Siga-nos

Perfil

Expresso

Os verdadeiros herdeiros dos que combateram na mata

  • 333

Os homens que mandam em Angola são os novos colonos. Os legitimos herdeiros da luta do MPLA pela independência e pela liberdade são os 17 jovens corajosos que cometeram o crime de pôr em causa os interesses do Presidente, dos seus generais e da sua corte. E, como os jovens idealistas que se bateram pela independência de Angola, pagaram com a cárcere o seu patriotismo. Não é cadastro, é orgulho. Eles não são vítimas, são combatentes. Angola está a mudar. Com o preço do petróleo a cair, começa a faltar o dinheiro para continuar a manter satisfeitos os anafados oportunistas que rodeiam o Presidente. Como Salazar, José Eduado dos Santos acabará por cair da cadeira, senil e patético, vivendo rodeado de medo por saber que é temido mas não amado, que compra a bajulação mas não conquista a admiração

Luaty Beirão e mais 16 presos políticos viram ontem confirmadas as suas penas no "tribunal plenário" da ditadura angolana. Não perderei tempo com as absurdas acusações que permitiram a condenações que chegaram aos oito anos de prisão. Se o homem que veste uma farpela de juiz para simular que aquilo é um tribunal também não achou que valia a pena ver provados os crimes que levaram estes jovens à prisão não me parece que se deva dar a esta farsa o estatuto de pocesso judicial.

A condenação foi decretada por José Eduardo dos Santos, há uns meses, quando disse publicamente que crime teriam cometido os que tiveram o descaramento de o enfrentar. O suposto magistrado apenas executou a ordem. É um fatoche com quem não devemos perder tempo. O verdadeiro crime foi cometido por quem realmente decretou estas prisões: José Eduardo dos Santos.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI