO SABEM
Re: MAS os n/ Iirmãos brasileiros POBRES NÃO SABEM
Re: MAS os n/ Iirmãos brasileiros POBRES NÃO SABEM
Re: Os nossos irmãos brasileiros merecem.
Os meus sinceros parabéns aos brasileiros!

Seria bom que todos os países do mundo registassem progressos deste tipo mas, na impossibilidade de isso acontecer em simultâneo em todos os cantos do planeta (incluindo Portugal), não vejo nenhuma razão para não elogiar o Brasil e todos os seus cidadãos.

Fico muito satisfeito que a nação brasileira esteja a dar passos largos a caminho do desenvolvimento e do bem-estar.

Fico muito feliz pelo alargamento de oportunidades a milhões e milhões de brasileiros.

Por isso mesmo, deixo aqui o meu grande abraço a todos os nossos irmãos do Brasil e faço votos de que estes sejam capazes de erguer uma sociedade mais justa, mais equilibrada e mais digna.

Parabéns ao Brasil e a todos os brasileiros!

:-))
Re: Os meus sinceros parabéns aos brasileiros!
Re: Os meus sinceros parabéns aos brasileiros!
Re: Os meus sinceros parabéns aos brasileiros!
É difícil imaginar como uma notícia assim,
publicada a partir de um órgão de imprensa do Reino Unido, possa ainda encontrar tantos contrariados. Sou brasileiro, descendente de portugueses e espanhóis, com judeus na minha ascendência. Presumo falar um dos mais belos idiomas e sempre que possível, tento um enlace com Portugal, pois nascemos naqueles confins, eis que descendemos de europeus. Vivo no Sul e, como bom gaúcho, arregaçamos as mangas e vivemos do trabalho e tantas vezes, como os paulistas dos séculos XVII/XVIII/XIX, nos transformamos nos novos bandeirantes do séc. XX, percorrendo o Brasil todo e nos expandindo para além fronteiras, na direção da Argentina, Uruguai, Paraguai e até o Chile. Poucos conhecem essa grandeza construída lentamente, para só dizer de uma pequena fração desta imensa Nação. E, aqui, vivem milhares de portugueses, espanhóis, italianos, alemães, japoneses e tantas outras etnias dos quatro cantos do mundo. É isso que é o Brasil, um enorme encontro de culturas e a pujança que hoje temos é fruto desse congraçamento. Há pobreza, como existe nos EUA, ou em um grande número de países adiantados. Todavia, é o Brasil um dos poucos países do mundo, no qual a maioria da população é proprietária do imóvel onde mora. A propriedade vertical representa apenas 10% do total dos imóveis, sendo um país horizontal por excelência. A construção popular é uma das maiores do mundo. E isso desde 50 anos atrás... Só detratores teimam em aceitar o óbvio. Sou brasileiro e não tenho segunda cidadania. Rio Grande
Re: É difícil imaginar como uma notícia assim,
Re: É difícil imaginar como uma notícia assim,
Re: É difícil imaginar como uma notícia assim,
Re: É difícil imaginar como uma notícia assim,
muita calma nesta hora
não é por causa da inveja do raparigo que agora vamos "torcer" pela miseria de Portugal. Portugal é um grande país, com um povo espetacular, historia , feitos e cultura unicos! Merece sim sair desta situação. Tenho certeza que encontrarão o caminho certo para um futuro prospero.
Parabens meu Brasil amado por mais esta conquista e para Portugal, a esperança de que com esforço e competencia, esta bela nação sairá do buraco em que está.
Nada tem de surpreendente...
Nada tem de surpreendente brasileiros ultrapassarem ingleses.A surpresa é porque é que levaram tantos e tantos anos.No final do século XIX,antes do Império ser substituído por um ignóbil regime republicano,as terras brasileiras apresentavam índices de desenvolvimento equiparáveis aos dos Estados Unidos.Os Braganças souberam contribuir para a instalação de uma monarquia constitucional,a qual permitiu mais de sessenta anos de paz interna,progresso económico geral,liberdade política, social e de imprensa.Nesse período,através de três conflitos militares com vizinhos,o Império Brasileiro afirmou-se como a grande potência da América do Sul.A própria abolição da escravatura (motivadora da conspiração e do golpe militar que derrubou o Imperador)aconteceu de forma evolutiva.O fado brasileiro a partir do afastamento da Dinastia de Bragança foi cada vez mais triste e não houve carnaval,título mundial de futebol,bossa nova ou samba,que fosse capaz de fazer esquecer que o país era pobre e sem esperança,apesar de rico e enorme.Agora, parece que, como diz a cantiga de Chico Buarque, o Brasil "...vai cumprir o seu destino...".Oxalá. Talvez a imposição da lei e da ordem e,esperemos,como diz a bandeira brasileira,o progresso nas favelas do Rio de Janeiro,seja o símbolo que o desenvolvimento vai,no futuro,abranger todas as camadas sociais.Para Portugal é bom saber que o seu filho maior e mais acarinhado continua cheio de vitalidade e está atingir a maturidade.(manuellisboa.blogspot.com).
Força aí, meu irmão!
É uma potência emergente.
Se todos os Brasileiros ficarem 10% mais ricos, o Brasil subirá ainda mais nessa lista.
Brasil
É com muito orgulho e satisfação que nós lemos estas notícias. E no entanto elas não podem esconder os graves problemas sociais que se registam (ainda) nas grandes cidades brasileiras. Todos esperamos que a senda da riqueza seja trilhada, lado a lado, com a do desenvolvimento, e estamos confiantes que o Brasil chegará ao topo mundial.
O país do futuro...
... é hoje! Parabéns aos brasileiros, e votos de que consigam manter essa posição.
MUZHIK
Vc falou pouco e disse tudo. Esse aí ta se mordendo de inveja. N demora ta pedindo esmolas ao Brasil. Do jeito q andam as coisas no país dele! Tenho pena dele. E nem estudo tem pra poder colocar comentário a altura de quem entende do assunto. Assino embaixo de tudo q escreveu pq é tanta besteira que escrevem aqui. A falta de cultura e de estudo é de 90% na terra desse idiota.
Re: MUZHIK
... vale o que vale...
De pouco serve uma ecónomia forte, quando não é posta ao serviço do seu povo!...
Comentários sem nexo
Grande parte dos comentários aqui colocados, fogem à razão. Estão eivados de preconceitos.
O Brasil é uma potência económica. Foi um longo caminho e ainda não está concluído. Agora é preciso subir mais um degrau na pirâmide: colocar a economia também ao serviço da população.
Leccionei várias vezes no Brasil. De norte a sul. De Campina Grande a Santa Catarina. Aliás, a turma mais brilhante que alguma vez tive o privilégio de ensinar, encontrei-a em
Florianópolis.
Como conheço alguma coisa do Brasil, só posso pedir desculpas, aos brasileiros de boa fé, pelos comentários deselegantes aqui colocados.
Cumprimentos
Re: Comentários sem nexo
Re: Comentários sem nexo
Re: Comentários sem nexo
Re: Comentários sem nexo
1-
1) Chegar ao 6º posto de maior economia mundial mais cedo do que o previsto tem sim a ver com a crise econômica mas as demais posições q o Brasil ocupou, incluindo a 7ª posição, nada tem a ver com isso. Nessa cronologia do Expresso sobre a economia do Brasil há uma séria omissão. O Brasil antes de 2010 já tinha sido a 8ª economia do mundo, em 2010 ele APENAS recuperou um posto q já tinha sido seu por direito e competência! Até 1998, o Brasil ocupava a 8ª posição, depois caiu em 2002, para 12ª e em 2003 para a inédita 15ª posição! E mesmo em 1995 segundo o ranking do FMI o Brasil já tinha sido a 7ª maior economia do mundo em PIB nominal. Óbvio que se o mundo encontrasse o caminho correto na economia as coisas seriam ainda melhores para o Brasil mas do jeito q está se melhorar pode até estragar!
Re: E o erro?
2 -
2) A população do Brasil do ponto de vista da renda é dividida de maneira simplista nas classes A, B, C, D e E. Sendo A a classe dos 5% mais ricos e E a classe dos 3% mais pobres (é 3% mesmo, não há erro!). A classe C, a classe média baixa, já é é a q mais consome, 1 tri de reais, tem poder de consumo maior q o PIB somado de vários países do mundo incluindo a Argentina, Portugal, Uruguai, Paraguai... Os da classe D, 400 bi de reais, são os pobres, já consomem mais que os da classe B e já têm o dobro de filhos nas universidade que os da classe A, a dos mais ricos. A classe E, a dos mais pobres, deve se extinguir em 2014 sendo absorvida pelas outras classes. Neste momento são as classe D e E as q mais puxam o consumo. As classes C, D e E (os com menor renda da população) compram 80% de todos os alimentos vendidos hoje no Brasil, segundo o presidente da Nestlé do Brasil.
A maioria dessa melhoria é baseada nas melhorias salariais de quem já tinha emprego formal e o principal, na criação de empregos formais e no Brasil cada 1 real pago de salário a um funcionário formal automaticamente obriga ao pagamento de outro 1 real em encargos, contribuições, impostos etc Ou seja, é quase impossível criar quanto mais manter UM simples emprego formal no Brasil e só nos últimos anos foram criados mais de 16 milhões deles!
Re: 2 -
Re: 2 -Direita vergonhosa
Re: 2 -Direita vergonhosa
Re: 2 -Direita inculta
Re: Recomendo ENO...
Re: Recomendo ENO...
Re: 2 -Direita vergonhosa
Re: 2 -
Re: 2 - E o PIB per capita?
Re: 2 - E o PIB per capita?
Re: 2 - E o PIB per capita?
LULA
pois eu cá contratava o lula da silva para vir gerir portugal. o Homem fez milagres no brasil. nós não precisamos de um tecnocrata para gerir isto,precisamos é de um politico serio... que embora roube um pouco..,fáça o que lula fez no brasil. infelizmente só temos é escomalha que nem a bala que um dia os vai matar merecem. eu acredito que o fim deles vai ser esse,
Re: Sócrates
Re: Sócrates
A continuação de um bom trabalho.
Desejo sinceramente que os brasileiros continuem a trabalhar para o enriquecimento do seu país.
O rendimento per capita pode não ser muito alto e a riqueza estar muito mal distribuída, mas em Portugal está melhor?

Países como Índia, China, Brasil com crescimentos económicos na casa dos 7% anuais são algo de fantástico. Certamente não tem o tão apregoado estado social que os europeus, mas para lá caminham.

Contrariamente os sociedades europeias estão em declínio - mais grave - os seus dirigentes parecem não se aperceber disso. O que é uma Alemanha comparada com uma China ou um Brasil - Nada. Para que a Europa sobreviva enquanto potencia económica neste século é bom que comesse a remar toda para o mesmo lado, caso contrário vai acabar como uma simples península asiática.
Comentários 69 Comentar

Últimas

Receba a nova Newsletter
Ver Exemplo

Pub