Siga-nos

Perfil

Expresso

Antes pelo contrário

Aprendes com a ortografia antiga, és avaliado com a nova

  • 333

Os aluno serão penalizados sempre que, no exame nacional de português, usem a grafia antiga. Pode descontar até 5 valores em 20. Sempre que usarem a grafia antiga estes alunos estarão a usar a grafia com que aprenderam a escrever. Um educador que ensinou regras diferentes ao longo do crescimento do aluno (coisa inédita no nosso sistema de ensino recente) está, ele próprio, obrigado a ser tolerante no momento em que avalia conhecimentos. Infelizmente, o estilo castigador continua, depois da lição de humildade que o primeiro-ministro levou na última semana, a fazer escola no governo.

Daniel Oliveira

A polémica sobre o Acordo Ortográfico não me aquece. Nunca me aqueceu. Na realidade, a única convicção forte que tenho sobre o assunto é a que me leva a nunca me meter nessa discussão quando tenho pela frente alguém que acha que está em causa a sobrevivência da língua portuguesa. Se a língua portuguesa se concentrasse nas regras ortográficas em vigor em vigor em Portugal isso quereria dizer que os brasileiros não escrevem na mesma língua que nós. E então, meus amigos, lá se ia toa a conversa sobre a importância do português no mundo. Dizer que a mudança de regras ortográficas, que são diferentes nos vários países onde se fala e escreve português, é um abastardamento da língua é reduzir o português à sua dimensão local e aos interesses específicos, de cada país.

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI