Siga-nos

Perfil

Expresso

A morte de Luaty pesará nas nossas consciências

  • 333

Heróis não são as vítimas acidentais dos déspotas. Nem são os mártires sem rumo. Heróis são os que enfrentam a arbitrariedade e a põem em risco no momento certo. Angola ainda agradecerá a Luaty Beirão, um rapper com mais coragem que um batalhão de políticos. Depende de nós, da pressão internacional, que ele venha a ouvir esse agradecimento. Caso contrário, a morte de Luaty pesará nas nossas consciências. Quem anda a fazer contas aos interesses da nossa comunidade em Angola terá de viver com a mesma vergonha com que devemos viver com apoio que demos, enquanto Estado democrático, ao regime do Apartheid

Tendo em conta tudo o que já disse e escrevi sobre o regime angolano só poderia ser lido como puro cinismo qualquer sinal de espanto por tudo o que está a acontecer nos últimos meses. Seria uma traição àqueles que estão a arriscar a vida para o denunciar fingir que estamos apenas perante um inesperado problema humanitário. O problema de Angola é político. Os 15 jovens angolanos ilegalmente encarcerados são presos políticos.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI